Sábado , 12 de Outubro DE 2013

Análise TOC Issue #46 Shonen Jump 2013

 

00-One Piece (Capa e Pagina Colorida de Abertura)
01-Kuroko no Basket
02-Assassination Classroom
03-Naruto
04-PSI Kusuo Saiki
00-Shokugeki no Soma (Pagina Colorida)
05-Nisekoi
00-Hachi (Sem Rank)
06-Gintama
07-Haikyuu!
00-Kishibe Rohan wa Ugokanai (One Shot, Pagina Colorida)
08-Toriko
00-Koi no Cupid (Sem Rank)
09-World Trigger
10-Soul Catcher(S)
11-Bleach
12-Beelzebub
13-Kochikame
14-Hime Doll
15-Kurokuroku
 
Shonen Jump Issue 47 de 2013 - Informações
Isobe Isobe Monogatari (Estreia, Capa e Pagina Colorida de Abertura)
Gintama (Pagina Colorida)
PSI Kusuo Saiki (Pagina Colorida)
 
Ranking
01-Kuroko no Basket
02-Assassination Classroom
03-Naruto
04-PSI Kusuo Saiki
05-Nisekoi
06-Gintama
07-Haikyuu!
08-Toriko
09-World Trigger
10-Soul Catcher(S)
11-Bleach
12-Beelzebub
13-Hime Doll
14-Kurokuroku
 
Capitulos Ranqueados
Kuroko no Basket 226

Assassination Classroom 056

Naruto 643

PSI Kusuo Saiki 064

Nisekoi 087

Gintama 458

Haikyuu! 074

Toriko 246

World Trigger 027

Soul Catcher(S) 015

Bleach 545

Beelzebub 217
Hime Doll 003
Kurokuroku 004

 

 

Antes de mais que excelente capa, que acaba ganhando por ter sido expandida para a contracapa, algo que torna a imagem mais uma página dupla colorida do que propriamente uma capa, apenas comentando isso porque a página colorida do capítulo em si não me agradou tanto e veria facilmente com bons olhos essa capa como a real página colorida do capítulo. Seja como for One Piece em destaque e para a semana estou curioso para ver se consegue voltar ao primeiro lugar, já que Kuroko está com tudo nas últimas semanas.

 

Kuroko no Basket em primeiro lugar pela segunda semana consecutiva e comprova que se tudo correr como o esperado o manga disputará o primeiros lugares nas tocs com One Piece e AC nos próximos tempos, em segundo fica Assassination Classroom que continua muito bem e Naruto sobe ao terceiro lugar, beneficiando das ausências de One Piece e Shokugeki no Souma. PSI faz um excelente quarto lugar, comprovando o que disse na semana passada (apesar de que não esperava ser tão cedo), Nisekoi fecha o top5 já aquecendo para quando o anime estrear.

 

 

Shokugeki no Souma ganhou página colorida esta semana e apesar de que podia facilmente ser colocado à frente de PSI não teve um mau posicionamento por parte da Jump. Hachi e Koi no Cupid ainda não são rankeados, pelos lugares que os mangas foram colocados esta semana Hachi parece ter sido relativamente bem recebido, já Cupid não me parece, relembrando também que muitas vezes a Jump gosta de baralhar tudo, logo pode também não querer dizer nada. Foi publicado um one shot que tem algo a ver com a franquia Jojo Bizarre Adventures, mas não sei ao certo o quê e o porquê de ter ganho destaque na Jump.

 

Gintama também subiu e Haikyuu teve um bom resultado e pode finalmente ter dado o ponto de viragem necessário, resta saber como se irá manter até Abril (altura que saí o anime, se não estou em erro). Toriko teve uma descida estranha, passando para oitavo lugar, acima apenas dos mangas que normalmente vão mal nas tocs, espero que este seja um fundo do poço para o manga e que a partir de agora volte a subir, mas sinceramente não meto as minhas mãos no fogo. World Trigger fica à porta do bottom e mostra mais uma vez o que tenho comentado nem é que o manga tem sido bem recebido, mas sim que dentro das poucas alternativas nem é dos piores.

 

 

Tira-se Kochikame da equação e todos os outros 6 mangas (contando com World Trigger) do bottom são de longe os que estão em pior situação na Jump, os 4 novatos só esperam o cancelamento, Beelzebub já se tornou o novo Medaba Box e duvido que a Jump tenha tanta paciência com Beelzebub como a que teve com Medaka. Bleach não está à espera do cancelamento, apenas de ser finalizado, o que para a Jump significa exactamente a mesma coisa.

 

Para a semana novo manga e pelos comentários que tenho lido pela net é mais um gag manga, se for, sem dúvida alguma não é um bom sinal para Koi no Cupid, de qualquer maneira é mais um gag manga e o que me parece é que a Jump está sem ideias para novos mangas (ou então escolhe de prepósito os piores) e acaba investindo em gag mangas, que infelizmente para a maioria do público ocidental é um dos géneros favoritos dos japoneses. Além do novo manga, páginas coloridas para PSI e Gintama, curiosamente um gag e outro que não sendo gag ainda é comédia.

publicado por Dark-Fenix às 20:14
Sexta-feira , 11 de Outubro DE 2013

The Shield - Primeira Temporada

 

Série para aqueles que ficaram orfãos de Breaking Bad, ou que simplesmente querem ver uma excelente série. Sem Spoilers.

 

Antes de mais o Shield do título não é a série de super-heróis que a ABC/Disney lançou recentemente, mas sim uma série policial que estreou em 2002 no canal a cabo FX. Nas várias reviews que li dos últimos episódios de Breaking Bad surgiu várias vezes o nome de Shield, principalmente no que diz respeito a Breaking Bad estar a seguir os paços já traçados por Shield. A curiosidade falou mais alto e comecei a assistir à série e como é longa decidi fazer um post sobre as primeiras impressões que tive ao ver a série, inicialmente o post seria apenas comentando os 3 primeiros episódios, mas entretanto acabei empolgando e já terminei a primeira temporada, então acabei mudando o título do post e o objectivo.

 

Mas começo por comentar que a série começou com o pé esquerdo (para mim pelo menos), aquela abertura com as cenas acontecendo e sendo cortadas para mostrar os créditos, ou seja tudo picotado, não me agradou nada e infelizmente isso será algo que acompanhará a série até ao último episódio. O lado positivo é que isso é praticamente a única coisa que tenho a criticar do pouco que vi da série, porque de resto a série já mostrou argumentos para ser chamada uma das melhores séries de sempre e sem dúvida mostrou potencial para ser comparada com os monstros da televisão, mesmo que obviamente (uma temporada apenas) ainda não esteja a esse nível.

 

A história é sobre um anti-herói, neste caso não dá para dizer que está na moda já que não estreou assim tanto tempo depois de Sopranos, mas é mais um daqueles exemplos que explica o motivo dos anti-heróis estarem actualmente na moda, excelente personagem, ambíguo, cheio de camadas de personalidade e logo desde o primeiro episódio mostra uma personalidade complicada, onde obriga inevitavelmente ao espectador a pensar. Desde o início o espectador é confrontado com a pergunta: O que o protagonista faz é certo ou errado? A resposta, como sempre deve ser, não se pode cingir a um simples sim ou não, o que ele faz não é moralmente correcto, sem dúvida alguma é corrupto, mas será assim tão errado? Em algumas pessoas sim, outras não, é algo a ser debatido e cada pessoa tem aquele limite que não irá ultrapassar (o próprio personagem tem), o que faz com que a atitude do protagonista possa ser perdoada por muitos e condenada pelos outros todos. Shield em apenas um episódio mostrou ser uma série que procura algo além do simples sim ou não e dessa forma só tem a ganhar.

 

A moralidade do protagonista é logo posta em causa no final do primeiro episódio, o que me surpreendeu bastante, normalmente quando um roteirista quer fazer algo do género espera até à série estar consolidada, e principalmente o protagonista estar consolidado (as próprias atitudes do Walter White foram por muito tempo vistas como positivas), para por em causa os seus métodos e a sua moralidade. Em Shield os roteiristas não tiveram medo, jogaram a bomba no primeiro episódio e a sensação que fiquei desde o primeiro episódio é que toda a série seguiria esse ideal (que realmente seguiu). Sem medo de errar, sem medo do público não aceitar, sem medo de momentos politicamente correctos para ganhar fãs, simplesmente sem medo, os roteiristas de Shield querem fazer algo e fazem e isso é algo que até mesmo nos dias de hoje é raro encontrar numa série, então imaginar isso numa série com mais de 10 anos e principalmente num canal que não seja a HBO, pensava que não existia tal coisa e isso é bom, muito bom. Apenas um extra The Shield pertence à Fox, logo a frase anterior acaba não tendo tanto impacto, já que na altura (e mesmo hoje em dia) a Fox sempre foi um dos canais que menos teve medo de errar, tanto que de vez enquando perde feio (Firefly).

 

 

Aqui uma crítica, tendo em conta que já terminei de assistir a primeira temporada, fiquei com a impressão que o protagonista podia ter arranjado uma solução para não ter de fazer o que fez no final do primeiro episódio. Pelo menos a impressão que fico é que ele já saiu de situações mais complicadas de uma maneira mais simples e ali a cena serviu apenas para chocar a audiência sem exactamente ser o mais adequado para o roteiro, na al. De qualquer maneira erro aceitável tendo em conta que foi feito no primeiro episódio e por consequencia com a série ainda numa fase onde o protagonista não tinha uma personalidade consolidada.

 

Mas deixando a questão da moralidade de lado, a série se passa numa esquadra da polícia em Los Angels, focando pelo menos há partida no chefe do departamento, em 4 polícias, no protagonista e a sua equipa (que igual a ele também andam na margem entre o bem e o mal). Cada um com a sua personalidade própria, acabam partilhando o tempo em tela com o protagonista durante os vários episódios, alguns mais destacados que outros, obviamente. Em poucos episódios já mostraram ter uma boa química como grupo, balanceando o essencial para criar a história e ter também um bom grupo de personagens capazes de agradar por si só em algum provável episódio mais fraco.

 

Não é uma série policial normal, mas também não foge muito ao género. O objectivo da série é já desde o seu começo a moralidade do protagonista e a maneira como tal será descoberto, mas não é como se o foco de todos os episódios fosse esse, como qualquer série policial também tem de haver os casos da semana, onde Shield também ganha destaque, já que a maioria dos casos fica por resolver, não entendam errado os casos são resolvidos (a esquadra tem uma enorme percentagem de sucesso, principalmente devido ao protagonista, o que curiosamente é o contrário de Dexter que devido ao protagonista é uma das esquadras com menor percentagem de casos resolvidos). O que fica por resolver são questões além dos casos, envolvendo a moralidade do policial em causa (não apenas o protagonista) ou alguma ponta solta que volta para assombrar mais tarde, casos mal resolvidos ou aquele tipo de caso que marca o policia. Isso tudo faz com que Shield não tenha episódios filler, igual à maioria das séries policiais, já que personagens que aparecerem anteriormente num caso podem aparecer futuramente num caso totalmente diferente, alguns deles diversas vezes ao longa da série. E casos não são preto no branco, muitas vezes tem várias camadas e raramente são resolvidos em apenas um episódio, já que mesmo os que são acabam tendo consequencias mais tarde.

 

Os casos da semana (ou algum outro destaque) também seguem o mesmo padrão de moralidade que o protagonista, na primeira temporada já se teve um pouco de tudo, desde gays a pedofilia passando pelo habitual jogo de bastidores (leia-se politica). É uma série que levanta bastantes questões e que deixa o espectador a pensar, novamente sem medo de ser politicamente incorrecto. O objectivo da série é aquela pergunta que fiz acima, sobre a moralidade do protagonista, mas a verdade é que de modo geral a moralidade de todos os personagens em posta em causa, o chefe da esquadra é um bom exemplo, ele só quer apanhar o protagonista para subir na carreira, logo onde isso é melhor do que passar o limite da lei com o único objectivo de no final do dia capturar o assassino, o pedófilo ou apenas um ladrão? Ou seja, o protagonista é corrupto, mas será uma pior pessoa que os politicos e os seus jogos de poder?

 

Terminei no Domingo de assistir a primeira temporada, já comecei a segunda e já a terminei, estou quase a entrar naquele ritmo de maratona, vendo episódio atrás de episódio até chegar ao fim, então caso atrase ou ajam menos posts no blog, já sabem o que culpar. Pelos comentários que li as melhores temporadas são a quinta e a sétima, esperando ansiosamente para chegar nesse momento, porque se a série já está boa na primeira em que nível estará quando chegarem as melhores?

