Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dark-Fenix

Dark-Fenix

28
Mar12

Opinião Semanal #16&17

Dark-Fenix

 

Post super atrasado, que se não fosse já de duas semanas deixaria tudo acumular para a próxima, mas 3 semanas no mesmo post seria demais, então aí está, mesmo que esteja longe de ser como gostaria, principalmente no que diz respeito aos 6 primeiros, já que tive de faze-los hoje e não estou minimamente inspirado para escrever.

 

Entrada de dois novos mangas, Gantz e Vagabond, que acabaram perdendo a importância com este post fraco, até porque estão entre os 6 primeiros. A parte de Vagabond não tem qualquer spoiler, até porque o capítulo de retorno foi mais para mostrar a arte de Takehiko Inoue do que para adiantar a história de Vagabond, então para quem ainda duvida das capacidades artísticas do Inoue, o capítulo 301 foi um prato cheio de páginas épicas.

 

Qualquer coisa que tenho ficado por responder e que queiram a minha opinião comentem.

 

Já me esquecia, ainda não li One Piece, Naruto ou Bleach desta semana.

 

 

14ºFairy Tail 275/276:

 

O 275 até nem foi mau, tem aquele clima de companheirismo que era o foco inicial de Fairy Tail, com toda a guilda festejando, mesmo que seja pela derrota. Mas o 276 é ridiculo, quando penso que não é possível haver algo pior do que terminar a provável melhor luta do torneio daquele brilhante maneira, não é que o Mashima consegue mais uma vez se superar.

 

Já se sabia que o Natsu tinha problema com transportes, mas a sério que o Gazel, o Luxus e os outros dois da Sabertooth também? Mas pior que esse plot estúpido, é o Mashima simplesmente ter jogado mais um round fora por uma piada sem graça. E pior ainda que brilhante maneira de colocar todo o estádio a torcer pela Fairy Tail.

 

 

Realmente Fairy Tail não tem solução e sinceramente espero realmente que não demore muito para alguém invadir o torneio, porque nem o próprio torneio está a ser bom.

 

Para concluir, Fairy Tail está tão mal que nem para abrir uma brecha para Naruto lhe tirar o último lugar.

 

 

13ºNaruto 578/579:

 

Vi vários comentários bons ao 578, parece que a maioria está a gostar dessa incoerência toda, com a Tsunade do nada passando da mais fraca dos 5 kages, para a mais forte, eu pessoalmente acho ridículo isso, porque o Kishimoto sempre deixou claro que entre ela, o Jiraya e o Orochimaru, ela era a mais fraca, mas agora ela parece mais forte que eles os dois juntos.

 

Mas pior que a Tsunade é o Madara overpower, que não gostou da ideia de ficar em desvantagem de 5 para 1, então cria 25 clones e deixa os kages em desvantagem, enquanto ele apenas fica olhando. Só espero mesmo que seja o Itachi controlando o Kabuto que vença o Madara, porque não há lógica alguma nos kages ganharem dele, ou melhor, pelo menos não deveria.

 

 

Antes de passar para o lado do Itachi, quando comecei a ler o capítulo 578, não gostei nada daquele imagem inicial, tudo muito acriançado, mas sinceramente foi de longe o melhor do capítulo, pelo menos foi diferente da mesmice, pena que mais uma vez o Kishimoto promete e não cumpre, afinal nem nesse nem no capítulo seguinte aparece o lado do Naruto, que incrivelmente é o único pelo qual tenho o mínimo interesse.

 

Incrivelmente porque nunca gostei do Naruto, pelo contrário os Uchihas na fase clássica eram os meus personagens favoritos, principalmente o Itachi e o Sasuke, obviamente que isso mudou desde a primeira aparição do Sasuke na segunda fase, já o Itachi nunca tinha desiludido, mas agora tudo parece anti-natural, fora do padrão, forçado, seja a palavra que usarem, toda aquela cena entre o Itachi, Sasuke e Kabuto parece uma cena excelente representada por maus actores.

 

 

Mas confesso que gostei de ver o modo senin do Kabuto, apesar de todas as loucuras e incoerências daquela cena, gostei, mas sinceramente não acredito que saía algo bom daí.

 

Só me resta esperar para que todos esses assuntos secundários sejam resolvidos e que volte ao Naruto, que repito, incrivelmente tem sido os melhores momentos do manga nos últimos capítulos.

 

 

12ºReborn 377/378:

 

Antes de mais, excelente página colorida.

