Opinião Semanal #21&22: Nisekoi e Gin no Saji

 

9ºNisekoi 15-17:

 

Um bom exemplo de quando é melhor deixar alguns capítulos acumular e ler tudo junto, individualmente iria elogiar mais do que criticar, mas ao juntar os 3 capítulos, todas criticas meio que já não são críticas, porque acabam por ser resolvidas no capítulo seguinte. Indo por parte.

 

No capítulo 15 a chegada de um novo personagem, logo quando ele aparece, já o detesto, basicamente o mesmo que critiquei Reborn, todos os mangas tem de ter um personagem travesti, mas pior que isso é a sua personalidade, estereotipo perfeito do que é um personagem irritante. Este era dos 3, o único que iria ter mais críticas que elogios, até porque o único elogio que tenho a dizer é que finalmente o Raku tomou coragem e virou homem.

 

 

Já não me lembro bem em qual capítulo 15 ou 16, mas surgiu ali aquela pequena dúvida da/do Tsugumi ser o garoto da lenda da Kirisaki, algo que também ajudou a guardar o segredo dela na verdade ser uma garota, algo que é usado como cliffhanger do capítulo 16. Não vou dizer que já sabia, mas houve uma fala que pela tradução para português deu a entender isso, tanto é que o tradutor colocou uma nota no capítulo 17, fora que algumas dicas estavam lá, só que por ler depressa nem dei importância, mas sem dúvida ela ser uma garota não me surpreendeu assim tanto, até porque não é a primeira vez que isso é usado num manga. De qualquer maneira gostei da mudança, porque como disse o personagem como foi apresentado no capítulo anterior é a perfeição de como criar um personagem irritante.

 

Por fim o capítulo 17, de longe o melhor e que acaba com as minhas dúvidas sobre os dois anteriores, algum echi, melhor do que Pajama e não tão exagerado e um bom final com bons momentos, principalmente naqueles pequenos flashbacks da Tsugumi. No geral um bom arco e surpreendentemente não sendo tão repetitivo quanto os 4/5 primeiros capítulos do manga.

 

PS: Quem é que é o homem que está a ser perseguido por outro homem, caem dentro de água, em pleno Junho, tem medo de se constipar, e pior medo do seu perseguidor se constipar e o vai ajudar a tirar a roupa? Ok, no final era uma garota, mas ele não sabia disso.

 

 

8ºGin no Saji 32-36:

 

Inicio de arco em manga escolar é sempre assim, lento, principalmente em Gin no Saji onde os arcos são Estações do Ano. E Gin no Saji já mostrou isso nos dois arcos anteriores, com indo aos poucos crescendo para culminar num final do arco excelente.

 

Começou o Outono e com ele veio o segredo entre a Mikage e o Komaba, no qual o Hachiken não poderia deixar de ser meter, criando vários segredos diabólicos na mente, mas que no final não deve passar de um mal entendido. Além do segredo, o arco tem como principal destaque o Hachiken ter virado vice-presidente do clube equestre e achado um cão.

 

Mesmo a um ritmo lento, Gin no Saji continua sendo um excelente manga do género e esperar pelo final do arco para ver mais uma ideia maluca da escola Yezo virando um excelente plot, por agora é aproveitar os bons capítulos, que sempre trazem ideias boas.

 

 

Para concluir, o ano passado cheguei a comentar sobre o manga Taishou, mas este ano deixei de lado, não por não me ter chamado a atenção, mas sim pelo mesmo motivo de tantos outros posts que não comentei, falta de tempo. De qualquer maneira, no capítulo 36 vem uma menção ao prémio e aproveitei para comentar aqui, é um dos prémios mais respeitados actualmente no que diz respeito a mangas, apesar de ainda ser novo, umas 5 ou 6 edições apenas.

 

Gin no Saji ganhou este ano, é importante para o manga, que apesar de ser excelente, sempre foi comparado com Full Metal Alchemist, e claramente está longe do mesmo nível, além do facto de estar longe do que os fãs de Full Metal gostariam que fosse o manga semanal da Arakawa. Dentro das opções não seria a minha escolha, mas como disse não deixa de ser merecido, para um manga excelente, mas que ganha muito pelo currículo da autora.

publicado por Dark-Fenix às 22:50