Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dark-Fenix

Dark-Fenix

18
Out11

Opinião Semanal #45

Dark-Fenix

14ºNaruto:

Quando olhei rapidamente o capítulo no manga stream, pensei, “É desta que Naruto tem um bom capítulo”, depois de ler o capítulo, Kishimoto só copiou o que Tite Kubo fez há poucos capítulos em Bleach, trouxe um personagem importante para o campo de batalha, para ver se melhorava a qualidade e a popularidade da guerra. Mas antes disso o resto.

 

Nada de especial no tão esperado encontro entre Hinata e Naruto, que parece que se tornou inteligente e percebeu que a Hinata gosta dele. Fala bonito, mas continua tudo na mesma. Mas o mais desapondador deste capítulo sem dúvida é por os 7 espadachins da Névoa terem sido revividos para nada, um dos grande trunfos que Kishimoto tem desde a primeira aparição do Zabuza e deita para o lixo assim.

 

A imaginação para selar os zumbis cada vez é melhor, originalidade é o que não falta a Kishimoto, nesse aspecto, bem que o terceiro Hokage podia ter arranjado melhor maneira do que se matar. Mas a melhor parte do capítulo foi a página em que passa do campo onde está o Kakashi, para onde está o Kimimaru, onde o Naruto fala:

 

-“Eu vou decidir esta batalha com qualidade em vez de quantidade”

 

Isto é piada, só pode, depois de colocar um clone em todos os campos de batalha, me fala que o que decidiu a guerra foi a qualidade em vez da quantidade, está certo que ele fala isso no âmbito da sua disputa contra o Kimimaru, mas ele não tem moral para o dizer de qualquer forma. Na página dupla, são referidas as seguintes frases:

 

“A unidade 4 conseguiu selar o inimigo”

“A unidade 3 derrotou o inimigo”

“A unidade médica superou o inimigo”

“Nós pegamos eles”

“Nós mudamos a situação desta batalha”

“Nós estamos com vantagem agora”

 

Nós? A Unidade? E eu que pensava que tinha sido o Naruto.

 

Kishimoto sem dúvida alguma que decidiu arrumar a casa e matou todo o mundo, os que já estavam mortos, importante referir. O que está feito está feito e só mostra que o Kishimoto não sabe o que fazer da obra. Tudo isso porque decidiu antecipar o seu trunfo, o caixão misterioso, com Uchiha Madara.

 

Não chega a ser surpreendente, apesar de sempre ter havido aquela dúvida, até porque tinha de ser alguém de peso, e morto só mesmo o Madara ou o seu irmão. Gostei bastante dessa parte e foi por causa disso que cheguei a pensar que o capítulo seria bom, mas depois no final quando Kishimoto pensa que soltou uma bomba e faz a pergunta, “Então quem neste mundo é o homem por detrás daquela mascara?”, a sério que alguém acreditava que era o Madara? Kishimoto fala isso como se tivesse soltado uma bomba tipo final de Sexto Sentido.

 

É estúpido ele fazer um dramalhão em cima de uma coisa que todo o mundo já sabia, o que realmente importa não é que o Madara não é o homem por detrás da mascara, mas sim quem ele realmente é. E nisso todo esse drama não adiantou em nada e sem dúvida o motivo para Naruto estar em último, agora que estou curioso pelos próximos capítulos estou, mas este foi mau.

 

 

13ºBeelzebub:

Oh que capítulo desinteressante. Sem dúvida que a melhor página foi a 2, com o Beel ganhando da mascote. Tirando isso, apenas enrolação.

 

De resto foi uma luta que terminou na derrota da Aoi por estar apaixonada pelo Oga, um jantar que não serviu para nada, a não ser para a nova personagem e a Aoi se embebedarem para no final o autor deixar uma lição de moral e para contar uma história igual à do Oga e da Aoi, que além de nada original, não teve qualquer impacto nem carisma.

 

Mas a grande desilusão, é na parte dos outros alunos da escola, quando elas chegam no final, o autor ainda deixa aquele misticismo se é a Hilda, por causa de mostrar só a saia, mas no final são só as outras acompanhadas do Furuishi e do Adelahoid.

 

 

12ºBleach:

Neste capítulo praticamente nada correu bem, sim gostei da introdução na batalha entre o Tsukishima e o Byakuya, mas depois o Tite Kubo vêm como uma curta lição de moral do Ikkaku sobre o outro, a sério, está certo que ele tem toda a razão do mundo, mas a sério que o outro nunca tinha pensado dessa maneira? É ridículo gastar tantas páginas com isso, ainda para mais no final nem dá para perceber se ele desistiu ou vai lutar.

 

Gostei da estratégia do Tsukishima, mas foi só essa ideia com que fiquei, porque na realidade não aconteceu nada de especial, no fim dá-me a ideia que o Tsukishima leva vantagem, mas a arte do autor não ajuda em nada em perceber, tanto o resultado, quanto a tentar adivinhar o que vai vir para o próximo capítulo.