 

Sobre os capítulos, quando a Amano se foca nesses capítulos Normal Days, mesmo que no meio das lutas nunca saí nada de geito, porque normalmente aparecem esses personagens irritantes e tanto personagem irritante junto nunca dá bom resultado. A começar pelo Tsuna, passando pela sua amiga, a Chrono que mesmo à beira da morte quer entrar para a equipa, e todos os outros.

 

Dito isto obviamente não gostei do 377, mas como disse isso é normal em Reborn, então meio que já se está habituado, o real problema do 377 e metade do 378 foi esse ataque surpresa da Vindice às outras equipas, obviamente que isso é uma boa estratégia, mas num manga, onde várias vezes escolhem a opção mais burra, preferia que mantivessem as lutas apenas durante a batalha, ficaria muito mais interessante e melhor.

 

 

As grandes histórias fazem-se de pormenores, pequenas escolhas e mudanças constantes a longo prazo, não de um momento para o outro dizer que tudo mudou, isso viu-se com a Kyubi em Naruto, com a sua mudança de atitude sendo bastante forçada, mas mesmo a Kyubi sendo forçado, nada muda essa cena em Reborn, porque a sério o Tsuna está igual ao que era no inicio do manga.

 

Vou dar o exemplo de dois mangas, Hikaru no Go e Eyeshild21. Hikaru no Go até hoje é um manga que eu considero como a obra prima do Obata, com a melhor evolução de personagem já feita num manga shounen, pelo menos entre os que tenha lido, porque ele sim foi crescendo com o tempo, mudanças tão pequenas que nem se notava, mas quando se olhava 50 capítulos atrás, elas estavam lá, ele estava maior, o cabelo estava diferente, entre outras coisas.

 

 

Já Eyeshild21, apesar de todos os seus defeitos da segunda metade para o fim, a verdade é que é provavelmente o manga com personagens mais carismáticos por metro quadrado, mas não é exactamente disso que quero falar, mas sim do seu personagem principal, que quando comecei a ler pensei para mim mesmo, oh não, outro Tsuna, e era, mas com o passar do tempo ele mudou ele não era apenas um personagem irritante igual ao Tsuna, ele era o Sena, o runningback mais rápido do Japão.

 

Tudo isto para dizer, sim o capítulo seria excelente, mas para isso, a AMano precisava ter trabalhado o Tsuna desde o primeiro capítulo, evoluindo aos poucos e não agora tentar mudar tudo de um dia para o outro.

 

 

11ºNisekoi  14:

 

Odeio quando um autor faz uma cena dessas, dá um destaque gigantesco para uma cena e no final acaba estragando tudo, em Nisekoi não foi diferente, irritou bastante, mas também era esperado já que em 14 capítulos os protagonistas confessarem o seu amor um pelo outro era um recorde. O problema é que metade do capítulo foi a apanhar os destroços dessa cena, com os tais momentos vergonhosos como a situação o exige.

 

Já a outra metade foi boa, com um bom exemplo do que disse acima, na parte de Reborn, uma boa história vê-se pelos pormenores, como quando a Kirisaki devolveu o colar arranjado ao Raku, momentos assim tem tanto ou mais significado como se ela simplesmente lhe beijasse.

Já sobre o fim, com o Claude, sinceramente está-me a parecer que vai se rum plot que não vou gostar minimamente, mas esperar para ver.

 

 

10ºMágico 50:

 

É uma pena o 51 não ter saído entretanto, já que o 50 e 51 são um mini-arco para fechar o arco do torneio. Foi um capítulo bom, mas como disse é apenas a primeira parte, a qual apenas apresenta o “vilão”.

 

Basicamente só estou à espera mesmo é do 52, para ultrapassar este arco que podia ter sido mais pequeno e melhor.

 

 

9ºKurogane 25:

 

Bom capítulo, que introduz o duelo de Ouka contra Jourai, como era de esperar o autor seguiu pelo caminho mais complicado e coloca o melhor kendoka de Ouka contra o pior de Jourai, enquanto o Kurogane e o Ebana vão armar confusões com os novatos de ouro de Jourai.

 

Lá ver como será esse duelo, mas espero realmente que o placar no final seja 2x1, independente de quem será o derrotado, Ebana ou Kurogane, 3x0 seria meio exagero, para uma equipa novata que nunca chegou longe num torneio escolar, já agora uma derrota para o lado de Ouka também não seria mal, abria uma boa porta para quando o torneio a sério começar, seria como uma meta a ultrapassar para o Ebana e o Kurogane.

 

Intencional ou não por parte do autor, aquele treino do Kurogane com a folha fez-me lembrar de Hajime no Ippo.

 

 

8ºBleach 485:

 

Começando pelo que não gostei, ao ler este capítulo me apercebi o porquê de não gostar do humor de Bleach e é simples, principalmente se comparar-se com One Piece. Basicamente o problema nem é o humor de Bleach, mas sim o facto de isso ser algo raro nos 200 capítulos anteriores, tudo por causa de uma saga gigantesca, e agora o Kubo vem como se sempre tivesse mantido esse espírito e esse humor, mas não eu por exemplo só me lembro desse humor com relação à Rukia e ao Gon e lá no inicio do manga, onde vi o anime em maratona, depois disso ao acompanhar semanalmente nada de humor, apenas lutas e enrolação, agora quando o Kubo volta, tudo parece forçado, nada natural e sem Kon e Rukia nem consigo gostar disso.

 

Por outro lado em One Piece, sempre houve muito humor, às vezes até demais, por isso é fácil que aqueles piadas sem graça dos mugiwaras e algumas situações caricatas façam rir, mesmo sem ter piada alguma, é algo que foi trabalhado durante todos os mais de 600 capítulos de One Piece, até mesmo durante a saga de Marienford, onde já não haviam mugiwaras, mas haviam os okamas, o Buggy, o Jinbei e até mesmo o Crocodile, humor não faltou na saga mais séria do manga.

 

 

Mas esta parte é sobre Bleach e está na hora de falar dos pontos positivos, que apesar de tudo nem são assim tantos, mas que podem vir a ser no futuro. Lentamente o manga vai começando a ficar interessante, lentamente, mas vai, neste capítulo Tite Kubo se foca em mostrar que eles não estão apenas a blefar sobre o seu poder, já que capturaram um dos espadas mais poderosos, a Halibel, gostei da escolha porque não é apenas um fraco, mas também não exageram capturando o Stark.

 

E por fim, não podia deixar de ser a Nel, voltou ao melhor estilo caindo do céu cheia de ranho e a chorar por tudo o que é lado. O problema do Tite Kubo sempre foi essas grandes ausências, desde que acompanho o manga semanalmente a Nel nunca tinha aparecido e isso faz com que apesar de ter gostado não me faça adorar, mas lá ver o que será dessa aparição.

 

 

7ºBakuman 171/172:

 

Forçado ou não? Tudo se resume a isso, primeiro os argumentos a favor e contra e no final a minha escolha, até porque neste momento ainda estou meio indeciso, apesar de obviamente estar mais inclinado para um lado.

 

O capítulo 171 foi um prato cheio de argumentos contra a vitória da Miho, com os autores mostrando como seria complicado ela ganhar, chegando mesmo à conclusão que seria impossível e não é para menos, afinal criaram um mini-arco anterior apenas para complicar essa história, algo que acho que é o problema deste arco e motivo dos capítulos não estarem melhores rankeados. Tudo muito complicado até ao final do 171, quando…

 

A Miho vai fazer a audição e não leva guião, nesse momento pensei para mim mesmo, se pudesse votar ela teria o meu voto, não por ser a protagonista, não por ter gostado da historiazinha dela com o Mashiro, mas sim porque eu votaria em qualquer pessoa que fosse fazer uma audição e não levasse o guião, obviamente se fizesse uma boa actuação. Mas mesmo com esse ponto a seu favor, ainda achava completamente impossível ela ganhar.

 

 

No 172, a conclusão, metade do capítulo com a apresentação dela, numa daquelas cenas que ficam excelentes em anime, mas que no manga são muito difíceis de fazer, apesar de alguns mangakas já o terem conseguido fazer melhor do que seria no anime, claro que não estou a falar de Bakuman.

 

O mais forçado de tudo foi aquele erro, está certo que foi um dos pontos que a levou a ganhar menos forçadamente, mas mesmo assim, meio desnecessário os próprios japoneses se perderem com a sua própria escrita, o que só vem mostrar como o japonês é complicado que nem mesmo eles entendem.

 

Por fim, o resultado final, uma vitória esmagadora por parte da Miho, entre os mais de 240 mil que votaram, é estranho, mas é esse pormenor dos mais de 240 mil que me levam aos veredicto final, a vitória da Miho não foi forçada, sendo que a esmagadora maioria de quem votou foram aquelas mães de casa que ficaram emocionadas com linda história de amor entre o Mashiro e a Miho, juntando a isso os que votaram pela qualidade, é compreensível ela ter ganho, na verdade pensando dessa maneira acho que era impossível ela não ter ganho.

 

 

Mas, há sempre um mas, o resultado foi forçado, ou seja, essa esmagadora maioria foi completamente forçada, apesar de passar na televisão e tudo mais os otakus e os fãs das outras seyus não podem ser menosprezados, o que foram naquele gráfico, apesar de que vendo bem, o gráfico foi bem exagerado, já que nos números diz que foram 102 mil votos para a Miho.

