Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dark-Fenix

Dark-Fenix

23
Jul10

Actualidade Desportiva 23/07/2010

Dark-Fenix

Muricy Ramalho é o selecionador do Brasil:

 

Muricy Ramalho é o sucessor de Dunga no comando técnico da seleção brasileira. O treinador, de 54 anos, tem contrato com o Fluminense até ao final do ano e já chegou a acordo com a Confederação Brasileira de Futebol.

 

Esta sexta-feira o diretor de comunicação da CBF Ricardo Paiva confirmou o acordo com Muricy Ramalho que  terá nas mãos a tarefa de renovar o Escrete com vista ao Mundial'2014 que se realizará precisamente no Brasil.

 

Depois do falhanço de Dunga na África do Sul que a CBF procurava um sucessor para comandar a seleção canarinha e os nomes de Lui Felipe Scolari e Mano Menezes chegaram a ser os nomes mais fortes.

 

A carreira de Muricy Ramalho começou quando Telê Santana o convidou para seu adjunto no São Paulo em 1994. Depois passou ainda, entre outros, por emblemas como o Fluminense, o Internacional ou o Palmeiras.

 

Entretanto a direção do Fluminense já se reuniu com Muricy Ramalho e está criado um braço de ferro entre o tricolor e a CBF.

 

"A posição oficial do Fluminense tem que ser dada. O Muricy vai continuar no clube e cumprir o contrato como deve ser. Pessoas do nível dele são necessárias no futebol", disse Roberto Horcados, presidente do Fluminense.

 

 

Ronaldo: «O corpo pede-me para parar»

Ronaldo admitiu, em declarações feitas esta sexta-feira, aquilo que muitos dos seus seguidores mais temiam: o fim de carreira está próximo. Segundo o brasileiro, o corpo já não é o mesmo e tem já certas limitações. "Estou velho e o meu corpo pede-me para parar", revelou o jogador, que não joga pelo seu clube, o Corinthians, desde 9 de maio.

 

As recentes (e constantes) lesões do Fenómeno vêm reforçar este facto. O corpo do brasileiro demora já muito mais tempo a recuperar de simples mazelas do que em qualquer outra altura da sua carreira. A isto junta-se o tema recorrente do peso. Ronaldo tem excesso de peso desde que chegou ao clube brasileiro, tendo feito já vários tratamentos para tentar retirar gordura do seu corpo.

 

O avançado até parece já ter definido um prazo para as pessoas o verem em ação: até dezembro deste ano. O jogador revela que nessa altura dirá, muito provavelmente, o adeus definitivo aos relvados.

 

 

Italianos "colocam" Forlán no Inter

A "Gazzetta dello Sport" desta quinta-feira dá grande destaque à possibilidade de Diego Forlán ingressar no Inter. As exibições de qualidade protagonizadas pelo avançado uruguaio podem fazer com que o jogador abandone o Atético Madrid.

 

O uruguaio foi determinante na época passada na conquista da Liga Europa oelos colchoneros, bem como na conquista do 4.º lugar da sua seleção no Mundial de 2010.

 

Segundo o diário italiano, a boa temporada protagonizada pelo avançado de 31 anos, concluída com a conquista da Bota de Ouro no Mundial, não passou despercebida aos responsáveis do Inter.

 

 

Honda pode rumar a Milão

Keisuke Honda, médio japonês de 24 anos, pode estar a caminho do Milan, segundo notícia avançada pela imprensa russa.

 

O clube do jogador, o CSKA Moscovo admitiu ter recebido uma proposta dos italianos a rondar os 13 milhões de euros, um pouco aquém do pretendido pelos moscovitas, que pedem 15 milhões pelo passe do internacional japonês.

 

Honda estreou-se este ano no campeonato russo, proveniente dos holandeses do VVV Venlo, mas foram as exibições do médio ao serviço da seleção japonesa no Mundial'2010 que parecem ter convencido de vez os reponsáveis italianos.

 

 

"Factos graves" no inquérito a Queiroz

Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto, confirmou ter remetido para a Federação Portuguesa de Futebol os conteúdos de um inquérito, conduzido pelo Instituto do Desporto de Portugal, visando carlos Queiroz.

 

"Está na Federação para ser avaliado. Os factos que foram apurados no inquérito obrigam a que a Federação sobre eles pondere. Se não fossem factos graves não tinha havido um inquérito ou teria sido arquivado", disse à Renascença.

 

O secretário de Estado do Desporto está certo que a a Federação fará "uma boa apreciação" tanto mais que  já deu suficientes provas de ser capaz, organiza e séria na abordagens dos casos".

 

Contador pode entrar em grupo restrito

Depois do triunfo de Mark Cavendish na 18.º etapa, o Tour vai conhecer amanhã uma tirada decisiva no que diz respeito à definição do vencedor da geral.

 

Alberto Contador, campeão em 2007 e 2009, lidera com 8 segundos de vantagem sobre Andy Schleck e é o favorito a conquistar novamente a prova. O que, a acontecer, poderá ser a primeira vez que o faz sem conquistar qualquer etapa.

 

Com efeito, o ciclista espanhol, caso não vença nenhuma das próximas duas etapas, torna-se apenas o sexto corredor desde 1947 (ano em que a prova retomou, após a 2.ª Guerra Mundial) a levar o troféu sem conquistar uma etapa.

 

Antes dele, apenas o francês Roger Walkowiak (1956), o italiano Gastone Nencini (1960), o francês Lucien Aimar (1966), o norte-americano Greg LeMond (1990) e o espanhol Oscar Pereiro (2006) protagonizaram tal feito.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub