Domingo , 06 de Março DE 2011

Bakuman 123

Optei por fazer a análise a Bakuman em vez de Beelzebub, porque sinceramente não estou a gostar muito do arco actual de Beelzebub. Já Bakuman começou bem, piorou, apesar de este capítulo não mostrar isso, mas já explico mais detalhadamente abaixo.

 

O capítulo anterior tinha deixado mais que claro que o personagem misterioso que iria aparecer neste capítulo era o Nakai, um personagem que nunca teve muita sorte na Jump e os autores de Bakuman o destruíram praticamente, dá para ver por este capítulo. Nakai foi ridiculizado e hoje em dia é difícil algum fã de Bakuman gostar dele, porque os autores fizeram com que ele fosse o vilão, de qualquer das formas aparece que não se esqueceram do melhor assistente em Bakuman.

 

 

Gostei do título pizza e chá, não tem nada a ver e quando se começa a ler fica-se meio à toa com o título, mas os autores fizeram um título juntando o Nakai (pizza) à Aoki e ao Hiramaru (chá). O Nakai estava a viver na casa da mãe, onde via televisão, comia e bebia o dia inteiro, até que recebe o telefonema do Nanamine a lhe propor trabalho. Ele aceita e se torna o assistente chefe daquela equipa enorme que o Nanamine formou.

 

Como mencionei o título dá a entender os personagens em destaque neste capítulo e por isso os personagens principais ficam meio à parte aparecendo apenas para comentar sobre o primeiro e segundo capítulo. Apesar de tudo a Aoki e o Hiramaru também não tiveram assim tanto destaque, mas deu para perceber qual a intenção dos autores ao colocarem-nos, já que o que fez com que Nakai se tivesse tornado no que é hoje foi por causa da Aoki.

 

Nakai descobre sobre os 50 ajudantes do Nanamine, aceita apesar de ter ficado mal por estar a participar disso, dá para entender uma certa hesitação por parte dele lembrando-se do trabalho duro de Ashirogi Muto, Fukuda, entre outros. No final do capítulo a surpresa, o manga da Aoki no primeiro capítulo ficou em primeiro, já o do Nanamine ficou em segundo. O editor tentou explicar, mas ele não ouviu e mentiu aos seus ajudantes virtuais.

 

 

 

 

Mas isso é o primeiro capítulo, já que o segundo a arte muda, lá ver o que isso vai dar. Qual o futuro de Nanamine, de Nakai, se o manga acabará cancelado e se Bakuman volta ao tema original. Este capítulo foi bom, mas o arco depois que se soube que o Nanamine seria o vilão estragou-se por completo, porque fica ridículo os bonzinhos a dizerem que é injusto essa ajuda extra, na real ele não está a fazer nada injusto, apenas foi inteligente para o fazer e os outros estão com inveja de não terem pensado antes.

 

Além de que ficava muito melhor se o Nanamine continuasse como o génio inspirado no Ashirogi Muto que o iria tentar vencer numa disputa “justa”. Seria muito boa uma futura disputa entre Ashirogi Muto, Eji e Nanamine. Mas com Nanamine sendo o vilão, ele vai fracassar e não terá grande futuro, a não ser que mude a sua personalidade, típico de shounen, e volte com um manga “justo”.

 

Por isso o momento actual, na minha opinião, não está ao nível do começo do arco, com aquele mistério todo à roda da “Casa da Verdade”. Que estava quase perfeito e sem dúvida merece as posições que tem conseguido nos últimos rankings da Jump.

publicado por Dark-Fenix às 22:56
Sábado , 19 de Fevereiro DE 2011

Big 3 #2

 

Bleach

 

 

O capítulo desta semana até que não foi mau. O capítulo termina com o treino do Ichigo, pelo menos espero que o urso fique deitado, já chega de treinos na casa de bonecas. Ichigo consegue controlar, decentemente o seu novo poder, o fullbridge do Ichigo ficou meio estranho, por ser algo mais espiritual, em vez de algo físico, também faz lembrar um shuriken, uma daquelas armas ninjas, bastante usadas antigamente em Naruto.

 

Uma parte que gostei bastante foi Ichigo ter ido percebendo como o seu novo poder funcionava, ao contrário de vários outras histórias, onde os personagens ganham novos poderes e já sabem os controlar na perfeição, estou a me lembrar de Reborn, na actual saga. Outra coisa que gostei, que tem a ver com a parte acima, foi quando Ichigo lançou o emblema contra o urso, ele pensava que a arma seria um shuriken, mas afinal o poder não funcionava assim. O que não gostei é que Ichigo ganha novos poderes, mas não se livra do Getsuga Tenshou.

 

O final é bem típico de Bleach, praticamente todos os capítulos terminam com alguém chegando para fazer com que os leitores fiquem interessados no capítulo seguinte, na maioria das vezes só dá desilusões, mas esperar para ver o que é desse novo personagem. Que fique claro, por um capítulo razoável, não quer dizer que o manga venha bem.

 

 

Naruto

 

 

 

 

A continuação da batalha entre os irmãos e Darui. Fica-se a saber um pouco mais sobre o passado de Darui e principalmente sobre ele ser o braço direito do Raikage. Sinceramente esperava mais da luta dos três, era esperado uma luta estratégica ou então um grande confronto de força, mas no final nem um nem outro Kishimoto resumiu isso por um jogo de palavras, que não seria mal, se fosse realmente uma luta intelectual, mas acabou de uma maneira estúpida.

 

Não gostei nada de como terminou a luta para um dos irmãos, Darui já estava derrotado e depois a palavra muda, bastante forçado, ainda para mais para uma palavra que não tem nada a ver com ele, “desculpa”. Assim ele sobrevive e um dos irmãos é absorvido pelo jarro, mais uma vez com uma palavra bem estúpida, o nome do irmão, mas desta vez bastante coesa, pelo pouco tempo que apareceu no manga deu para perceber a ligação entre os dois.

 

Para terminar mais um exagero de Kishimoto, já não bastava eles terem ficado duas semanas dentro da Kyubi, como agora se poderem transformar nela, só faltava ter o poder da Kyubi. Kishimoto está a exagerar bastante no manga, além disso acho que já devia ter voltado à luta do grupo de Kakashi contra os 7 espadachins, estava no clímax e simplesmente mudou de cena, claro que agora também não dá para mudar desta cena de guerra.

 

Esperar para ver o que acontece nos próximos capítulos e para ver no que mais Kishimoto irá exagerar, para depois ter de remendar. Para já uma coisa é certa, a não ser que o irmão que foi absorvido volte e continue a lutar, mais um óptimo personagem mal aproveitado por Kishimoto.

 

One Piece

 

 

 

 

Não falei sobre as capas no capítulo passado, mas é algo que tenho de mencionar, por mais que a história de capas actual não esteja a mostrar nada de especial. Depois de tanto tempo Oda finalmente voltou a fazer o que já é marca de One Piece, as histórias das capas, que por pouco que seja faz com que One Piece ganhe mais pontos em relação a outros mangas, além disso fica mal qualquer outro mangaka que decida colocar isso na sua obra, vai ser sempre acusado de plágio, por muito que seja uma óptima ideia.

 

A actual história das capas resume-se a mostrar como o mundo recebeu a notícia de que Luffy e os mugiwaras estavam vivos, esta semana foi a vez da Dadan, a mulher que criou Luffy e Ace, na infância. A única coisa a destacar é o facto de estarem com chapéus de palha. É esperado que apareçam nessas capas, a Marinha, os supernova, Shanks, alguns Shibukais, especialmente Mihawk, já que foi o mestre de Zoro, Crocodile, Buggy, Vivi, entre outros.

 

Continua a confusão na ilha, Luffy, o tubarão e a sereia a fugir para a floresta do mar, a confusão no palácio e Sanji e Chopper na ilha, onde encontra o Hachi todo ferido. O manga destaca bastante a aliança entre Hodi e Van Der Decken, para além do respeito que os tritões tinham antigamente pelo Arlong, Oda aproveita também para fazer mais uma referência ao racismo, desta vez dos tritões pelos humanos.