 

Agora fica a questão e o final do manga, mas logo deixo para comentar para a semana, já que o próximo capítulo deve trazer alguma informação se vão seguir já para o final ou vão preferir enrolar ainda mais.

 

 

6ºToriko 180:

 

Um bom capítulo, bem na média de Toriko, mas só isso. Teve várias ideias boas, mas faltou alguma coisa, mas esperar pelo próximo capítulo.

 

 

5ºBeelzebub 148/149:

 

Dois bons capítulos, que me tiraram os receios que tinha, a nova bebé funcionou bem na trama e juntando ao Beel e à Futaba deve dar bons momentos ao longo do arco, já o líder da gang não gostei tanto, mas funcionou bem com o Oga e a Kuineda e se bem trabalhado pode vir a ser um bom personagem.

 

O Furuishi como sempre o melhor de Beelzebub.

 

 

4ºOne Piece 660/661:

 

Dois capítulos se focando no Law, o que é sempre bom, só espero que o Oda não o use como vilão do arco, por tudo o que o Law já fez e pelo modo overpower que mostrou nestes capítulos não merece ser já arrumado pelo Luffy. De qualquer forma ainda não foram explicadas as reais intenções do Law, então ainda é possível haver algumas surpresas sobre quem é realmente o inimigo.

 

 

3ºHunter x Hunter 340:

 

Contrariando o que tinha pensado, parece que afinal o Togashi quer exagerar geral e ir para um Mundo maior ainda que o Novo Mundo e o Mundo Gourmet, curioso sobre como o Togashi irá colocar no papel a ideia mais exagerada e brilhante já criada.

 

Surpresa parece que mesmo tendo dedicado a vida para a meditação e a força, Netero ainda teve tempo para ter um filho, um homem tão parecido com o pai, que consegue convencer um grupo de hunters a ir para esse lugar, onde foi aberta a Caixa de Pandora.

 

 

O Gin e o Parriston já vão para lá, o Gon deve de ir também e com essa oportunidade em aberto aposto que o Gensei Ryodan não vai deixar passar de lado e com isso o Kurapika vai atrás, ficando apenas a única dúvida se o Killua e o Leorio vão juntos. Quem sabe o Jairo não decidi ir atrás da terra dos seus antepassados.

 

Por fim, é esperar que o Togashi não demore muito com o hiatu, mas que quando voltar volte no mesmo nível desta última volta, com vários capítulos perfeitos ou pelo menos a rondar lá perto.

 

 

2ºGantz:

 

Queria fazer aqui um bom texto, mas o post já está mais que atrasado e não estou com muita inspiração para escrever, então vou apenas focar num ponto, Amor.

 

Gantz é um manga que se baseia em 3 palavras, guerra, sangue e mulheres nuas e numa história que se baseia nesses 3 aspectos, ainda para mais uma história completamente virada para um publico adolescente, é muito raro o autor se focar em amor, mais raro ainda fazer sentido e funcionar.

 

 

Mas o mangaka de Gantz conseguiu, quem pensaria que aquela menina que parecia uma criança, feia e chata iria ser a amada do protagonista, principalmente se pensar-se na Reika e naquela personagem parecida com a Lara Croft, mas é verdade, pode-se dizer que um dos melhores momentos de Gantz foi o reencontro deles os dois.

 

Enquanto isso a guerra continua e depois desses capítulos mais focados no amor, deve voltar a ter a guerra como objectivo. Mas antes disso a Reika tem destaque, fica a dúvida se ela morre, ou melhor se ela poderá ser revivida, de qualquer forma, excelente final para uma das melhores personagens do manga.

 

Sei que esta parte ficou meio estranho, era para ser totalmente diferente, de qualquer forma a partir dos próximos capítulos sairá igual a todos os outros mangas do post, com a excepção que só lerei quando sair pela Chrono.

 

 

1ºVagabond 301:

 

Não tenho nada a dizer, apenas vejam as páginas e comprovem o porquê de Takehiko Inoue ser o melhor desenhista.

 

-
-
-
-
-
-
Ranking:
1ºVagabond 301
2ºGantz
3ºHunter x Hunter 340
4ºOne Piece 660/661
5ºBeelzebub 148/149
6ºToriko 180
7ºBakuman 171/172
8ºBleach 485
9ºKurogane 25
10ºMágico 50
11ºNisekoi 14
12ºReborn 377/378
13ºNaruto 578/579
14ºFairy Tail 275/276

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub