Sábado , 26 de Novembro DE 2011

Ranking da Semana # 51

 

Kochikame (Página Colorida Abertura, Capa)
One Piece
Naruto
Bakuman
Toriko
Bleach (Página Colorida)
Pakki
Nisekoi
Inumaru Dashi
Gintama
Kuroko no Basket
Kurogane (Página Colorida)
Magico
Sket Dance
Medaka Box
Hunter x Hunter
Kateikyoushi Hitman Reborn!
ST&RS
Beelzebub
Nurarihyon no Mago
Kagami no Kuni no Harisugawa

 

Previsão Issue #01 - 2012

Página Colorida Abertura: Bakuman
Página Colorida: Kagami no Kuni no Harisugawa, Nurarihyon no Mago, Kochikame

 

Quem melhor para ocupar a capa da última issue do ano do que Kochikame? Capa nesta edição, com mais página colorida na próxima, Kochikame está com tudo, um excelente ano para o manga mais velho da Jump e o mais longo de sempre.

 

 

Sem surpresas, One Piece e Naruto ocupam o primeiro e segundo lugares respectivamente, o terceiro fica para Bakuman, que tem tido bons rankings nas últimas semanas, Toriko em quarto lugar, também nada de anormal, próximas semanas é possível que entra na disputa com One Piece e Naruto. A grande surpresa é o quinto lugar, não parece, mas o quinto lugar foi para Inumarudashi, já que Bleach tem página colorida e Pakki e Nisekoi ainda não contam.

 

Bleach com página colorida, a Jump continua a ajudar Bleach a subir nas toc’s, mas o Tite Kubo não ajuda. Kurogane pelo contrário está a ser uma boa surpresa nas toc’s, está se mantendo bem estável, não começou com um hype igual a Mágico ou Enigma, mas se calhar é por isso que não caiu, já que as expectativas nunca foram muito altas. Como dito Pakki e Nisekoi ainda não são rankeados.

 

Gintama e Kuroko mantém-se bem rankeados, Mágico subiu e agora pode respirar, isto se para a semana não ir para lá outra vez, os últimos capítulos tem sido bons então se for feita justiça deverá se manter por aí nas próximas issues. Sket Dance continua em baixo, mas logo deve voltar com força. Medaka continua bem rankeado, apesar de perto do bottom, Hunter sobe, apesar de isso querer dizer pouco ou nada.

 

 

Bottom 5 a abrir com Reborn, sinceramente esperava melhores resultados, mas como disse Reborn já passou há muito o seu tempo de glória, então é difícil voltar a ter boas posições como dantes, pelo menos regularmente. St&rs subiu, mas não quer dizer muito já que tecnicamente ainda é o manga mais perto de ser cancelado, para sobreviver tem de sair do bottom e mesmo assim é questionável. Beelzebub ainda anda por aí, mas vai subir, Nura Mago desce novamente e Harisugawa caí para o fim, injusto, espero que suba, não merece ser cancelado.

 

Para a próxima semana a confirmação da enorme popularidade de Bakuman nas últimas toc’s, ocupando a página colorida de abertura e provavelmente a capa. Parece que a Jump ainda não desistiu de Harisugawa, o que me deixa pensando que por agora só mesmo St&rs é que está com grandes possibilidades de cancelamento. Também continua a aposta em Mago e Kochikame com mais uma página colorida.

 

Saíram alguns dados referentes ao ano de 2011, já que esta foi a última issue do ano, quando terminar a semana de testes logo comento esses dados.

 

Ranking Oricon:

 

01. Real #11(159,659 / 358,083)
02. One Piece #64 (145,343 / 2,652,700)
03. Skip Beat! #29 (130,536)
04. Mahou Sensei Negima! #36 (117,007)
05. GTO Shonan 14 Days #9 (76,597)
06. Seitokai Yakuin Domo #6 (75,735)
07. Shijou Saikyou no Deshi Kenichi #45 (73,893)
08. Capeta #26 (68,247)
09. Kingdom #24 (63,572)
10. Area no Kishi #28 (57,133)
11. Naruto #58 (56,227 / 933,239)
12. Hiyokoi #6 (55,635)
13. Mama wa Tempalist #4 (50,858)
14. Rozen Maiden #6 (43,142)
15. Baby Step #19 (42,656)
16. Honey Bitter #7 (38,895)
17. AKB49 ~Renai Kinshi Jourei~ #5 (38,106)
18. Ore-sama Teacher #12 (36,999)
19. Gintama #42 (36,336 / 353,573)
20. Real Clothes #13 (35,749)
21. Mahou Sensei Negima! Limited Edition #36 (35,344)
22. Again!! #2 (35,026)
23. Toriko #17 (33,446 / 331,144)
24. Itsudemo Otenki Kibun #5 (32,530)
25. Shin Kamen Rider Spirits #5 (32,145)
26. Gang King #23 (31,589)
27. Beshari Gurashi #13 (30,035)
28. Q and A #5 (29,929 / 56,715)
29. Akatsuki no Yona #7 (29,574)
30.
Saint☆Oniisan #7 (29,240 / 824,872)

31. Countach #25(29,089)
32. To Love-Ru Darkness #3 (28,742 / 308,059)
33. Monochro Shonen Shojo #8 (27,678)
34. AKB49 ~Renai Kinshi Jourei~ Special Edition #5 (27,594)
35. Do Da Dancin'! Venecia Kokusai-hen #10 (27,389)
36. Crash! #11 (26,356)
37. Gate 7 #2 (25,940 / 204,317)
38. GE ~Good Ending~ #10 (25,654)
39. Seito Shokun! Saishuushou
Tabitachi #2 (23,555 / 43,302)
40. Ane no Kekkon #2 (23,422 / 78,344)
41. Seitokai Yakuin Domo Limited Edition #6 (23,154)
42. A-Bout! #10 (22,681)
43. Sket Dance #21 (22,268 / 200,427)
44. Kyoukai no Rinne #10 (22,179)
45. Yajikita Gakuendou Chuuki II #2 (20,813)
46.
Ten no Shinwa Chi no Eien VI (20,394)
47. MonochromeFactor #11 (19,862)
48. Yozakura Quartet #11 (19,809 / 68,512)
49. Minami-ke #9 (19,552 / 158,481)
50. Arata Kangatari #13 (18,463)

 

Como disse na semana passada Real estava a vender pouco e nesta semana isso foi confirmado, com Real ficando em primeiro lugar. Esperando agora a tradução da AIUEO scans do volume 11 e já agora o regresso de Vagabond. One Piece vendendo bem, apesar de abaixo do esperado, a quase 350 de chegar à sua marca média de 3 milhões, apesar da primeira semana que parecia fazer jus ao aumento da tiragem inicial para 4 milhões.

 

O volume 9 deve ser o último de GTO Shonan 14 days, um manga que é uma sequela de um dos mangas mais importantes de sempre da Shounen Magazine, GTO, que já agora antes ainda teve o Shounan Jun’ai Gumi, a pergunta é ainda haverá uma quarta série?

 

Area no Kishi a vender muito abaixo dos seus dois amigos da Magazine, Ahiru no Sora e Diamond no Ace, mas com o anime estreando em Janeiro, já agora a temporada acabou de melhorar em vez de um anime vou ver dois, o manga deve aumentar as vendas, igual aconteceu com Giant Killing no ano passado.

 

De resto nada de muito especial a destacar, apesar de que queria ler vários mangas aí listados. À espera da lista das vendas anuais, deve sair para a semana.

Tags: , , ,
publicado por Dark-Fenix às 01:02
Terça-feira , 22 de Novembro DE 2011

...

 

Só para avisar, esperava lançar ainda hoje o post Opinião Semanal, mas não vai dar. Juntando a isso que para a semana vou ter a semana de testes na Universidade, Matemática, Economia e Contabilidade, vou juntar todos os capítulos e só saírão no Domingo, não neste, mas no próximo.

 

A análise à toc saí normalmente já que isso não me gasta muito tempo.

 

Para não ficar sem comentar nada em relação aos mangas, adianto já que One Piece da semana passada foi epico e seria primeiro lugarsem dúvida alguma.

publicado por Dark-Fenix às 15:56
Sábado , 19 de Novembro DE 2011

Banzai

 

Dia 20 de Novembro das 17h às 20h será lançado na FNAC Colombo (Lisboa) o primeiro número da Banzai, uma revista trimestral de banda desenhada no estilo Manga com aproximadamente 100 páginas e formato A5, a primeira do género em Portugal.

 

Estarão lá presentes as autoras desta edição, assim como os autores das histórias que irão ser publicadas nos próximos números. Gostavas de participar nesta revista com histórias, one-shots ou expor o teu trabalho? Então deves visitar esta página.

 

Fonte: OtakuPT

 

Nem acreditei quando li, excelente noticia, uma revista de mangas em Portugal. Ainda mais já tinha tido uma edição #0, que me passou completamente despercebido. Actualmente ainda está no começo então há que dar o apoio para poder continuar, quando poder passo no Algarve Shopping para comprar a edição #0 e a 1, apesar de tudo, tenho de dizer que o preço é um pouco elevado, apesar de por ser trimestral não chega a ser realmente caro.

 

Os mangas, Kuroneko e TMG, não me chamaram muito a atenção, mas estou a falar apenas por alto já que ainda não li, além desses dois mangas que serão fixos, serão publicados one shots na revista, então se são portugueses, gostam de mangas e sabem desenhar, é uma boa oportunidade.

 

Até às férias de Natal já devo ter comprado as duas edições e depois nessa altura logo comento no blog.

publicado por Dark-Fenix às 17:25

Ranking da Semana # 50

 

Medaka Box (Página Colorida de Abertura)
One Piece
Gintama
Bakuman
Reborn!
Gensōn! Kodai Seibutsu-shi Packy (Página Colorida)
Toriko
Nisekoi (23 páginas)
Sket Dance (Capa, Página Colorida)
Kurogane
Kuroko no Basket
PSI Kusuo Saiki (Capítulo Único)
Nurarihyon no Mago
Bleach
Kochikame
Inumaru Dashi
Hunter x Hunter
Beelzebub
Magico
Harisugawa in Mirror world
ST&RS


Naruto (Ausente)

#51:
Página Colorida de Abertura: Kochikame
Páginas Coloridas: Bleach, Kurogane

 

 

Medaka ganhando destaque, merecido, já que na altura que foi divulgado o anime quem ganhou o capítulo em destaque foi Kuroko, desta vez ganha o destaque, mas não ganha capa, o que era algo previsível, só pensava que seria One Piece a lhe roubar a capa, de qualquer forma foi Sket Dance, merecidíssimo, com alguma anuncio em relação ao anime. Medka nesta edição também teve finalmente o boato confirmado, realmente o anime será pelo estúdio Gainax.

 

One Piece depois de algumas semanas volta ao primeiro lugar, Gintama continua numa boa fase, trocando de lugar com Sket Dance, por assim dizer. Bakuman continua alto, só espero que Ohba não invente de colocar o Nanamine novamente na história. Reborn subiu, começo de saga muito interessante, sinceramente não esperava que subisse tanto, mas nas próximas semanas deve voltar ao meio da tabela. Toriko fecha o top5, com alguma surpresa, o capítulo rankeado deve ser já um dos primeiros deste arco, que estavam bem interessantes, se calhar algumas dúvidas na altura de votar por causa do arco anterior.