 

O melhor: Não ter medo de ser politicamente incorrecto, as personalidades dos personagens, os casos semanais, as várias camadas de história, a moralidade sempre posta em causa e sem facilitismos morais.

 

O pior: A abertura e o final do episódio inicial, que foi excelente, mas mais tarde parece não combinar com a personalidade do protagonista.

 

Nota: 9 (Excelente)

 

PS: Não irei fazer reviews de todas as temporadas, até porque quando terminasse a da segunda provavelmente já estaria na quarta, mas quando terminar de assistir a série logo farei um outro post mais geral. Já agora, a primeira temporada é excelente e a segunda ainda é melhor.

publicado por Dark-Fenix às 20:13
Quinta-feira , 10 de Outubro DE 2013

Gravity

 

Um dos fortes candidatos ao Óscares deste ano (a par de American Hustle e 12 Years a Slave, os 3 principais neste momento) e que tem vindo a me deixar bastante interessado no seu produto final. Confesso que inicialmente tinha as minhas dúvidas (e até ver terei sempre), não propriamente pela qualidade, mas sim pela força do filme na corrida aos Óscares, normalmente quem começa forte acaba perdendo e por isso é difícil prever algo antes de Dezembro (quando as coisas começam realmente a aquecer), mas com tanta critica positiva e com tamanha recepção do público começo a acreditar numa real possibilidade de Gravity lutar de verdade pelo Óscar principal.

 

Independentemente da corrida aos Óscares fiquei extremamente interessado no filme e se as minhas finanças não estivessem no zero de certeza a curiosidade me faria ir ao cinema já hoje, dia que o filme estreia em Portugal.

Tags: ,
publicado por Dark-Fenix às 16:29
Quarta-feira , 09 de Outubro DE 2013

American Horror Story: Coven

 

Estreia hoje à noite nos Estados unidos a terceira temporada de American Horror Story, de subtítulo "Coven". Esta temporada se passará em New Orleans e terá como destaque o poder feminino. Para quem só tiver ouvido falar da série agora, e o vídeo os ter deixado curiosos, podem ver sem risco a partir da terceira temporada, já que a cada temporada tem uma história fechada. A primeira é sobre uma Casa Assombrada e a segunda sobre um Hospício.

publicado por Dark-Fenix às 19:04
Terça-feira , 08 de Outubro DE 2013

Opinião Semanal 75 – You got a problem with Poppins, you got a problem with me!

 

Frase dita por Manny, personagem de Modern Family, uma excelente série que regressou há duas semanas para a sua quinta temporada e que amanhã irá exibir o episódio 100. Além disso referencia a Mary Poppins um dos melhores filmes de sempre, principalmente no que diz respeito a feel good movies. E aproveitando ainda a referencia, fica aí o trailer do filme Saving Mr. Banks, que terá como tema a tentativa de Walt Disney de adquirir os direitos do livro que acabaria por se tornar num dos maiores sucessos da Disney.

 

Sobre o post em si, já aumentei o nº de mangas a ser comentado, mas ainda continua abaixo(apenas 8), de qualquer maneira com o tempo deve voltar aos 10-15. Semana marcada pelo final de Jaco e pessoalmente por ter voltado a ler Giant Killing, do qual irei comentar aqui sobre o primeiro volume, já o resto são os mangas habituais, que de modo geral desiludiram bastante.

 

publicado por Dark-Fenix às 14:21
Domingo , 06 de Outubro DE 2013

Análise TOC Issue #45 Shonen Jump 2013

 

00-Haikyuu! (Capa, Pagina Colorida, Anuncio de anime)

01-Kuroko no Basket

02-One Piece

00-Assassination Classroom (Pagina Colorida)

03-Shokugeki no Soma

04-Naruto

05-Beelzebub

06-Toriko

00-31 Heroes (One Shot, Pagina Colorida)

00-Hachi (Sem Rank)

00-Koi no Cupid (Sem Rank)

07-Nisekoi

08-Bleach

09-Soul Catcher(S)

10-World Trigger

11-PSI Kusuo Saiki

12-Kochikame

13-Gintama

14-Kurokuroku

15-Hime Doll!

 

Shonen Jump Issue 46 de 2013 - Informação

One Piece (Capa e Pagina Colorida de Abertura)

Shokugeki no Soma (Pagina Colorida)

Kishibe Rohan wa Ugokanai (One Shot)

 

Ranking

01-Kuroko no Basket

02-One Piece

03-Shokugeki no Soma

04-Naruto

05-Beelzebub

06-Toriko

07-Nisekoi

08-Bleach

09-Soul Catcher(S)

10-World Trigger

11-PSI Kusuo Saiki

12-Gintama

13-Kurokuroku

14-Hime Doll!

 

Capitulos Ranqueados

Kuroko no Basket 225

One Piece 716

Shokugeki no Soma 035

Naruto 642

Beelzebub 216

Toriko 245

Nisekoi 086

Bleach 544

Soul Catcher(S) 014

World Trigger 026

PSI Kusuo Saiki 063

Gintama 457

Kurokuroku 003

Hime Doll 002

 

 

Confirma-se que a grande notícia é o anime de Haikyuu, é bom para o manga, mas não deixa de ser uma notícia acima de tudo previsível e bastante antecipada, resumindo de grande não tem nada. Como comentei na semana passada, estou bastante curioso para saber o ranking do manga para a próxima semana e por consequência o futuro do manga na revista, já com anime confirmado a Jump não irá cancelar o manga e quando sair o anime tem tudo para virar um sucesso. Logo futuro assegurado para o manga, só resta esperar que continue a tornar esse potencial em qualidade.

 

Kuroko ficou em primeiro, em mais um bom resultado do manga, que agora entrando no seu climax tem tudo para ainda crescer mais e a segunda temporada do anime não poderia estrear numa melhor altura, voltando os holofotes para o manga na altura exacta. One Piece fica em segundo, Shokugeki no Souma continua muito bem e fecha o pódio. Naruto sobe, mas continua sem conseguir voltar aos resultados de outros tempos, a grande surpresa da semana é Beelzebub, que depois de ficar em último consegue um excelente quinto lugar, será que é para manter?

 

 

Assassination Classroom com mais uma excelente página colorida e como sempre bem colocado na grade da revista, um one shot do autor de Kiruko-san, que continuo a achar que deveria se dedicar a mangas para a Saikyuu Jump. Os novatos ainda esperam ser rankeados. Toriko mesmo sendo o melhor manga actualmente na Jump não consegue tornar isso verdade na toc, o que não abana nada em favor do manga e do seu posto de terceiro grande. Título esse que digamos é algo que hoje em dia não vale de nada, já que o próprio Naruto luta para manter o segundo (vencido constantemente por Hunter x Hunter e Kuroko no Basket).

 

Nisekoi continua no meio da tabela esperando pela estreia do anime, que de certeza irá dar um up no manga, Bleach desde o regresso tem-se afastado do bottom, o que é bom sinal, mas como comentei anteriormente é mais por demérito dos seus adversários do que propriamente por mérito próprio, afinal tudo o que está abaixo (exceptuando PSI, Gintama e Kochikama, curiosamente 3 gag mangas, sendo que dois não serão cancelados de forma alguma) são mangas que estrearam este ano e que eventualmente serão cancelados.

 

Se haviam duvidas esta semana Soul Catchers tirou-as todas, o manga irá sobreviver durante mais tempo do que o esperado, mas o cancelamento é inevitável. World Trigger tem tido uma boa vida nas tocs, mas é o que tenho vindo a comentar há já uns bons meses, o manga vai sobrevivendo mais pela desgraça dos outros que pelo próprio mérito e dá para ver esta semana, que se excluir-se os mangas que não irão ser cancelados, está como o terceiro pior. PSI está numa má situação esta semana e caso Cupid seja bem recebido pode tornar-se num problema, mas por agora é apenas um mau resultado, não deve demorar muito a ficar novamente no top5. De Gintama e Kochikame não há nada o que falar, são dois mangas que só terminam quando os seus autores quiserem. Por fim Kuro Kuroku e Hime Doll apenas esperam pelo inevitável final, em mais uma leva completamente fracassada da Jump.

 

 

Para a próxima semana One Piece ganha capa e página colorida de abertura e como adoraria que o Oda mudasse a sua rotina e fizesse uma página colorida dupla focando naquele confronto do Sanji e do DoFlamingo, mas provável será mais uma página dupla focado nos mugiwaras, como habitual. Shokugeki no Souma ganha página colorida e mais um one shot.

publicado por Dark-Fenix às 18:55
Sexta-feira , 04 de Outubro DE 2013

Breaking Bad - Felina (Series Finale)

 

Finalizar uma série é sempre complicado, a começar pela pergunta deve-se finalizar em aberto ou fechar todas as pontas soltas? Ou deve-se terminar com uma metáfora? Qual o melhor, o que se deve fazer e principalmente como fazer? Cada caso é um caso e concordo plenamente com a interpretação do Vince Gilligan no especial “Talking Bad”, exibido após o episódio final, onde ele comenta que o final de Sopranos foi perfeito para a série (ok aqui não posso dar uma opinião final, já que não vi Sopranos, mas dentro do pouco que vi e do que conheço da série esse final em aberto até faz sentido), mas que no caso de Breaking Bad não seria a melhor solução, Vince Gilligan cria um final fechado, com todas as pontas soltas sendo respondidas e acredito que era isso que todos os fãs queriam.

publicado por Dark-Fenix às 18:37
Quinta-feira , 03 de Outubro DE 2013

Eu queria esquecer Breaking Bad...

 

Só para poder assistir de novo, como se fosse a primeira vez.

 

PS: Às vezes menos é mais e por isso decidi apagar tudo o que tinha escrito e resumir apenas a essa frase, retirada deste post, o qual aconselho a ler para quem já assistiu o final de Breaking Bad.

publicado por Dark-Fenix às 18:44
Quarta-feira , 02 de Outubro DE 2013

Opinião Semanal 74 - Felina

 

Antes de mais peço desculpa pelo atraso, novamente, mas neste final/início de semana não tive disposição para escrever. O título da semana é mais uma vez referente a um episódio de Breaking Bad, no caso o episódio final e o facto de ter colocado o título do último e não do penúltimo episódio da série é porque deixarei de comentar sobre as séries neste espaço, pensava que dava, mas mesmo que fizesse apenas um comentário rápido ainda daria bastante trabalho e iria acabar infelizmente atrasando tudo, como atrasou esta semana.

 

Mas não entendam isso como se fosse deixar de comentar sobre as séries, apenas o irei fazer de outra forma e não semanalmente, série a série, até porque mangas é muito mais fácil de comentar do que as séries. Irei fazer comentários esporádicos sobre as séries que mais acho pertinentes e entre outras ideias que me possam surgir. No que diz respeito a filmes, ainda estou em dúvida, se faço logo uma análise mais bonita e fechada ou se faço um post englobando vários filmes.

 

Por fim, antes de passar à Opinião Semanal em si, os elogios a Breaking Bad continuam a ser poucos para o que a série fez no seu final, Felina não foi tão poderoso quando Ozymandias (e nem podia ser), mas fechou totalmente a história do simples professor de química que se tornou num barão da droga e caiu até ao fundo do poço. Ainda esta semana irei fazer um post sobre o episódio, só não tenho a certeza quando irá sair. Sobre Dexter, que se mantivesse o planeado teria o seu episódio final comentado esta semana no post, só tenho a dizer que vai ter o que merece, o esquecimento, apesar de que espero conseguir lançar um post sobre a série como um todo.

 

 

publicado por Dark-Fenix às 18:26
Terça-feira , 01 de Outubro DE 2013

Fall Season - 3ª Semana

 

A maioria das estreias/regressos foi na semana passada, mas nesta ainda há algumas séries para comentar.

 

 

 

Tags:
publicado por Dark-Fenix às 11:11

mais sobre mim

pesquisar

 

Dezembro 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

últ. comentários

  • Karigurashi No Arrietty.
  • O Dark conheceu a vida na faculdade, o League of L...
  • Você escreve bem.Uma pergunta, de qual animação ja...
  • ALL FREE ANIME FOR YOU at http://www.anime4you.com...
  • Também estão disponíveis à venda nas lojas FNAC, B...
  • A Devir começou a traduzir mangás em português. Es...
  • Tb acho que o telefonema de walt a skyler não tem ...
  • Aceitas parceria? Já adicionei o teu banner. O lin...
  • Bom dia,vi que seu site oferece arquivos para baix...
  • Me pergunto se o Dark passa alguma vez por aqui ne...

mais comentados

Button

Parceria

Ohayo Scans

Tags

Contador