Os Bastidores de Vagabond

Vagabond

 

Estava à procura ontem de nóticias na net, para colocar aqui no blog, quando me deparo com esta super noticia, pelo menos para mim:

 

Existe um programa no Japão que passa na estação de televisão, NHK, que se foca em ética de trabalho, carreira e empreendedorismo, com convidados conhecidos pelo público em diversas profissões no Japão. No caso, o episódio do programa é focado em Takehiko Inoue (Slam Dunk, Vagabond e Real), mostrando sua metodologia de trabalho – e até suas crises criativas, com uma honestidade ímpar.

Ainda não li a obra de Vagabond no seu todo, mas do pouco que li deu para perceber que esta é uma obra que Inoue desenvolveu mais pela arte do que pela história em si, história essa de vem de uma livro Japonês, "Musashi", só isso já mostra que Inoue desenvolveu Vagabond mais para mostrar a sua arte ao mundo do que propriamente as suas histórias, que nesse requesito ficam Slam Dunk(considerado por maioria, mais que absoluta dos japoneses, como o melhor manga de sempre) e Real(manga que Inoue ainda desenha e tem uma lição de vida que nunca vi em mais nenhum outro manga). Slam Dunk e Real, ambos mangas de basquetebol, sendo Real de basquetebol de cadeiras de rodas, tem uma arte extraordinária, mas Vagabond é perfeito nesse requesito, só verem a foto que abre o post para perceberem quão bem Inoue desenha.

 

Sem mais conversas fica ai os videos desses programa:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acho que mesmo que quem ler este post não goste de Slam Dunk, Vagabond ou Real, ou seja não gosta de Takehito Inoue, tem de admitir, contam-se pelos dedos os mangakas que conseguem competir com ele em arte.

PS: Ao ver Inoue desenhar até parece fácil, mas a verdade é que não é bem assim.

publicado por Dark-Fenix às 17:27