 

 

Genson, o gag manga, ganha sua segunda página colorida e já não vejo hora de ele chegar por volta do capítulo 15 para ser cancelado, faz St&rs parecer uma obra seinen. Nisekoi está na terceira semana, ainda mais 5 até ser rankeado, mas pelo capítulo não vejo grande futuro, claro a não ser o factor importante, Naoshi. Sket Dance com página colorida, espectacular, como sempre, com essa capa Sket Dance tornou-se sem dúvida num dos mangas mais importantes da actual Jump. Psi em mais um one shot, fico a pensar porque não serializar esse manga, pelas raws gostei mais do que Genson.

 

Kurogane continua muito bem rankeado, o que tem sido uma surpresa, as scans estão meio atrasadas então não dá para ter uma ideia se merece ou não, mas pelos capítulos que lia história ainda está meio inconsistente, mas pelo menos ele não soltou o sharigan. Já Kuroko espero que se mantenha por aí. Mago subiu bastante, quem lê diz que está bom e que não merece ficar nos últimos lugares, se é verdade ou não, não sei, não leio, de qualquer forma é bom Mago ter subido, já que não vai ser cancelado mesmo, pelo menos não empate. Bleach continua mal rankeado, mas também não se pode dizer que não mereça.

 

 

O bottom 5 é composto Inamuradashi ou Hunter x Hunter, sinceramente nem importa mesmo, por Beelzebub apesar de mal deve subir daqui a umas 6 semanas, e pelos 3 novatos Mágico, Harisugawa e St&rs. Há duas possibilidades, ainda haver novos mangas antes de Fevereiro ou a novas estreias só acontecerem nessa altura, se ainda haver antes provavelmente St&rs será cancelado e depois todos os novatos à excepção do estreante, lutarão para não serem um dos dois cancelados na vaga de Fevereiro, ou seja 3 mangas entre St&rs, Mágico, Harisugawa, Kurogane, Genson e Nisekoi. Já se fosse só para Fevereiro seria melhor já que seria o Genson e provavelmente St&rs os sacrificados, isto se for o normal de dois mangas estreantes. De qualquer maneira é mera especulação e desde que Mágico e Harisugawa se mantenham o resto é me igual.

 

Para a próxima semana, Kochikame será o destaque e quase de certeza capa, afinal seria bem injusto roubar os holofotes ao manga mais antigo da revista. Bleach e Kurogane ganharam páginas coloridas, dá para ver que Kurogane foi realmente bem recebido, mas Mágico e Harisugawa também e depois é o que se vê, já Bleach mais uma vez para ver se sobe no ranking.

 

Em todos os lugares que vi o ranking estava a dizer que para a semana One Piece completaria 15 anos, o que é totalmente mentira já que estreou a 4 de Agosto de 1997, então ou é mais uma das coisas toscas que os japoneses tanto gostam ou é acerca do one shot piloto de One Piece, Romance Dawn, que saiu em 1996, mas não faço a menor ideia da data.

 

 

Ranking Oricon:

 

01. One Piece #64 (488,991 / 2,507,357)
02. Real #11 (198,424)
03. Natuto #58 (172,402 / 877,012)
04. Gintama #42 (114,261 / 317,237)
05. Toriko #17 (108,177 / 297,698)
06. To Love-Ru Darkness #3 (93,268 / 279,317)
07. Gate 7 #2 (79,463 / 178,377)
08. Sket Dance #21 (71,466 / 178,159)
09. Minami-ke #9 (62,203 / 138,929)
10. Ane no Kekkon #2 (54,922)
11. Yozakura Quartet #11 (48,703)
12. Tegami Bachi #13 (48,003 / 114,914)
13. Saint☆Oniisan #7 (47,257 / 795,632)
14. Kure-nai #8 (38,602 / 94,830)
15. Drop OG #1 (37,887)
16. Shitsuren Chocolatie #4 (36,673)
17. Sonna Mirai wa Uso de Aru #2 (34,570 / 87,140)
18. Sengoku Tenseiki #12 (31,061 / 66,648)
19. Tajuu Jinkaku Tantei Psycho #16 (30,533 / 99,295)
20. Chotto Ede Made #6 (29,881 / 74,627)
21. Shinjuku Swan #29 (29,221 / 68,744)
22. Koi Suru Boukun #7 (27,824)
23. Clover #24 (27,056)
24. Q and A #5 (26,786)
25. Toriko Gourmet Hunting Book (26,716 / 64,105)
26. Chicken「Drop」Zenya no Monogatari #4 (24,669)
27. Psychometrer #2 (23,747 / 52,513)
28. Kara no Kyoukai the garden of sinners #1 (22,376)
29. Hakaijuu #5 (20,054)
30. Seito Shokun! Saishuushou・Tabitachi #2 (19,747)

31. Devil's Honey (19,600)
32. One Piece #63 (19,510 / 3,059,510)
33. Fullmetal・Panic! Σ #16 (18,320 / 19,592)
34. Sukidesu Suzuki-kun #13 (18,131 / 177,852)
35. Fairy Tail #29 (18,038 / 457,178)
36. Deadman・Wonderland #11 (17,785 / 201,909)
37. Coppelion #12 (17,642 / 37,226)
38. Sansukumi #3 (16,852)
39. Yozakura Quartet Limited Edition #11 (16,333)
40. Ishutaru no Musume ~Onono Otsuu-den #4 (14,438)
41. Trinity Seven 7-nin no Mahoutsukai #2 (14,988)
42. Aoi Honoo #7 (13,791)
43. Kimi ni Todoke #14 (13,680 / 1,179,507)
44. Youkai Apart no Yuugana Nichijou #1 (13,480)
45. Giant Killin #21 (13,469 / 272,128)
46. Oyasumi Punpun #9 (13,296 / 95,030)
47. Ousama no Shitateya ~Salto Fineeto~ #32 (12,305 / 29,502)
48. Nichijou #7 (12,273 / 128,014)
49. Honya no Mori no Akari #10 (12,066)
50. Sakamichi no Apollon #8 (11,800)

 

Na segunda semana da Jump obviamente One Piece ainda leva o primeiro lugar, lá ver quanto tempo leva até chegar aos 3 milhões, me parece que apesar de excelente primeira semana, a segunda já lhe ficou meio abaixo das expectativas, mas isso será visto na próxima semana e com a diferença que terá até aos 3 milhões.

 

Mas qualquer coisa nessa lista fica em segundo plano, quando é lançado um novo volume de Real, obra de Takehiko Inoue, Real é lançado uma vez por ano, normalmente nesta altura, bem no fim de fechar o ranking anual, Inoue até pode estar em hiatu há mais de um ano, mas Real é um manga que sempre tem trabalhado, mesmo que num ritmo mais lento. Um excelente manga, acerca de basquetebol em cadeiras de rodas e como o nome bem diz, é realista. Apesar de ter derrotado Naruto esta semana, deve ter saído já tarde, porque está bem longe das vendas normais do manga.

 

Naruto arrastado para o terceiro lugar, vendendo bem, mas não tão bem como a semana passada surgiria, mesmo assim não deve levar muito a chegar a 1 milhão. O resto dos mangas da Jump a vender o normal, apesar de Sket Dance estar a vender pouco. Gate 7 já se tornou-se num enorme sucesso e Q&A, junto de Real outra boa surpresa do ranking, o actual manga do Adachi, vendendo bem abaixo dos outros trabalhos do autor, mas os mangas do Adachi são sempre bons.

 

Por fim destacar Kimi ni Todoke que está quase na marca de 1,2 milhões, realmente a caminhar a passos largos para se tornar a nova Nana.

publicado por Dark-Fenix às 16:29
Quinta-feira , 17 de Novembro DE 2011

Opinião Semanal #49

Apenas nove mangas esta semana, apesar disso um post bem grande, na altura que escrevi metade do texto estava inspirado e todos os que ficaram grandes, à excepção de Nisekoi, foram feitos no mesmo dia, me pergunto se teria mais a acrescentar a Toriko ou Harisugawa se já tivessem saído quando escrevi sobre os outros. Acrescentei também a minha opinião sobre o novo gag manga da Jump. No geral foi uma semana fraca, com 5 mangas bons e os outros 5 maus, nem conto com o gag. Por fim contente por finalmente Beelzebub se ter encontrado de novo, finalmente mostra porque é o meu segundo manga favorito da Jump.

 

 

Gag Manga:

 

Dei uma olhada na raw do primeiro capítulo e só tenho uma coisa a dizer, que seja cancelado.

 

Nunca li Inumarudashi, mas já dei uma passada rápida pelo primeiro capítulo e é infantil demais, mas este novo gag manga consegue ser pior, na verdade isso é totalmente a cara da Coro Coro ou a Sakyo Jump, aquelas revistas para crianças com menos de 10 anos.

 

Que seja cancelado nem presta sequer para ocupar o lugar de Inumarudashi, e para mostrar isso é o facto de nem me dar ao trabalho de ir à procura do nome do manga, fica só como gag e pronto.

 

 

9ºFairy Tail:

 

Antes de passar às duas coisas que realmente importam. Nada dos dragon slayers do capítulo anterior e o título se chama Grandine, mas a não ser aquela ligação entre a velha e o dragão o título mais nada tem a ver com o capítulo, agora passado as coisas menos importante vamos ao que realmente importa.

 

Nível de Poderes:

A sério é lindo quando um autor consegue estragar o nível de poderes como se estala os dedos ou se muda de camisa. Está certo que o nível de poderes em Fairy Tail nunca foi grande coisa, ou não se trata-se de Fairy Tail uma história onde o protagonista tem de sempre vencer o vilão da saga, mesmo que não fase qualquer sentido, ainda me pergunto como é que o autor não inventou de colocar o Natsu a derrotar o dragão na saga anterior.

 

 

Mas neste ele esmerou-se, está certo que eles não ficaram parados durante 7 anos, mas sempre que vejo uma coisa dessas lembro-me do espectacular Dragon Ball:

 

Na altura do planeta Vegeta: Só nasciam super guerreiros de mil em mil anos, ou seja o Broly, mas isso é outra história.

Goku: Transformou em sayajin em adulto e quase morreu para derrotar o Freeza.

Gohan: Transformou-se em sayajin com menos de 15 anos, no final da saga do Cell vencia o Freeza com um sopro.

Goten: Antes dos 10 já era sayajin, enquanto o Krilin precisou morrer para o Goku se transformar, Goten o fez numa luta casual com o Gohan, mas antes mesmo de se transformar já era capaz de derrotar o Freeza.

 

Ou o melhor de todos, apesar de não ser oficial, no último ova que saiu sobre o irmão do Vegeta, aparecem uns antigos lacaios do Freeza, quando conversam sobre as suas forças, dizem que venciam o Freeza facilmente, afinal já passou o tempo onde o Freeza ainda era alguém na hierarquia do Universo de Dragon Ball (para quem não se lembra ele era o mais forte), quando não passavam de meros randoms.

 

 

Ou seja a base é a mesma, por mais que eles tenham treinado 7 anos, nunca que o Max teria vencido o Natsu, tudo tem um limite e o Natsu é um dos mais fortes, o Max é apenas um random, por mais que treinasse mil anos nunca chegaria ao nível do Natsu.

 

Outras comparações, se isso fosse assim o Rokudo Senin não seria mais que uma formiga, afinal ele viveu vários anos antes da história de Naruto começar e se os outros sempre treinam para se tornar mais fortes, enquanto o nível médio de ameaça continua a aumentar, quer dizer que o Rokudo Senin perderia contra o Konomaru.

 

Ou que todos conseguiam se igual a ao Rayleight, afinal o Rayleight depois de encontrar o One Piece já não treinou para melhorar, mas os outros aumentaram as suas forças, porquê é que ninguém o vence, então? Ou vários outras comparações.