 

Mesmo assim o destaque foi mesmo para o regresso de Jimbei, apesar de apenas ter aparecido, ainda não encontrou com o Luffy, o capítulo termina com mais um mistério, a mãe da princesa sereia. Parece que a Jimbei, provavelmente todos os tritões, respeitavam muito ela. Espero que para o próximo capítulo já aja o encontro entre Jimbei e Luffy, para além de que espero que seja explicado mais sobre a rainha e para não faltar, mais confusão.

publicado por Dark-Fenix às 12:23
Sexta-feira , 11 de Fevereiro DE 2011

Big 3 #1

 

Vou tentar manter esta análise semanalmente, mas já não prometo nada, mas a principio todas as quintas-feiras, no máximo sextas, vai sair a minha análise sobre os capítulos semanais dos três mangas mais populares da Jump, One Piece, Naruto e Bleach.

 

 

 

O que posso dizer, vou começar por Bleach. Bleach teve mais um capítulo lento, apesar de melhor que o anterior, como Tite Kubo tem feito desde o final da saga da Soul Sociaty. O manga se resume em três partes, aumento da dificuldade do teste, nova habilidade do fullbring e orgulho. Esse personagem que parece um mordomo não está para brincadeiras e o seu poder é bem exagerado. E Chad dá uma dica ao Ichigo dizendo que para ele o orgulho que sentia pelo seu avô fez com que aparecesse o braço.

 

Já agora é a partir disso que fiquei com uma dúvida se os poderes de hollow vieram desse fullbring, então os da Inoue também devem ser, já que faz total sentido dentro da explicação dos poderes do fullbring. Para concluir, Bleach ganha página colorida para Tite Kubo fazer essa treta de capa, o Chad não ficou mal desenhado, até ficou algo bem artístico, mas de resto fez parecer que o Tite Kubo está a ter aulas com o Togashi de fazer rascunhos serem considerados páginas. A esta altura já esperava que a saga tivesse melhor, mas ainda com esperanças altas para a saga mesmo que a casa de bonecas e o urso de peluche me façam pensar seriamente se esta saga não será mais um fracasso.

 

 

Naruto, continua a guerra, que até ao momento tenho gostado, tirando dois factores, um que é por causa do primeiro, o primeiro é o facto do autor estar a apostar nesta guerra num titulo como, “Mortos vs Vivos”. Acho engraçado que antigamente havia uns comentários que o que tinha “estragado” Dragon Ball foi Goku e companhia morrerem e serem ressuscitados depois, sinceramente Naruto está a seguir o mesmo caminho, mas pior, simplesmente todos os mortos foram ressuscitados no manga, não me venham com os Hokages e outros com a alma selada, estão selados porque já foram ressuscitados, à excepção de Minato e o terceiro hokage.

 

O segundo factor é a guerra não ser tão épica como devia ser, afinal é a guerra final, na guerra estão todos os melhores ninjas de sempre, porquê simplesmente não chama a atenção, não faz dar aquele estalo de épico, apesar de Kishimoto não ter falhado em nada na maneira em como está a desenvolver a guerra? O problema está em todos os personagens estarem mortos, porque não dá para haver lutas realmente a sério, veja-se o Sasori por exemplo, morreu, morreu novamente e no final não mostrou nem metade do seu verdadeiro poder.

 

Só estou a dizer isso para não ter que repetir nas próximas semanas, já que o motivo será sempre o mesmo. Sobre o capitulo, foi totalmente dedicado à vila da nuvem, a falar dar grande destaque e quase invencibilidade ao dois irmãos, ter aqueles objectos sobre o seu poder e terem vivido dentro da Kiuby durante duas semanas, Kishimoto exagerou. Não sei o que pensaram ao ler isso, eu simplesmente pensei, mais dois personagens que atingiram um nível de Kage e depois será derrotado sem respeito pelo autor, posso estar errado, mas se o estiver como é possível o autor colocar dum lado, Tobi, Zetsu, Sasuke, Kabuto, os irmãos, os Kages anteriores, Itachi, Pain e antigos membros da Akatsuki contra apenas Naruto, Bee, Kages actuais e mais alguns que não chegam ao nível de qualquer um desses mencionados, desculpa Neji, Shikamaru, Kakashi e companhia, mas é verdade, a não ser que Kishimoto mude completamente o nível de poder, como Tite Kubo manipulou como bem entendia na saga anterior.