 

Por fim a cena mais estúpida do capítulo, já comentei na semana passada o quanto não faz sentido o Makarov não ter morrido na ilha e agora vou ter de dizer que esta história da sucessão está bem estúpida. Há 7 capítulos atrás havia 3 mestres da Fairy Tail, em 7 capítulos passaram a ser 6, sendo que no final o mestre continua o mesmo.

 

Apesar de estupidez que foi a verdade é que me ri com esse sucessão de mestres, mas achar graça nem sempre quer dizer que é bom.

-Sobre o que você está falando, quarto?

-Poderia, por favor, parar de me chamar dessa maneira, sexto?

 

Por fim, finalmente Fairy Tail parece que vai seguir um rumo, mas também parece que vai ser novamente um torneio, lá ver se desta vez chega ao fim.

 

 

8ºBleach:

 

Não entendi nada da luta da Riruka contra a Rukia.

 

Eu estava a defender que o Tsukshima era melhor do que o Ginjou, a verdade é que ainda acho, mas a sério para quê fazer um Aizen 2.0, cheio de moral, a fazer as poses que o Tite Kubo tanto gosta e todo aquele ar de sabichão que sabe tudo antes dos outros sequer pensarem e no final o Byakuya espeta-lhe a mão pela barriga a dentro.

 

Apesar de tudo tenho que dizer que houve um ponto positivo no capítulo, o facto do Byakuya não ser totalmente o Neji 2.0, já que afinal conseguiu suprimir o seu ponto negativo, por outro lado isso também é um ponto negativo, já que o Tshukishima sabe tudo não sobe disso, bem forçado, seja qual a desculpa do Kubo.

 

Este capítulo foi uma desgraça, e só espero que ele não se levante. Para concluir, eu pessoalmente gosto desses vilões ou melhor dizendo personagens todos cheios de poses e que sabem que são fortes, o problema é quando eles se tornam arrogantes, tipo Aizen e Tsukishima. E é aí que me pergunto porquê que o Tsukishima teve de ser uma nova versão, ainda por cima pior, do Aizen, porque não podia ser um daqueles vilões que sabem que são fortes, mas que não precisam de dizer que o são para os outros os temerem.

 

 

Vou dar três exemplos, um de Bleach, um de One Piece e um de Naruto:

Urahara: Qualquer personagem em Bleach com o mínimo de força, sabe que não se pode meter com o Urahara, porque vai perder, mas não é por isso que ele saí por aí dizendo que é super forte e se vangloriando que derrotou o Aizen.

 

Itachi: Provavelmente o exemplo perfeito, um dos ninjas mais poderosos de sempre, e qualquer ninja meia tigela sabe isso, ele é o exemplo perfeito de quem não precisa levantar um dedo para derrotar qualquer inimigo e quando falo qualquer, só não estou a contar com no máximo 10 ninjas que já passaram por Naruto.

 

Mihawk: Urahara é o génio louco, Itachi o génio desleixado, Mihawk é o senhor, o melhor espadachim do mundo, durante todos os capítulos de One Piece nunca perdeu a pose, até pode ser mais fraco que Urahara e Itachi comparado com os restante personagens do Universo, mas sem dúvida um personagem que sabe que é forte e que todos sabem que ele é forte, sem mesmo dizer uma palavra, quem discutir está sujeito a ser humilhado pela sua faquinha. Mais uma coisa, Mihawk é dos poucos personagens que já vi numa história shounen que não gritam o nome do ataque quando ataca, pode ser apenas um pormenor, mas mostra a diferença entre ele e os outros, afinal a ele não lhe interessa que os adversários conheçam os nomes dos seus ataques, mas sim que o temam para não lhe chatearem a cabeça.

 

Poderiam dar vários outros exemplos, Rayleight, Barba Branca, Orochimaru, Yoroichi, Kakashi, Shikamaru, Shunsui ou até mesmo o Byakuya, mas a ideia é a mesma.

 

Fugi um pouco do assunto do capítulo, mas o capítulo foi tão decepcionante e a semana tão fraca que tive de mudar de assunto.

 

 

Naruto:

 

Que capítulo secante, como já esperava, a chegada dos Kages só serviu para a óptima página no capítulo anterior, porque de resto não serviu para mais nada, ou melhor esta guerra como já esperava não serviu para nada, os zetsus e os zumbis já foram derrotados e agora sobram os que realmente interessam aqueles míseros membros que restam á Akatsuki, enquanto do lado da Aliança Shinobi todos estão vivos, ou pelo menos os que interessam.

 

Resumindo capítulos e mais capítulos, que acredito que todos já sabiam que seriam para enrolar, gastos para nada, a diferença é que essa enrolação não seria má de todo se tivesse as lutas que realmente importavam, os ninjas que já não se viam lutar desde o Exame Chunnin, os lendários ninjas, que no final se restringiram a vários personagens inventados à pressão e à luta do Samurai vs Ninja.

 

O pior é que os últimos capítulos não serviram para nada e agora o Kishimoto acabou de vez com o Universo de Naruto, já que nem a técnica do Minato ficou imune. A única diferença do inicio da guerra, antes dos zumbis, para agora é que a Akatsuki tem o Madara, que já agora parece que vai ser Madara vs Aliança Shinobi e Naruto vs Akatsuki.

 

 

Sim porque a única página que salvou o capítulo foi mesmo a última, onde finalmente se descobriu onde está o Wally, no meio de tantos clones finalmente os leitores ficaram a saber onde está o verdadeiro. Era engraçado ele partir da mascara e descobrir quem é o Tobi num momento tosco desses. Agora é uma semana sem Naruto, para depois vir com a guerra dos Titãs.

 

Por falar em guerra dos titãs, na página 5 um random fala:

-“Estou a começar a achar que não devia estar aqui.”

 

Passados tantos capítulos é que ele descobriu que aquela guerra não faz sentido e os randoms não serviram para nada, afinal até mesmo os zetsus, teoricamente criados para ser os adversários dos randoms, foi o Naruto é que os dderrotou, então ele chegou á conclusão óbvia, bastava ir para a guerra com os 10 ninjas porque o resto não faz diferença, ou vão dizer que o chakra importa quando do nada o Naruto limpou o campo inteiro. Na verdade o próprio Kakashi podia ter ficado em casa a ler o seu livro.

 

 

7ºNisekoi:

 

Decepcionante, já ouvi dizer que o segundo capítulo é melhor, mas só li o primeiro e pelo primeiro a história desiludiu bastante, sem dúvida pior do que o one shot, que já nem tinha sido grande coisa.

 

Gostei bastante da primeira página, com aquela história dos dois colares, sem dúvida é algo que bem do estilo do Naoki, o problema é que parece que isso é logo associado a uma história de fantasia, mas Nisekoi é um manga escolar. Para começar esse começa logo por ser um grande defeito do manga, pelos one shots que li do Naoshi ele dá-se bem é com fantasia, não com mangas realistas, tanto é que o one shot de Nisekoi saiu meio irrealista. E não faz sentido um manga escolar virar fantasia do nada, Swot que o diga.

 

A arte do Naoshi está excelente, apesar de ele evoluiu na arte, mas agora parece algo mais padrão, em vez de algo original do autor, isso é também um dos grandes defeitos dos mangas escolares e realistas, acabam por adoptar uma arte padrão.

 

 

A parte das gangs foi mantida, pelo menos isso, como tinha comentado no one shot, 3 gangs seria bem melhor, já que seria um triângulo amoroso, mas o autor não fez isso e manteve as duas gangs principais, que já adianto também seguiu aquele plot de fazer os dois protagonistas namorarem para bem das duas famílias.

 

Está certo que sendo a versão serializada faz sentido, o primeiro capítulo acabar com esse final, e apesar de não ter gostado não posso criticar, até porque sendo que já tinha lido o one shot não dá aquela noção se realmente ler aquilo sem saber de nada seria bom ou não.

 

O problema é que o capítulo inteiro foi acerca da briga entre eles os dois, sinceramente achei que as 54 páginas foram muito mal aproveitadas, o conteúdo deste capítulo cabia perfeitamente em 20 páginas, tudo enrolou para no final o autor soltar a bomba que eles agora iam namorar, começa cedo a enrolar e vais longe, afinal foi por enrolar que foi cancelado.

 

 

Mas o que ainda não comentei e o pior de tudo, para quê que criaram essa terceira protagonista? Porque criam uma história à volta dela e do protagonista, mas o resto do capítulo é sobre ele e a outra, o Naoshi até revela que ela é a antiga namorada dele, que sabe disso, mas não diz, sabe-se lá porquê.

 

Se o Naoshi não quiser ser cancelado novamente vai ter de trabalhar muito bem essa história, já enrola no primeiro capítulo, cria uma terceira personagem que tecnicamente não serviu para nada e a história dos outros dois ficou muito fraca, nem tocaram seriamente no assunto das gangs. Muito trabalho pela frente para conseguir fazer desse manga uma boa história, diria que se não fosse o facto de ser o Naoshi o criador seria com certeza cancelado, mas sendo eel ainda pode haver esperança, tanto na nível de popularidade do autor, quanto da qualidade de roteiro.

 

PS: A melhor parte do capítulo é o extra que veio na pasta da tradução feita Otakuyo, com a cena da pokebola.

 

 

6ºReborn:

 

Dividindo o post em duas partes, o comentário ao capítulo e o comentário ao resultado do Concurso de Popularidade.

 

Concurso de Popularidade:

Antes de passar a comentar dizer já que achei bem sem noção essa pergunta de quem é mais forte, já que isso nunca vai chegar a lado nenhum e não serve para nada, afinal senso comum raramente é a verdade. Dito isto vou começar já pelos mais fortes e depois passar à popularidade que é o que realmente importa.

 

Obviamente o Tsuna tinha de levar o prémio, protagonista e super forte, era óbvio, já agora me pergunto se essa mesma pergunta fosse feita aos leitores de One Piece, o Luffy ocuparia o primeiro lugar, sim porque mesmo ele sendo popular e forte ainda está longe de um Barba Branca ou Rayleight. De qualquer forma isto é Reborn e sendo Tsuna o protagonista e um dos mais fortes de Reborn obviamente levaria o primeiro lugar.

 

Já agora não, acho que faz sentido quando o protagonista se torna o personagem mais forte do manga, a história se encaminhar para o fim e apesar do Tsuna sem uma completa tristeza, a verdade é que depois que derrotou o Byakuran, ele se tornou no personagem mais forte do manga, apesar de que a sua personalidade não o demonstrar. Claro que quando falo que ele é o mais forte não estou a levar em contra os arcobalenos, principalmente o Reborn. O que quero dizer é que espero que Reborn acabe nesta saga.

 

 

Hibari em segundo, é forte sim, até mesmo um dos tops, a par de Tsuna, Byakuran, Reborn, Mukuro, Enma, Xanxus, Iemitsu e o Vongola Primo, mas sem dúvida que ele não seria o segundo e está aí apenas pela popularidade. Já Reborn merecia claramente o primeiro lugar, ou alguém duvida que Reborn é o personagem mais forte de Reborn?

 

Xanxus, Mukuro, Primo e Byakuran logo de seguida, claramente o Enma não caiu nas graças dos leitores, também não é para menos um Tsuna chega, achei exagerado a classificação do Squalo e o Yamamoto é sem dúvida um dos personagens que bem podia ser um dos tops, mas a sua personalidade não ajuda. Kawahira (acho que afinal vou conseguir decorar o nome), o homem do Ramen, também deu o ar das suas graças, mostrando o quando os fãs o acham forte e por consequência o querem ver na história. Sem o pai do Tsuna, o que só comprova o que disse na semana passada, apesar de voltar a repetir senso comum raramente deve ser levado em conta. Apesar de que o nº9 não aparece na tabela, o que pode ser o lugar do Iemitsu.

 

 

Sobre os mais populares, nunca é lá muito bom quando um protagonista não ganha o concurso de popularidade do seu manga, apesar de que há casos que se entende perfeitamente como em Eyeshild21 já que o Hiruma é o personagem perfeito e sem dúvida extremamente carismático. Mas em Reborn não é a mesma coisa, por mais que o Hibari seja carismático, não chega para ganhar a um protagonista num manga normal, mas num manga que tem Tsuna como protagonista, a surpresa não é ele não estar em primeiro, mas sim ainda conseguir estar no pódio.

 

Tsuna leva o segundo lugar, já agora bem que podiam ter colocado o nº de votos, para dar um melhor noção da diferença do Hibari para o Tsuna e do Tsuna para os restantes. Em terceiro o Mukuro não chega a ser surpreendente, já o nº4 não se pode dizer o mesmo, o Enma e o Byakuran podem não ter entrado nas graças dos leitores, mas o Fran conseguiu se tornar em pouco tempo um dos personagens mais populares de Reborn, sem dúvida surpreendeu-me.

 

O Gokudera consegue ser quase tão mau como Tsuna, mas sem dúvida é popular, Squalo em sexto mostra que é um dos mais populares de Reborn e o mais popular da Varia, o Squalo é um personagem que eu acho bastante carismático, apesar da sua maneira meio estranha. Yamamoto é o meu personagem favorito, Dino ficou em oitavo e o líder da Varia em nono.

 

Apesar do Lambo não ser um dos meus personagens favoritos e sem bem irritante e nada natural, acho-o extremamente carismático e pensava que ficaria muito melhor classificado, se calhar é apenas por a sua imagem já estar meio desgastada, afinal ele é igualzinho ao inicio do manga, o mesmo bebe irritante. O Tsuna também, mas sempre há as suas brilhantes mudanças do modo chorão para o modo overpower, como na luta contra o pai.

 

Outra surpresa, mas não tão grande, já que me lembro do concurso anterior, é Reborn, o meu segundo personagem favorito, bastante poderoso e o facto de ser um bebe fazem-no extremamente carismático, apesar dos resultados não o comprovarem. Já o Enma claramente não caiu nas graças do público, mas quem pode julgar, até se atura um, mas dois Tsuna já é demais e a grande pergunta é: E o Byakuran? A sério nem sequer aparecer, outro personagem bastante carismático.

 

Grande vencedor: Fran, sem dúvida o Fran é o grande vencedor deste concurso de popularidade, ficando em quarto lugar e ganhando ao Enma na força.

 

Grande derrotado: É uma dúvida entre Byakuran e Enma, por um lado o Byakuran nem entrou na lista dos populares, por outro o Enma mal classificado nos populares e ainda pior na força, já que sendo do nível do Tsuna um 12º lugar é claramente pior do que o 15º na popularidade. Então acho que o grande derrotado é mesmo o Enma, a imitação do Tsuna.

 

Sobre o capítulo:

 

Há três coisas e nenhuma delas positivas:

 

1ºRyouhei:

Está certo que ele é claramente o personagem menos popular do grupo do Tsuna, mas também a Amano não ajuda a mudar a situação, na saga anterior é o primeiro a lutar e o único que vai parar á prisão. No futuro que me lembre não teve nenhuma participação importante, fora o facto de não ter sido dos primeiros a chegar. Agora é o primeiro a perder. E sinceramente nem o acho o pior dos amigos do Tsuna, apenas é claramente mal usado pela autora, o que o faz obviamente o menos popular.

 

2ºHibari:

O Fon desiludiu, depois de tanto drama à volta da sua escolha vem com algo óbvio, não que isso seja mau, mas pior mesmo é ele vir apenas com o Hibari, sendo ele o seu único guardião. Não faz sentido personagens mais fortes se uniram, qual o sentido em o Hibari lutar sozinho, mesmo que isso tenha tudo a ver com a sua personalidade.

 

2ºSkull:

 

Ao contrário de provavelmente a maioria não gostei do facto dele se ter transformado na sua forma original, mesmo que possa ser apenas por pouco tempo, não faz sentido, o objectivo não é eles recuperarem a sua forma original? Então para quê lhes dar essa alegria durante a luta, seria muito mais interessante e muito mais simbólico só o vencedor poder voltar à sua verdadeira forma, ou melhor todos conseguissem no final e então haver a tão aguardada demonstração de poderes dos arcobalenos.

 

Agora obviamente que é interessante ver um Arcobaleno lutar, mas não deixa de ser algo mau, igual em Fairy Tail ri-me com a sucessão de mestres da Fairy Tail, mas não deixou de ser mau. Claro que vai ser emocionante ver eles lutarem, mas para isso mais valia não ter criado as limitações logo de inicio, afinal não é preciso voltarem às formas originais para mostrarem o quanto são fortes, uma luta de bebes seria épico.

 

Quero ver quando o Reborn se transformar e já agora sendo que a Lal Mirch no futuro não estava na sua forma bebe não é uma espécie de spoiler? Ou isso foi explicado ou fiquei com a ideia errada de que o Colonello a quer ganhar para lhe transformar de volta ao normal?

 

Por fim, sabia que a autora iria estragar a saga, só não esperava que fosse tão cedo.

 

 

5ºHarisugawa:

 

Mais um bom capítulo de Harisugawa, para quem queria ver mais interacção entre a Mao e o Harisugawa, as páginas depois da aparição da Mao provam que o autor se irá focar agora mais nisso e a maneira de isso acontecer é colocar a Saki dentro do espelho.

 

Apesar de aquela cena com a terceira rapariga ser bem exagerada, pelo menos tira-se as dúvidas que o Harisugawa não troca com toda a gente que o tocar, apesar de isso é mais confirmação do que algo novo, com o que aconteceu neste capítulo, cada vez mais acredito no que disse na semana passada, a Saki conseguiu trocar com o Harisugawa porque ele agora formou um triângulo amoroso, sem saber se escolhe a Mao ou a Saki.

 

Uma cena que adorei foi a menção ao lado dentro do espelho e da gravidade, ou a falta dela, que permite a quem está lá dentro voar por ali à toa e para conseguir pensar sem ser interrompido. Sem dúvida era um lugar em que não me importava nada de passar uma hora, ou poder entrar quando quisesse.

 

Por fim, depois de tão pouco echi nos últimos capítulos, o final deste está recheado, com o Harisugawa a ir parar num harém. Agora que fui ver o recheado afinal é apenas uma página.

 

 

4ºHunter x Hunter:

 

Melhor do que na semana passada, mas na mesma cheio de regras, pelo menos desta vez o Togashi não levou um capítulo para explicar algo que tinha ficado minimamente explicado no capítulo anterior.

 

Sinceramente ainda bem que actualmente acompanho Hunter x Hunter semanalmente, não só pelo seguimento dos capítulos perfeitos, mas também porque estes últimos capítulos lidos seguidos tornam-se maçantes e extremamente cansativos de ler, já semanalmente não parece tão maçante. Achei a criação da Aluka genial, mas sem dúvida já está a começar a ficar aborrecido.

 

Sobre o capítulo, mais uma vez excelente, mas duas coisas a criticar, tanta regra para o Killua sair de casa, Togashi pode ser um génio no que diz respeito ao roteiro, mas de vez enquanto o seu perfeccionismo é tanto que leva ao ponto de criar tantas regras e que consegue prejudicar de certa forma a história, nem que seja tornando-la chata e aborrecida.

 

Além disso aquela regra de que depois que alguém falha aos pedidos da Aluka ela volta aos pedidos básicos, foi meio que uma facilidade de roteiro, com tantas regras e complicações, o principal, acabou por ser o mais fácil de conseguir.

 

 

3ºRookies:

 

Antes de mais que grande página, provavelmente até agora a melhor página do manga.

 

Finalmente, o primeiro jogo de basebol. Pode ser que finalmente aprenda as regras desse jogo, é que os mangas do Adachi podem ser a sua maioria sobre basebol, mas a verdade é que não ensinam as regras do jogo.

 

Mais um excelente capítulo, começando logo com o Kawatou a chegar a atrasado, mas também a finalmente aprender as regras do jogo e já vindo com uma equipa que até o capitão de equipa aprova.

 

Fora o facto do director me parecer ser o pai do Shinjo, neste capítulo fiquei com a ideia de que ele era membro da antiga equipa que chegou ao Koshien. O jogo está pronto para começar, com quase 50 capítulos estava mais que na hora.

 

Que comece o tão aguardado jogo.

 

 

2ºToriko:

 

Não sei o que dizer de Toriko, por um lado achei decepcionante, por outro genial. E não consigo bem decidir, apesar de obviamente estar mais inclinado para a genialidade do que para a decepção, como o segundo lugar o prova.

 

Explicando, obviamente é genial tudo ser decidido num jogo de cartas, por outro lado é decepcionante tudo ser decidido por um jogo de cartas, ainda para mais um jogo de cartas tão simples e chato como aquele.

 

Agora a história está claramente interessante, cada personagem a desempenhar a sua função, dando um grande destaque ao Coco, como já disse o Coco não é dos meus favoritos de Toriko, mas sem dúvida que já merecia um destaque na história.

 

De um lado um Coco que parece que não vai perder e do outro o vilão que está confiante das suas capacidades, lá ver quem saí vitorioso.

 

 

1ºBeelzebub:

 

Depois de um capítulo que voltava aos velhos tempos, mas que na tinha a certeza se era o melhor para o manga, neste já tenho certeza de uma coisa, neste momento estou a adorar ver o ar que fez de Beelzebub o meu segundo manga favorito da Jump de volta.

 

Até pode acabar por estragar algum plano de tornar Beelzebub com uma história mais séria, mas a confusão é o que levou Beelzebub ao sucesso e a confusão é a maior qualidade de Beelzebub, para quê tentar inventar um Universo próprio e tentar criar regras que mais tarde vão ser quebradas e estragar a história? Né Bleach e Naruto. O melhor mesmo é partir para a porrada e fazer a maior confusão possível, sem mais isso é Beelzebub e não é preciso mudar.

 

 

Apesar de a confusão do Oga ser o que me fez voltar, finalmente, a ficar empolgado com Beelzebub, a verdade é que nada, mas mesmo nada neste capítulo se comparada a no fim ver o Toujou a tirar uma soneca na escola dos demónios, como se nada fosse.

 

 

Ranking:

1ºBeelzebub
2ºToriko
3ºRookies
4ºHunter x Hunter
5ºHarisugawa
6ºReborn
7ºNisekoi
8ºBleach
9ºFairy Tail
Naruto
Gag Manga

publicado por Dark-Fenix às 17:28
Quarta-feira , 16 de Novembro DE 2011

Portugal e Campeonato Europeu 2012

 

Portugal ontem conseguiu-se apurar para o campeonato da Europa de Futebol e aí pensei: Será que existe alguma selecção que consegue emocionar tanto ao acompanhar o apuramento para o campeonato Europeu ou Mundial?

 

Por amor de Deus, Portugal começou tão mal, que as possibilidades de conseguir se apurar era bem complicada, depois de despedir o Carlos Queiros (já foi tarde), o Paulo Bento assume e a cada jogo o apuramento parece mais perto, até ao último jogo, onde só era preciso empatar e eles vão e perdem. Depois nos playoffs joga contra Bosnia, empata fora e em casa goleia por 6 a 2.