 

Pronto e apesar de ter comentado muito sobre Naruto há pouco a comentar sobre o capitulo que se resumiu apenas á luta dos irmãos contra os três da nuvem, apesar de tudo sempre menos enrolado que Bleach, como comentário final, Kishimoto podia ter elaborado uma guerra melhor sem precisar de ressuscitar todo o mundo.

 

 

 

One Piece, esperava que a história andasse mais depressa, mas mesmo assim, para minha surpresa, simplesmente não me importo, mesmo que devagar One Piece não desilude. Oda estava com saudades do velho One Piece, onde havia piadas em todos os capítulos, com tantas saudades que até exagera no texto, One Piece entrou para o grupo de mangas da Jump que levam mais de 10 minutos para ler um capítulo.

 

E é nisso que One Piece se resume, piadas, a maioria do capítulo é com piadas entre os mugiwaras, Neptuno, os tritões e até mesmo com o novo modo do Chopper. O capítulo em termos de informação ficou-se por o Luffy querer levar a sereia para fora do palácio e sobre a mensagem dos principies para os mugiwaras, com o que Jimbei tinha mandado dizer:

-“Não te metas com o Hodi”, será que ele é assim tão forte? Ou será por outro motivo?

-“Estou esperando na floresta do mar”, que incrível coincidência a princesa querer logo ir para esse lugar.

 

Pronto e o capítulo termina com o Luffy a levar a sua avante, como de costume. Agora é esperar para ver os dois vilões, se Jimbei aparecesse no próximo capítulo e que mais confusões os mugiwaras ainda se irão meter.

 

A melhor piada do capítulo, na minha opinião:

Brook: Você é fã também, entendo.

 

Há e uma outra coisa, já repararam como o traço do autor melhorou, para quem vem acompanhando semanalmente vai passando despercebido, mas se olharmos para o primeiro capítulo e o actual, a diferença é gigantesca e novamente vou mencionar a capa do volume 61, a palavra que descreve o volume é nostalgia, capa do volume 1 e do 61 abaixo:

 

http://www.tribusnet.com.br/wp-content/uploads/2010/12/One_Piece_Volume_1.jpg

 

PS: A imagem de Naruto e a de One Piece estavam como anexo no site manga stream, no capitulo da semana, a de One Piece representa a grande obra de arte que Oda desenhou no capítulo anterior e a de Naruto uma grande imagem, com o único problema não ter nada a ver com o actual momento de Naruto.

publicado por Dark-Fenix às 00:30
Domingo , 23 de Janeiro DE 2011

Bakuman 117

 

 

Legenda: a imagem que abre o post, corresponde ao capitulo 116, como não havia páginas coloridas no 117, utilizei a do 116 como abertura do post.

 

Decidi falar sobre o último capítulo de Bakuman, que li hoje de manhã.

 

Bakuman tinha me vindo decepcionando nos últimos tempos, não que os capítulos não fossem bons e muito menos desinteressantes, Bakuman é um dos mangas que acabo de ler e digo já acabou? Mas vinha tendo tempos difíceis em que não havia nada de grande destaque e já que os personagens principais já estavam serializados e bem estáveis na Shounen Jump, não havia muito por onde pegar.

 

Mas Ohba, o roteirista de Bakuman, teve a ideia de juntar dois dos mangas que estão a dar que falar actualmente, não no universo de Bakuman, mas no real. Enigma, o grande manga do ano, para a Shounen Jump e Shingeki no Kyojin a desgraça da Shounen Jump, com tudo para ser o pior erro da Shounen Jump de sempre. Foi confirmado esta semana, a teoria sobre Enigma, quando o novato criador da “Sala de Pânico” diz se ter inspirado em Enigma, falta a confirmação sobre Shingeki no Kyojin, que nunca será confirmado, por motivos óbvios. Mas já falo mais sobre isso ao longo da análise do capítulo.