 

Mas apesar de goleada não quer dizer que não tenha assustado por duas vezes, antes de controlar de vez o jogo, já agora dois golos irregulares, um fora de jogo e um penalty mal assinalado. Num modo cómico, no primeiro golo da Bosnia, o Fábio Coentrão levanta as mãos para dar um penalty a favor dos bosnios, é claramente empurrado por um avançado da Bosnia, mas persistente como é e como queria meter o jogo empolgante consegue manter a mão no ar e acertar a bola.

 

Resumindo, Portugal não se contenta em ir ao apuramento, ficar em primeiro e ir para o Europeu ou o Mundial, têm de andar sempre na corda bamba, para dar espectaculo e deixar os portugueses em estado de nervos ao ver o jogo do tudo ou nada.

 

Ps: O post, "Opinião Semanal" atrasou, mas desta vez a culpa nem foi de todo minha, muitos mangas em falta, por exemplo Bakuman em inglês não deve demorar muito para sair o 156 em português o último que saiu foi o 153, Mágico, St&rs, Kurogane, sem One Piece, restam muito poucos, no caso 9, contando já com Nisekoi que vou ler depois de ler este post. De sair ainda hoje, mas não garanto nada.
Só avisando, não na próxima, mas na outra, é a semana de testes na Universidade, e como eu gosto de deixar tudo para o fim, agora acumula-se tudo, então as duas próximas semanas serão bem complicadas, mas depois disso é as férias e vou colocar o blog em dia.
publicado por Dark-Fenix às 15:55
Sábado , 12 de Novembro DE 2011

Top's Mangakas #3: Akira Toryama

 

Toryama é o segundo mangaka mais importante do mercado de mangas, perdendo apenas para o Deus do manga, Osamu Tesuka. Toryama criou a história que marcou praticamente todas as crianças da sua geração, das seguintes e diria até mesmo as anteriores, o manga mais popular do mundo, o que abriu as portas do mercado de animes e mangas ao resto do mundo e fez de Akira Toryama um ídolo para um montão de gente.

 

Toryama inspirou a maioria dos mangakas desta geração, como Oda ou Kishimoto, ou salvou a carreira de alguns como Tite Kubo, a maioria lhe segue os padrões, ou melhor os clichés, uns disfarçam melhor que outros, mas seja como for Toryama formou vários padrões que são usados hoje em dia, o padrão típico do shounen moderno.

 

 

Toryama criou dois grandes hits, um deles é conhecido por todos, Dragon Ball, o outro, criado antes de Dragon Ball e que depois acabou por injustamente lhe ficar na sombra, Dr. Slump. Os mangas são bastante parecidos, tem um clima de aventura, as únicas diferenças entre esses mangas são que Dragon Ball tem como protagonista um menino macaco numa jornada pelo mundo, enquanto Dr. Slump é uma menina robô na vila Pinguim num manga de casos semanais, claro que quando falo de parecenças falo entre Dr. Slump e Dragon Ball Clássico, o Z não tem nada a ver com o estilo de Toryama, o que é irónico já que foi o que o levou ao sucesso mundial.

 

Os mangas de Toryama não são as histórias com o melhor roteiro ou arte, mas Toryama dá aos seus mangas algo que nenhum outro mangaka conseguiria fazer se lhe entregassem Dr. Slump ou Dragon Ball, dá-lhes personalidade, algo bem parecido com o que Adachi faz com os seus mangas e com isso Toryama mesmo fazendo uma história simples consegue se tornar uma história genial, original e interessante.

 

Toryama tem uma arte bem simples, bem desenhada, mas muito fantasiosa, uma arte que combina perfeitamente com as suas histórias. Ele não é nenhum génio da arte, mas faz com que os cenários e os personagens tenham personalidade própria, resumindo o Sol e a Lua de Soul Eater até podem ter cara e sorrirem, mas os cenários dos mangas de Toryama é que parecem ter vida.

 

Dr. Slump:

 

Dr. Slump foi o primeiro grande sucesso de Toryama e um dos maiores sucessos da sua geração, tento o feito de sendo um manga de comédia chegado a ser o mais popular da revista, algo que o próprio Kinnikuman, conhecido como a melhor comédia da Jump não conseguiu, claro que Kinikuman teve de lidar com Hokuto no Ken e Dr. Slump não.

 

O manga conquistou-me logo nas suas cenas iniciais, com o professor a criar uma robô com falta de vista. Mas isso é só o princípio, porque ao longo das aventuras da Arale e dos seus amigos, além das invenções que não servem para nada do professor, mais a história se torna engraçada e consegue conquistar os leitores com a sua simplicidade, algo que por exemplo Mágico não consegue fazer tão naturalmente.

 

Dragon Ball:

 

No inicio Dragon Ball nada mais era do que um novo Dr. Slump, igualmente carismático e simples. Apesar de no final achar Dr. Slump bastante melhor do que Dragon Ball, a verdade é que a fase clássica de Dragon Ball é excelente, com um protagonista extremamente carismático, que mais tarde se viria a tornar no personagem mais carismático de sempre dos mangas ou o grand eUniverso que Toryama criou, fora o facto de que diferente de Dr. Slump, Dragon Ball é um manga de aventura e não de capítulos aleatórios.

 

Considerando apenas o Dragon Ball clássico, Dragon Ball é melhor do que Dr. Slump, porque é tudo o que Dr. Slump foi mas melhor, o grande problema é que Dragon Ball mudou para uma história de batalhas e depois disso só piorou, manteve a personalidade, o carisma e a popularidade, mas o roteiro se perdeu completamente depois do Freeza.

 

Por isso Dr. Slump > Dragon Ball. Mas acima de tudo Toryama o mestre do carisma, nenhum outro mangaka consegue tornar histórias tão simples e básicas como Dr. Slump ou Dragon Ball em obras tão carismáticas, exemplos disso são One Piece e Slam Dunk, os unicos mangas capazes de serem comparados com Dragon Ball no nível carisma, não o são apenas pelo carisma mais sim pela sua brilhante história e no caso de Slam Dunk também por causa da arte.

 

 

Além de Dr. Slump e Dragon Ball, Toryama criou vários outros mangas curtos, 1 volume a maioria, como Sandland, Cowa ou Neko Majin, ou histórias mais curtas como Escape (o one shot mais epico da história), Hyowtam, The Adventures of Tong Poo ou Dragon Boy (praticamente o capítulo piloto de Dragon Ball), entre outros. Todos esses mangas são exactamente iguais a Dr. Slump e Dragon Ball Clássico, simples e carismáticos, sem batalhas como Dragon Ball Z. Podem ler Sandland, Cowa e Dr. Slump pela Ohayo Scans e alguns outros one shots do Akira Toryama pela Hyuga Scanlator, pela OtakuScantrad podem acompanhar Dr. Slump desde o volume 8 e alguns one shots de Dragon Ball.

 

 

Por fim e só lembrando quando procurava imagens para o post, acima podem ver o personagem que Toryama criou para simbolizar ele próprio, aparece pela primeira vez em Dr. Slump, a não ser que tenha aparecido em algum one shot publicado antes, não tenho bem a certeza de em que capítulo, mas aparace de vez em quando, também chega a aparecer em Dragon Ball.

 

Extras:

Arale, protagonista de Dr. Slump

 

Goku, o protagonista mais carismático.

 

As miticas Dragon Balls.

 

Kamehameha, a técnica mais carismática.
publicado por Dark-Fenix às 19:40
Sexta-feira , 11 de Novembro DE 2011

Ranking da Semana # 49

 

Gensō! Kodai Seibutsu-shi Packy (Capa & Página Colorida, Nova Série, 32 pg.)
Naruto
Gintama
Toriko
Bakuman
Kuroko no Basket
Nisekoi (Color Page, 25 pg.)
Kurogane
Medaka Box
Reborn! (Color Page, Popularity Contest Results)
Sket Dance
Magico
Kochikame (Color Page)
Harisugawa in Mirror world
Bleach
Hunter x Hunter
Beelzebub
Inumarudashi
ST&RS
Nurarihyon no Mago

One Piece (On Break)

Issue #50:
Lead CP: Medaka Box (Anime Intro)
CP: Gensō! Kodai Seibutsu-shi Packy, Sket Dance, PSI Kusuo Saiki

Naruto (On Break)

 

Esta semana é a estreia do gag manga, difícil arranjar uma maneira simples de escrever o nome do manga, mas vou adoptar por agora Genso, tem apenas 32 páginas, o que comprova que dificilmente será um manga de 19 páginas semanais, de qualquer maneira ficar a dúvida se será rankeado como Grim ou a Jump pensa em fazer dele um manga regular, já que como tinha dito há umas semanas na Jump praticamente sempre teve dois gag mangas.

 

Com a ausência de One Piece, Naruto com caminho livre para o primeiro lugar, Gintama continua com bons rankeados, curioso a troca entre ele e Sket Dance, Toriko fecha o top3, numa altura em que não deve faltar muito para os capítulos do casino Gourmet começarem a contar. Bakuman continua com bons resultados numa má fase e Kuroko fecha o top5, espero que se mantenha aí e não volte logo para o bottom.

 

Kurogane bem rankeado, até ao momento a única coisa que isso quer dizer é que os leitores estão com um mente mais aberta aos novos mangas da Jump, já que à excepção de Ikkyu todos de lá para cá tiveram bons rankings iniciais. Medaka numa excelente fase de popularidade e segundo quem lê de qualidade. Sket Dance continua fraquinho, mas é normal, anormal é ter conseguido se manter tanto tempo no top5. Mágico e Harisugawa sobem, ainda bem, apesar de pouco significar já que no bottom à excepção de St&rs nenhum dos mangas será cancelado.

 

 

Afinal nada de anormal Nisekoi com página colorida no segundo capítulo, Reborn para minha surpresa teve página colorida com os resultados do concurso de popularidade, não sabia que tinham feito isso, curioso o facto que desde que acompanho mangas semanais já é a segunda vez que Reborn tem um concurso de popularidade, pelo contrário que me lembre One Piece já não tem um faz bastante tempo. Kochikame com aquela página de rotina que ganha bem frequentemente.

 

Bleach volta às posições que merece no bottom, agora é esperar para aparecer um novo personagem ou um novo ataque, sim porque como comprovado pela Rukia, só isso para aumentar a popularidade do manga, já que a qualidade continua fraca. Beelzebub continua fraco, mas vai voltar a subir quando o Oga invadir a escola, Inumuradashi claramente para ver se Genso pega, St&rs deu mais um passo para o cancelamento e se Mágico, Harisugawa ou Kurogane não descerem novamente, não há nada que faça St&rs se salvar. Nura Mago novamente em último.

 

Para a semana Medaka em destaque, apesar de que dificilmente ganhará capa a sós. Página colorida para o segundo capítulo de Genso, Sket Dance para comemorar os bons capítulos e para melhorar os resultados menos bons das últimas duas semanas e mais uma vez um one shot de PSi, me pergunto quantos one shots ainda serão precisos para o autor fechar um volume, já não deve faltar muito. Naruto estará ausente para a semana, pelo menos o Kishimoto foi mais inteligente do que o Oda como terminaram o capítulo antes da pausa.

 

 

Ranking Oricon:

 

01. One Piece #64 (2,018,366)
02. Naruto #58 (704,610)
03. Gintama #42 (202,976)
04. Toriko #17 (189,521)
05. To Love-Ru Darkness #3 (186,049)
06. Sket Dance #21 (106,693)
07. Saint☆Oniisan #7 (101,483 / 748,375)
08. Gate 7 #2 (98,914)
09. Minami-ke #9 (76,726)
10. Tajuu Jingaku Tantei Psycho #16 (68,762)
11. Tegami Bachi #13 (66,911)
12. Kure-nai #8 (56,228)
13. Sukidesu Suzuki-kun!! #13 (53,591 / 159,721)
14. Sonna Mirai wa Uso de Aru #2 (52,570)
15. Chotto Edo Made #6 (44,746)
16. Deadman Wonderland #11 (42,531 / 184,124)
17. Fairy Tail #29 (40,876 / 439,140)
18. Shinjuku Swan #29 (39,523)
19. Oyasumi Punpun #9 (38,964 / 81,734)
20. Toriko Gourmet Hunting Book (37,389)
21. Sengoku Tenseiki #12 (35,587)
22. Giant Killing #21 (31,139 / 258,659)
23. Minami-ke Limited Edition #7 (30,057)
24. Shinya Shokutatku #8 (29,188 / 61,841)
25. Psychometrer #2 (28,766)
26. Nichijou #7 (27,007 / 115,741)
27. One Piece #63 (26,782 / 3,040,000)
28. Sekirei #12 (26,241 / 120,493)
29. 360° Material #5 (25,363 / 90,134)
30. Ahiru no Sora #33 (24,710 / 266,547)

31. Tobaku Datenroku Kaiji Kazuya-hen #7 (24,278 / 49,670)
32. Reimei no Arcana #8 (24,147 / 75,589)
33. Kimi ni Todoke #14 (23,274 / 1,165,827)
34. Daiya no Ace #28 (20,895 / 212,555)
35. Master Keaton Complete Edition #4 (20,728 / 47,651)
36. Nana to Kaoru #7 (20,137 / 41,909)
37. Namida Usagi ~Seifuku no Kataomoi~ #8 (19,787 / 65,911)
38. Coppelion #12 (19,584)
39. Tora to Ookami #8 (19,359 / 71,450)
40. Last Inning #31 (18,890 / 36,147)
41. Futari Ecchi #51 (18,164 / 36,494)
42. GA -Geijutsu-ka Art Design Class- #4 (17,664 / 67,353)
43. Bleach #52 (17,506 / 559,891)
44. Uchi no Pochi no Iukoto Niwa #4 (17,427)
45. Ousama no Shitateya ~Salto Fineeto~ #32 (17,197)
46. Shinrei Tantei Yakumo #6 (16,768 / 83,531)
47. GTO Shonan 14 Days #8 (15,911 / 145,835)
48. Drifters #2 (15,728 / 246,552)
49. Chocola no Mahou ~evil essence~ (15,603)
50. 7 Nin no Shakespeare #5 (15,396 / 29,600)

Link: ANN 

 

Semana de estreias dos mangas da Jump, liderada por One Piece, que em 3 dias passou os 2 milhões, sinceramente estava em dúvida que se isso iria realmente acontecer, afinal One Piece claramente desceu de popularidade nesta saga, as Toc’s comprovam-no, mas o marketing à volta dos 4 milhões de cópias impressas ajudaram a vender.

 

Pode ser só impressão, mas me parece que Naruto vendeu mais neste mês, 700 mil em 3 dias, mais duas semanas e deve passar de 1 milhão, um tempo bastante curto comparado com outros volume, mas pode ser só impressão. Já Gintama pelo contrário vendeu bastante pouco, tanto que Toriko está perto de lhe ultrapassar nas vendas. To Love Ru a vender bastante e era esperado mais de Sket Dance.

 

Gate 7 a tornar-se num sucesso, também não é para menos já que a Clamp vende bastante. Tegami bachi claramente já passou pelo seu tempo de glória e agora vai vendendo mais ou menos. O especial, Toriko Gourmet Hunting Book a vender bem e como é habitual quando um novo volume de One Piece é posto à venda logo os anteriores começavam a vender novamente, estranhamente só aparece o 63 entre os 50 mais vendidos.

 

 

Temporada de Inverno:

 

Era para fazer um post apenas dedicado a isso como tenho feito nas temporadas anteriores, mas a verdade é que esta temporada está tão fraca que o post ficaria minúsculo, então vai aqui mesmo, só para dizer que comentei. Cliquem aqui para poder ver a imagem com todos os animes.

 

Resumindo vou ver New Prince of Tennis entre os animes que estreiam e mais nada. Sobre as Ovas se Gyo aparecer no site onde faço o download de todos os animes que vejo vou ver se não um dia eventualmente ainda irei ler o manga. Curioso acerca do filme de Samurai X e de Berserk, o problema dos filmes é que normalmente só saem uns 6 meses depois e o hype já passou. Pronto é isso acerca da temporada de Inverno.

 

Medaka e Kuroko devem sair na temporada de Abril.

Tags: , ,
publicado por Dark-Fenix às 11:21
Quarta-feira , 09 de Novembro DE 2011

Opinião Semanal #48

Antes de mais desculpem pelo atraso, novamente, mas é que só tive tempo de ler os mangas já no fim de Domingo, segunda como sempre é para esquecer e ontem foi para escrever isso tudo e hoje para revisar e editar no blog.

 

Excelente semana, não houve maus mangas, apenas algumas desilusões, por outro lado houve grandes surpresas, principalmente por parte de dois mangas. Adianto já que Hunter x Hunter finalmente saiu do primeiro lugar, resumindo finalmente acalmou, Beelzebub parece finalmente seguir um rumo, apesar de ainda não ter a certeza se isso é bom ou mau, os regressos de Rookies e Ao no Exorcist, sem Toriko, o que diga-se é uma pena em vez de dois poderiam ter sido 3 a disputar o primeiro lugar e como tinha comentado na semana passada Naruto vai virar uma espécie de Kochikame no ranking, independentemente de onde o colocar ele não conta, esta semana começo logo por ele, por causa da entrevista.

 

Naruto:

 

Esta semana não vou comentar o capítulo em si, mas sim uma entrevista que foi feita ao Kishimoto recentemente, mas antes disso dizer que no último capítulo, mais uma vez o Kishimoto dá mais um golpe para acabar com o Universo de Naruto, acabar com a técnica do Minato também já é demais. E sinceramente os 5 kages juntos dá uma excelente página dupla, mas a emoção não é muita, porque é que eles não se dividem e tomam conta de cada um dos inimigos, ou será que o Madara agora se tornou o único inimigo de todo o mundo ninja.

 

 

1ºEntrevistador: ...., então o que podemos esperar de Naruto este ano?
Kishimoto: Não posso falar da história de Naruto, mas prometo mais diversão durante a guerra.

 

Sendo irónico, diversão numa guerra só mesmo em Naruto. Agora a sério, a guerra está no fim, agora é a altura da fase séria e não a diversão, a diversão seria ver os personagens antigos, Neiji e companhia a lutar, ou os tão esperados Espadachins da Névoa, qualquer coisa que tenha sido mencionada ao longo da obra, mas agora já não é tempo de diversão, agora é a altura dos grandes entrarem em cena e de os pequenos saírem.

 

 

2ºEntrevistador: É verdade que você fez muitas mudanças no script inicial da guerra?
Kishimoto: A guerra não saiu como esperava, a Shonen Jump me recomendou para Naruto interagir mais na guerra, meu objectivo inicial era o de apresentar todas as vilas shinobis.

 

Este é o ponto principal da entrevista, obviamente pelo que Kishimoto disse a Shounen Jump intromete-se demasiado nos mangas da revista, e como comprovado em Naruto, na maioria das vezes mal, a sério me pergunto onde Naruto poderia ter chegado se a Jump tivesse deixado o Kishimoto seguisse a história como queria, talvez poderia ter dado errado, mas o mais certo é que a diferença entre One Piece e Naruto não fosse tão grande, algo do género Dragon Ball – Yu Yu Hakusho.

 

Pessoalmente percebo o porquê de a Jump fazer isso com vários mangakas novatos, mas com mangakas que estão lá há mais de 10 é bem estúpido, eu sinceramente não vejo algo assim com Oda ou Tite Kubo, Oda sabe bem como fazer uma história e Tite Kubo como estraga-la, não precisam de editores para eles fazerem o que sabem fazer melhor. Onde quero chegar é que Kishimoto sempre me pareceu dos 3 o que tem menos personalidade ou noutras palavras menos gene Ashirogi Muto (Bakuman).

 

Tipo One Piece e Bleach sempre foram bastante próprios, com as suas devidas diferenças, já Naruto segue o típico plano de como criar um hit e depois como estraga-lo, resumindo Kishimoto segue vivamente a Jump e vê-se nesta pergunta, mas ainda mais explicitamente 5. Acho que a Jump quis fazer de Naruto um novo Dragon Ball, em sua parte conseguiu, só lhe faltou o quase infinito carisma de Dragon Ball, porque de resto foi igual, Naruto clássico tão bom como Dragon Ball clássico, já a fase shippuden e a fase Z aos poucos e poucos vão acabando com os mangas e neste momento Naruto chegou ao estado critico Bubu, ou seja mais que tempo de terminar.

 

Como falei no comentário que o Higor passou o link da entrevista, não me admirava que o facto de Doble Arts tem enrolado ao ponto de ser cancelado fosse de algum editor da Jump, ou então que a ideia de uma pessoa que consegue chutar uma bola até à lua e derrotar 1000 futebolistas sozinho em Light Wing fosse alguma ideia exagerada de algum editor.

 

Mas isso é em qualquer empresa de topo, exemplos disso é no Wrestling com a WWE, onde um wrestler menos dotado fisicamente é o nome da companhia, John Cena, ou nas Televisões Norte-Americans e os seus canais públicos que censuram várias séries que poderiam ser muito melhores, mas por isso é que existem as revistas Seinen, a ROH ou a HBO.

 


3ºEntrevistador: O que pode nos falar sobre o 4º databook?
Kishimoto: Alguns fragmentos serão mostrados nas propagandas especiais da Shonen Jump, mas logo o 4º databook se tornará público.

 

Nada a dizer, nunca me interessei pelos databooks, principalmente porque nunca os vou ler em português mesmo.

 

 

4ºEntrevistador: Entre os novos personagens, quais são seus favoritos e quais os que tem mais projecção?
Kishimoto: Os irmãos Kin-Gin ainda tem muito a contribuir para a história, será explicado mais sobre o que aconteceu no tempo do Rikudo, e também sobre o passado de Konoha. Mu é um dos meus personagens favoritos, quando vocês verem do que ele é capaz, tenho certeza de que ele se tornará o personagem favorito de vocês também.


Mu para mim é apenas mais um Zumbi, nada mais, em mangas como Naruto é fácil um personagem se tornar carismático no primeiro quadro que aparece, mas não consigo ver carisma num zumbi, que por o ser já está condenado antes de aparecer na história, ainda para mais um zumbi nunca antes mencionado na história. O mesmo se aplica aos gémeos, e sinceramente espero que esse plano de eles voltarem a aparecer na história não saia da sua cabeça.

 

Não vou dizer que não estou interessado na história de Konoha, há muitas lacunas na batalha Madara vs Primeiro Hokage e também acerca do segundo, mas a verdade é que o manga, já se perdeu tanto, que prefiro nem ouvir mais cenas sem sentido. Já a parte do Rikudo é bem vinda, apesar de sinceramente prefiro continuar a pensar que ele é tipo um Deus no Universo de Naruto, então aplica-se o mesmo que a Konoha.

 


5ºEntrevistador: Fala-se sobre uma nova temporada de Naruto após a Shippuuden, o que pode nos revelar sobre isso? Será depois da guerra? Quem será o vilão?
Kishimoto: É certo que Naruto/Naruto Shippuuden está chegando ao final, mas não posso garantir que isso ocorrerá com o final da guerra. Tudo depende da gerência da Shonen Jump. Eu não posso falar muito sobre esses novos personagens dessa possível temporada. Só que alguns inimigos principais apareceram na temporada Shippuuden assim como a Akatsuki apareceu em Naruto e posteriormente se tornarão importantes na temporada Shippuuden.