 

 

O manga começa com Mashiro e Takashi ou Ashirogi Muto, como preferirem, a lerem a carta que o autor da “Sala de Pânico” escreveu para eles quando tinham serializado “Trap”, na minha opinião das 3 obras serializadas, “Trap, Tanto e PCP”, a melhor, mas isso seria outra história. Ele fala que é fã e que leu todas as suas obras, incluindo “Dinheiro e Inteligência”. Que não gostou do manga “Tanto”, quem gostou? Ashirogi Muto acaba por dar nota 5 em quase todos os aspectos ao manga, não é para menos, realmente um super manga, fiquei curioso pelo futuro da história.

 

 

Depois de dadas as notas dos mangakas, vem a aprovação dos editores da Jump e é nisso que se foca a próxima parte da história. Os editores falam que é indiscutível a qualidade do manga, mas que também não é um manga para a Jump, mas ao contrário de Shingeki no Kyojin, os editores decidem que é melhor tentarem falar com o autor para mudar para um estilo mais Shounen Jump.

 

Nessa altura é a estreia de um novo personagem neste capitulo, mais um editor, que começou há pouco tempo, mas fica logo como editor dessa futura estrela. Acabada a reunião o editor liga logo ao futuro mangaka, que ao contrário do que eu esperava e a maioria esperava é um rapaz super alegre, falador e calculista. Ele logo à partida fica super animado como a noticia de ter um editor e parece muito bem informado como tudo funciona na Jump já que sabe sobre o e-mail e o telefone do editor, que é mencionado pelo Hattori no inicio do manga, quando se encontra pela primeira vez com o Ashirogi Muto.

 

 

Depois da conversa entre o editor e o mangaka, sobre ele mudar a história para algo mais Jump e não entregar nenhum manga a outra editora, acontece o melhor do manga. Não é que ele coloca o manga original na net, com praticamente a mesma publicidade que tem sido marca de Shingeki no Kyojin nos últimos tempos, manga super interessante, descartado pela Jump, claro que isso foi logo uma bomba, mais rápido que o normal, diga-se de passagem, já que em Shingeki no Kyojin não foi muito diferente, mas só fiquei a saber à pouco tempo, apesar do manga já ter mais de um ano, mas claro, no Japão eles já devem ter ficado a par da noticia de Shingeki no Kyojin à muito tempo, viu-se nas vendas.

 

 

Há até um editor que fala que foi tudo sem malícia e que ele não sabia o que estava fazendo. De qualquer forma o seu editor consegue falar com ele e ele acaba por fechar o blog, mas na última página a grande surpresa ou nem tanto, antes de chegar ao fim já tinha essa ideia da possibilidade, ainda para mais quando tenho lido esta saga com Enigma e Shingeki no Kyojin na cabeça. Na última página fica bem claro que ele foi calculista ao extremo, sem ainda nem sequer ter feito nenhuma obra importante, já conseguiu ser dos autores mais falados no Japão. E como o Takagi disse ele agora pode ser considerado um manga popular e claro que todas as suas futuras obras serão acompanhadas com total atenção dos maiores fãs de mangas.

 

Shingeki no Kyojin um erro da Jump, que fez com que Bakuman voltasse à vida, ironia do destino, mas é isso. Agora é esperar pelos próximos capítulos, que tem tudo para serem excelentes, esta saga tem tudo para ser a melhor ou no mínimo um das melhores.

publicado por Dark-Fenix às 23:55

mais sobre mim

pesquisar

 

Dezembro 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

últ. comentários

  • Karigurashi No Arrietty.
  • O Dark conheceu a vida na faculdade, o League of L...
  • Você escreve bem.Uma pergunta, de qual animação ja...
  • ALL FREE ANIME FOR YOU at http://www.anime4you.com...
  • Também estão disponíveis à venda nas lojas FNAC, B...
  • A Devir começou a traduzir mangás em português. Es...
  • Tb acho que o telefonema de walt a skyler não tem ...
  • Aceitas parceria? Já adicionei o teu banner. O lin...
  • Bom dia,vi que seu site oferece arquivos para baix...
  • Me pergunto se o Dark passa alguma vez por aqui ne...

mais comentados

Tags