 

Nãooooooooooooooooooooooooooo. Por amor de deus, mais uma saga não, o manga já se perdeu, o próprio Kishimoto já pôs as culpas na Jump e ainda diz que uma nova saga depende da Jump, é a mesma coisa que estar à beira do precipício e deixar nas mãos de outra pessoa a decisão se te empurra ou te salva. Obviamente que a salvação em Naruto é terminar depois da guerra, no máximo num arco para o pós guerra e despedidas.

 

Com o que o Kishimoto disse acima me parece que ele se vai tornar num daqueles mangakas de um manga só e eu a pensar que ele ainda podia ter juízo e depois de Naruto criar um manga de basebol ou outra coisa qualquer fora de Naruto. É que se Naruto parte para uma nova fase caí no risco de ser conhecido como o novo Sant Seya, apenas mais popular e menos mau.

 


6ºEntrevistador: Então é certo que entre esses novos personagens estão Rikudo, Yiunko e Ryudara?
Kishimoto: Pode ser que esses personagens apareçam na temporada Shipuuden, mas é algo que gostaria de falar. Surpresas estão por vir, porque o fim está próximo.

 

Como disse acima cada vez mais me parece que Naruto se vai tornar num novo Sant Seya, porque o manga já se perdeu e ainda quer partir para uma nova fase é mesmo para se atirar do precipício. E ainda estou sem saber quem são o Yiunko e o Ryudara.

 

Para concluir e passar ao que realmente importa, espero que isso seja fake, como já tenho lido em alguns comentários pela internet, porque se não Naruto está em muito más mãos, tanto da parte do kishimoto quanto da Jump, mas uma coisa é certa, mesmo essa entrevista sendo fake ou não, Naruto está na altura certa para terminar e ainda não se estragar de vez, algo bem parecido com Dragon Ball, agora é preciso é que termine depois desta saga.

 

 

14ºOne Piece:

 

Antes de comentar o capítulo, pelo que parece em Skypia criaram uma ilha em homenagem aos mugiwaras e a velha já está-se a aproveitar da situação.

 

O Hody está como o velho Tsushikage nunca mais morre, acaba de levar com os ataques mais poderosos do Luffy e continua a se levantar, vamos lá ver se desta é de vez. Continua o drama à volta de Noah e a destruição da ilha e por fim termina com a transformação do Chooper, que agora já consegue controlar.

 

 

Acredito que era algo esperado, mas o grande problema foi que este é o clímax da saga, além de que o capítulo antes da paragem de uma semana, então era esperado algo mais sério, e não o foco em coadjuvantes, mas isso também pode bem querer dizer que Poderes Mugiwaras > Hody vs Luffy, o que não faz qualquer sentido, já que o protagonista tem de ter maior destaque.

 

De qualquer forma o capítulo valeu pela aparição do Barba Branca no flashback, apesar de que nenhum pirata algum dia chegará perto do que Barba Branca foi e fez.

 

 

13ºBakuman:

 

Ninguém merece, que cena mais estúpida, continuam com PCP semanal e ao mesmo tempo com Reversi Mensal. Seria a mesma coisa que a Urakawa trabalhar com Gin no Saji semanal e Full Metal Alchemist mensal ao mesmo tempo. Ainda para mais como é que eles pensam em vencer o Eiji lutando com um manga mensal contra um semanal, sim isso acontece, Shingeki no Kyojin, Ao no Exorcist, Sant Young Men, Full Metal Alchemist, Nodaime Contabile, Kimi ni Todoke, Real, Vagabond, etc, há vários mas eles estão enfrentando o Akira Toryama da nova geração, o carisma em pessoa.

 

Agora aí claro, entra novamente o que tenho vindo a reclamar já faz tempo, facilidades, quando é para complicar as coisas para o lado do Ashirogi Muto, os autores complicam, criam histórias interessantes e que dão raiva de nunca se poder vir a lê-las, mas quando é preciso que Ashirogi Muto ganhem eles facilitam demais:

 

1ºAquele musico que quis se tornar mangaka, ele tinha talento (como mangaka), e era tipo o Justin Bieber Japonês, mas na altura da competição à séria ele vêm com um manga 100% gay, para uma revista shounen, nem o facto da sua enorme popularidade lhe ajudou.

 

2ºContra o Nanamine primeira ronda, eles com PCP, que diria mais fraco que Sket Dance mas bom o suficiente, contra um manga escolar padrão, igual a milhões de outros, que na Jump tem apenas um caminho o cancelamento precoce.

 

3ºSegunda ronda Nanamine, eles com PCP contra um one shot que nada tem a ver com a Jump, isto quando a empresa dele já tinha criado Luta de levantar as saias, que dificilmente não faria sucesso em qualquer revista shounen.

 

 

4ºAgora o confronto contra o Eiji, um mangaka com a popularidade mediana alta contra o novo Akira Toryama, obviamente que o Eiji teria de apresentar algo muito mau ou pelo menos decepcionante para perder a disputa e não é que foi que aconteceu, está certo ele bateu o recorde e daí? Como disse ele é o equivalente ao Akira Toryama da sua geração. Ao mesmo tempo o Ashirogi Muto vem com uma excelente história, que o único defeito que tem é a sua incrível parecença com Death Note, agora me pergunto Reversi ou Zombie Gun? Acho que a escolha é óbvia em qualquer deles é melhor.

 

Facilidades e mais facilidades e a história segue um caminho decepcionante, é incrível como o Ohba consegue criar dois mangas excelentes, Death Note e Bakuman e ao mesmo tempo os consegue estragar.

 

PS: Ainda não li o capítulo, mas já passei os olhos pela scan em inglês, então já sei que a situação mudou, mas de qualquer maneira tudo o que disse acima ainda se aplica, facilidades de roteiro, além de que já tinha escrito o texto antes de ver o capítulo em inglês.

 

 

12ºGin no Saji:

 

Para variar Gin no Saji separa os bons dos maus, mas ao contrário da semana passada e também ao contrário do que a sua posição possa sugerir foi um bom capítulo. Ainda não voltou aos bons capítulos finais do arco da Primavera, mas está no bom caminho.

 

O melhor momento do capítulo sem dúvida é o Hachiken a dar uma lição de moral à vaca. À espera do arco de Outono, já agora a Urakawa deveria se despachar porque o Outono está quase a terminar e essas histórias escolares fazem sentido se seguirem o calendário.

 

 

11ºSt&rs:

 

Capítulos bons, bastante foco na nova personagem, personagem monótona história monótona, mas mesmo assim dois bons capítulos, o que me surpreendeu.

 

Só tenho uma crítica a fazer, ela ter ficado no grupo do protagonista, sinceramente nem achei isso tão forçado, não é nada que outro manga da Jump não tenha já feito pelo menos uma vez, agora porque não aproveitar para dispersar de vez o grupo todo, o inteligente do grupo foi-se embora, mas a rapariga manteve-se, porque não tira-la também e trazer um novo personagem para a história? O manga está na altura para isso, apresentar novos personagens e bem estranho se tratar de uma escola e de alunos os leitores ao fim de 16 capítulos só terem sido apresentados a 8 alunos. Kurogane em 6 capítulos já tem praticamente o mesmo número de personagens apresentados.

 

De resto nova missão, nada de especial até ao momento, mas gostei de os autores se terem preocupado com o grau de gravidade.

 

 

10ºKurogane:

 

Realmente como o Diego comentou na semana passada o Kurogane não despertou o Sharigan. O capítulo foi mais real e se não fossem os outros capítulos até teria gostado bastante, afinal olhando só para este capítulo, o Kurogane parece que tem bons reflexos, apenas o seu corpo não o ajuda e isso não é assim tão irreal, agora ter olhos de lince e não conseguir segurar uma shinai isso já é exagero.

 

Por fim o Kurogane ganhou o lugar e agora lá ver o que irá fazer na competição, mas antes disso o treino. Bom capítulo e esperar pelos próximos para ver se será mais realista ou mais sharigan. Kurogane segue num caminho estável e está bem classificado nos primeiros capítulos, mesmo assim tem de melhorar.

 

 

9ºBeelzebub:

 

O que define este capítulo é: “A história mudou, mas será que foi para bem ou para mal?”

 

Ainda não tenho bem a certeza se realmente essa mudança fará bem ao manga, a verdade é que este capítulo fez lembrar os bons tempos quando para o Oga a única coisa que importava e era derrotar os adversários, não que isso tenha mudado muito na cabeça dele, mas a história mudou e isso acabou passando para segundo plano.

 

O problema é que agora tecnicamente Beelzebub está numa fase mais séria e não sei, mas começar com o protagonista derrotando todo o mundo sem deixar ninguém para os amigos não é a melhor cena a se fazer, que a aliança shinobi o diga a respeito do Naruto. De qualquer forma bom capítulo e agora é esperar para ver se essa mudança será o melhor ou o pior para o manga.

 

Pessoalmente gostei, mas ainda estou em dúvida acerca da qualidade.

 

 

8ºFairy Tail:

 

Fairy Tail é bastante parecido com Reborn, quando começa uma saga raramente desilude, mas quanto mais a saga se aproxima do final a desilusão começa a aumentar, sim porque se a última saga acabou teoricamente bem, não foi pela qualidade, mas sim pela surpresa.

 

Já agora vou já tocar nesse assunto, quando falo de falta de qualidade, na anterior saga falo mais precisamente no facto do Makarov não ter morrido e no capítulo desta semana tive certeza absoluta disso. Afinal esta semana o Makarov toca novamente no assunto do seu sucessor, agora me pergunto porquê que o autor não matou o personagem? A única desculpa que arranjo é para falar com o Makarov acerca do segredo da Fairy Tail, mas isso poderia ter sido resolvido com um flashback, mas dificilmente o Makarov vai ter outra oportunidade de morrer tão honrosamente, a lutar contra um dragão para proteger a sua guilda.

 

 

O capítulo em si focou-se em dois personagens, os dois dragon slayers da nova guilda nº1 de Fiore, o problema nem foi eles serem dragon slayers, mas sim o facto de serem novos dragon slayers do fogo e do aço, história super confusa e dificilmente terá uma explicação, afinal o Igneel dificilmente deve ter acolhido um novo aluno, mas deixar isso para ouvir a provável grande explicação do Mashima.

 

Fora o facto de que essa cena dos dragon slayers terem que ter gatos de estimação é bem estúpida, o Natsu e a Wendy tudo bem, o Gazell até se percebe, mas agora todos, não faz sentido. São esses os motivos de o capítulo não ter sido tão bom, mas mesmo assim está interessante o inicio, apesar de tudo ainda meio perdido.

 

De qualquer maneira a história continua interessante, apesar de parecer um pouco de Bleach, anda à deriva sem saber bem o seu futuro.

 

 

7ºMágico:

 

Sinceramente Mágico desiludiu bastante, foi um excelente momento e surpreendente quando a Enma disse que era a Echidna, mas o problema era as consequências desse acto, o que no capítulo 33 e 34 se veio a confirmar como um acto puramente fanservice. Digo isto porque nestes capítulos tivemos mais uma vez este arco a enrolar, com a aparição dos vampiros, que logo trataram de apagar as memórias de todos os presentes no estádio.

 

Não estou a criticar o facto de haver vampiros em Mágico e nem o facto de eles terem aparecido no torneio, mas sim o facto de a Enma ter gritado para todo o mundo ouvir que era a Echidna, mas não ter havido consequências, tipo uma espécie dos capítulos de Fairy Tail mas numa menor escala, e o facto dos vampiros no final não terem servido para nada a não ser para enrolar o arco.

 

 

Resumindo o autor parece o meu professor de Contabilidade, foca-se num assunto, falo sobre outra coisa, foge do assunto, divaga e no fim já não está a dizer nada que tenha a ver com Contabilidade. Isso é Mágico, começa com o foco no ritual que só se consegue ao ganhar o torneio dos casais, mas neste momento o torneio está quase em segundo plano, com Echidnas, vampiros, o irmão do Shion e tudo o mais que fizeram enrolar este arco, tudo é importante neste arco menos ganhar o torneio.

 

Quando um manga está no inicio é melhor se focar em um assunto por vez, por vários motivos, dos quais destaco os dois principais, não se perder e não entregar tocas as cartas trunfo logo de caras, os vampiros podiam ser apresentados num outro arco, este não precisava disso para estar interessante.

 

Agora Mágico continua interessante, mas tem que ganhar um rumo, porque ainda está no inicio, ainda não pode divagar igual a Bleach, One Piece, Naruto ou Fairy Tail.

 

 

6ºBleach:

 

Só tenho pena deste capítulo não ter feito as últimas 9 páginas iguais às 10 primeiras, foi algo bem parecido com aquele capítulo de Hunter x Hunter em que metade eram páginas pretas. Excelentes 10 primeiras páginas com o Tite Kubo finalmente a mostrar que sabe como escrever uma história. Já a parte final com a continuação da Riruka vs Rukia foi mais do mesmo desinteressante.

 

Enquanto lia o capítulo passavam duas coisas pela minha cabeça:

1ºNão queria ser eu a editar este capítulo, muitas falas e praticamente nenhum balão.

2ºFinalmente o Tite Kubo esmerou-se.

 

Agora sinceramente é pena a segunda parte do capítulo não estar ao nível do passado da gang dos Fullbringers e não foi apenas por ser um flashback, mas sim a maneira como Tite Kubo criou o passados deles, com histórias simples e teriam todos a ligação com o Ginjou. Realmente é uma pena a segunda metade do capítulo porque se não teria ficado mais perto do pódio ou até mesmo lá.

 

O Tsukishima e o outro não apareceram nas histórias, o que quer dizer que não estão assim tão ligados ao Ginjou, ainda espero que o Tsukishima seja mais forte que o Ginjou, porque o Ginjou é pior que o Hody como vilão.

 

PS: É tão raro elogiar Bleach e Tite Kubo que as palavras não saem naturalmente.

 

 

5ºReborn:

 

Já citei Reborn na parte de Fairy Tail e aqui volto a escrever o mesmo, Reborn e Fairy Tail são parecidos, começam bem, a meio da saga são mais ou menos e no fim dificilmente são bons. Dito isto Reborn ainda está no inicio de saga e ainda está interessante e sinceramente não vejo como a autora conseguirá estragar a saga, mas não sei porquê ela consegue arranjar sempre maneira.

 

Que o Tsuna é pior protagonista da história não tenho dúvida, mas é estúpido demais, até para ele, o que aconteceu na página 4, ele começa tendo mais um dos seus ataques e do nada passa para o modo overpower. E pior ele conseguiu derrotar o Luxus, o Byakuran e o Daemon, mas não consegue dar luta ao pai, está bem que o estado emocional é diferente, contra os vilões era a sério, contra o pai é mais um treino, mas mesmo assim.

 

 

Agora sobre a página acima, excelente página, só me pergunto é porque isto passou pelas mãos de um editor e mesmo assim não terem tirado aqueles dois rectângulos em baixo, com a perspectiva da escola, é que só atrapalham e também não tem o efeito que a autora queria passar. Já agora é muito estúpido a cena do pai do Tsuna a dizer que não era preciso se preocupar com escola que aquilo estava tudo com uma ilusão e que no final eles iriam restaurar tudo, está certo que em algum lugar tinham de lutar, mas não é como se a escola estivesse vazia ou se não soltasse algum bocado da escola e matasse quem passasse perto, mas é só um pormenor que poucos mangas shounen se preocupam.

 

Por fim o Hibari está do lado do Fon, não chega a ser surpreendente, pelo menos não com todo esse mistério que a autora fez à volta do Fon, agora é esperar para ver se ele terá outros guardiões e esses aí sim podem haver surpresas. De qualquer maneira é bom ver o Hibari contra o Tsuna. Ainda espero ver o homem do Ramen na equipa do Fon.

 

 

4ºHunter x Hunter:

 

Pela primeira vez desde que voltou do hiatu desiludiu, porque o capítulo praticamente foi enrolação, ou melhor explicar em detalhes o que já tinha sido explicado no capítulo anterior, nada de novo. E já agora em relação à eleição também continua tudo na mesma, com Parristan na liderança, mas dificilmente será ele a ganhar, normalmente quando chega um impasse tão grande numa eleição é melhor esperar por um terceiro, ainda para mais numa votação de 95%.

 

 

3ºRookies:

 

O regresso de Rookies e mantém a qualidade de sempre, continua com a contagem decrescente para o primeiro jogo do manga e com a equipa deles mais motivada do que nunca. Pensava que o manga só iria focar no Shinjo depois do primeiro jogo, mas pelos vistos será já agora.

 

Por falar no Shinjo fiquei com a impressão que ele é filho do director, será? Pronto é só, nunca há muito que falar acerca de Rookies.

 

 

2ºHarisugawa:

 

Excelente capítulo, sem dúvida o melhor capítulo de Harisugawa e o melhor da semana acerca dos mangas da Shounen Jump, nunca esperei que a história se tornasse tão boa, a sério, pensava que seria mais um daqueles echis fadados ao fracasso.

 

Principalmente por causa da limitação que a ideia original tinha, mas este capítulo mudou completamente isso e até nem foi completamente incoerente, já que o espelho é um espelho do amor e se o Harisugawa neste momento está em dilema entre elas as duas faz sentido elas as duas poderem trocar com ele e partilharem o segredo.

 

Agora esperar para ver como história se seguirá agora, pelo menos esse limite estúpido que a história criou já foi quebrado e isso sem dúvida dá mais possibilidades ao manga, de qualquer maneira o autor ainda terá de trabalhar muito porque mesmo tirado o limitador de ele só poder falar com a Mao, a verdade é que a história ainda é bem limitada ao espelho e não segue nenhum rumo propriamente dito, pelo menos até ao momento tem funcionado, mas não funcionará para sempre.

 

PS: Ainda não li Nisekoi, mas dificilmente irei torcer por Nisekoi em vez de Harisugawa, pena porque o Naoshi é um excelente mangaka.

 

 

1ºAo no Exorcist:

 

Esta certo que Ao no Exorcist actualmente está extremamente popular, mas a verdade é que popularidade nunca foi sinónimo de qualidade, e para mim Ao no Exorcist era isso um manga que chegou à graça popular mas que a qualidade era mediana, ou melhor ainda não tinha mostrado o potencial.

 

Quando abri o capítulo fiquei decepcionado, apenas 25 páginas, pelo segundo mês seguido o autor trás capítulos com poucas páginas, logo isso me desagradou, mas indo ler o capítulo, principalmente para não adiar mais uma semana o comentário no blog, e quando leio uma agradável surpresa, excelente capítulo.

 

 

É curioso ler o capítulo na mesma semana que saiu um capítulo de Bleach na mesma linha de pensamento, ou melhor de flashback, mas Ao no Exorcist acertou em tudo o que Bleach falhou, ou seja em colocar o flashback de uma forma que tornasse o capítulo excelente e não apenas metade dele.

 

Em Bleach teve-se o passado dos personagens, em Ao no Exorcist um desabafar do irmão do protagonista, esses são sempre bons momentos, quando um personagem solta toda a raiva que tem dentro e mesmo sendo bonzinho mostra que a inveja é um pecado que não atinge apenas os vilões.

 

Aquele ar meio que mal desenhado e cortado nas partes do flashback dão um ar mais realista ao flashback, afinal quando uma pessoa pensa, não se consegue ver tudo claramente como aconteceu, já agora isso também funcionou muito bem em Bleach. Já pelo contrário a última página do capítulo é completamente um rascunho, parece que foi entregue à presa, tendo dado tempo apenas para desenha-la dessa maneira.

 

 

Além desse flashback, o resto da história não ficou atrás, enquanto o personagem se debatia consigo próprio, o irmão, o amigo e o gato tentavam “lutar” contra o demónio. Sendo que o amigo despertou a Fénix que o pai tinha, momentos bons que ajudaram este capítulo a se tornar no melhor capítulo de Ao no Exorcist.

 

Agora é esperar que mantenha o nível e que o autor venha com mais páginas por mês, até porque é irónico ter trabalhado bem ao longo dos últimos anos e agora que Ao no Exorcist consegue alcançar o sucesso é que decidi se tornar um desleixado.

 

Ranking:

1ºAo no Exorcist 29
2ºHarisugawa 17
3ºRookies 42
4ºHunter x Hunter 323
5ºReborn 360
6ºBleach 471
7ºMágico 33-34
8ºFairy Tail 258
9ºBeelzebub 131
10ºKurogane 6
11ºSt&rs 15-16
12ºGin no Saji 18
13ºBakuman 153
14ºOne Piece 645
Naruto 562

publicado por Dark-Fenix às 15:01
Sábado , 05 de Novembro DE 2011

Vagabond pode voltar ainda este ano

 

Ao passar hoje pelo site JBox, me deparei como uma das melhores notícias do ano, Vagabond está perto de retornar, Inoue já está a trabalhar novamente no manga e desta vez para concluir de vez o manga, que já está a ser adiado há demasiado tempo, a principio era para ter sido concluído no final de 2008.

 

O manga deve voltar no final deste ano ou no inicio do próximo, ainda não está nada oficializado quando será o retorno de Vagabond a Morning, revista onde é publicado. O motivo do Hiatu deveu-se a dois factores, uma doença de Takehiko Inoue, mas nada muito grave e a segunda, a principal, a falta de motivação do autor pelo manga.

 

Vagabond está longe de ser o melhor manga de Inoue, mas sem dúvida alguma é o manga mais bem desenhado de sempre, Inoue é o Deus do Traço e mostra claramente isso em Vagabond, onde cada página é arte, o manga que vale apena ler nem que seja pela arte. Neste post podem ver uma reportagem da carreira de Inoue.

 

Inoue além de Vagabond criou Slam Dunk, um dos mangas de maior sucesso de sempre, o mais vendido (média por volume) e sem dúvida o manga preferido da maioria dos japoneses. E Real, o melhor manga de Inoue, e um dos seinens mais realistas que já foram criados.

publicado por Dark-Fenix às 21:39

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
18
20
21
23
24
25
27
28
29
30

posts recentes

últ. comentários

  • Karigurashi No Arrietty.
  • O Dark conheceu a vida na faculdade, o League of L...
  • Você escreve bem.Uma pergunta, de qual animação ja...
  • ALL FREE ANIME FOR YOU at http://www.anime4you.com...
  • Também estão disponíveis à venda nas lojas FNAC, B...
  • A Devir começou a traduzir mangás em português. Es...
  • Tb acho que o telefonema de walt a skyler não tem ...
  • Aceitas parceria? Já adicionei o teu banner. O lin...
  • Bom dia,vi que seu site oferece arquivos para baix...
  • Me pergunto se o Dark passa alguma vez por aqui ne...

mais comentados

Tags