 

Pessoalmente nunca fui grande fã da arte do autor, mas é inquestionável que ele desenha bem, agora igual o Togashi consegue ser perfeito no roteiro, ele também é preguiçoso e o Tite Kubo é exactamente o mesmo na arte, tirando a parte do perfeito, obviamente. O problema do Tite Kubo sempre foram os quadros brancos, e em parte os zooms ridículos, neste capítulo os quadros brancos nada tiveram de anormal, já os zooms não se pode dizer o mesmo, com aquela suposta mão na página 6, o que aconteceu no final da lição de moral ou o “Quem é quem” na última página.

 

 

11ºEnigma:

Apesar de terem sido melhores do que os capítulos anteriores, o manga continua uma confusão sem nexo. Não sei se é só de mim, mas não vejo qual a lógica de haver uma chave mestra na prisão.

 

E segundo, igual não havia mistério no facto de Tobi não ser Madara, era obvio que Canibal era o presidente, por mais que a autora tenha feito pensar que era o outro. Isso só me fazia pensar, ou vai ser lógico e mau ou sem sentido e extremamente mau, optou pelo primeiro e fez o que era óbvio, do mau o menos.

 

O Kirio saiu da prisão e vai ajudar o Sumiu e nada mais a acrescentar, uma história de mistério que se torna previsível, nunca será uma boa história, ainda para mais quando não seguisse o óbvio se tornaria ainda pior.

 

 

10ºSt&rs:

Saíram dois capítulos pela Shoot Scans, mas vou dividi-los entre esta e a próxima semana, até porque St&rs é bem irregular e dificilmente vai sair novos capítulos para a semana. Gostei do capítulo 11, começou logo com a página colorida, não foi nada de extraordinário, mas gostei da página, sobre o capítulo, eles finalmente acabaram o teste e o capítulo ganhou com isso, não que o teste tenha sido mau, apenas já estava a enjoar uma história de astronautas se passar debaixo de água.

 

Continuo sem entender o porquê dos autores continuarem a apostar apenas naquelas duas equipas, não faz sentido um manga shounen semanal se focar em poucos personagens, não estou a dizer isto porque sim, isso é praticamente uma das bases de um shounen, personagens. Ainda para mais um exame, onde eles deveriam de dar duro para conseguir, no final, eles conseguem tudo facilmente sem nenhum esforço, enquanto os randoms continuam a sair, sem nem os leitores os conhecerem.

 

O flashback do personagem intelectual é cliché, mas não deixa de ser bom, só não entendi qual o significado de mostrar o passado dele do nada, apesar de ter sido engraçado ver o pai dele no espaço a ler o jornal. Sobre o final, tudo continua muito focado naqueles 6 e tudo muito infantil. No fim ainda aparece um cliffhanger do nada, sobre a história de Marte.

 

Resumindo, vejo futuro em St&rs, mas o facto do manga ser super infantil e no facto dos protagonistas e rivais não ter concorrência não ajuda ao leitor se pegar á obra. E é essa cena, quase uma profecia, acerca de Marte, não está me agradar nem um bocadinho, mas para a semana logo comento. Junto de tudo isso o facto de a Jump ter tão poucos mangas na rota do cancelamento não abona nada em favor de St&rs.

 

 

9ºKurogane:

Não sei bem o que dizer de Kurogane, comecei por não gostar, o capítulo 2 surpreendeu-me, o três manteve o nível, apesar de baixar e no quatro aconteceu o que temia, mas continua razoavelmente bom. Ou seja Kurogane não chega a ser um daqueles mangas que ou é bom ou é mau e com o tempo fica mais ou menos, não Kurogane é o manga que nunca vai ser bom ou mau, sempre no mais ou menos, agora é esperar para ver se isso chega.

 

Como já disse várias vezes sou fã de mangas de desporto, e nesse género ser seguir os padrões é difícil ser mau, apesar de também ser difícil ser bom, e por isso a maioria dos mangas de desporto ou mesmo os mangas escolares, acabam sempre por ser meio razoável, sendo um bom manga para passar o tempo, mas nada genial. O problema de Kurogane é ter saído um pouco do padrão e ter saído dos padrões realistas do género.

 

Além da fantasma, Kurogane dá para ver que será mais uma luta de espadachins com espadas de madeira, do que propriamente kendo escolar, aliado ao facto do protagonista sem um bom em nada pior que o Tsuna, mas ver melhor que um lince também é algo que eu pessoalmente não gosto na obra e não acho que venha resultar. De qualquer forma estou a gostar do manga, mas preferia que fosse mais realista, era provável ter mais resultado.

 

Sobre o capítulo em si, como falei acima, é obvio que foi fraquinho, porque leva o capítulo todo a coloca-lo no modo Tsuna e depois no final saí como badass, com um enorme 0 na prova. No final a chegada do capitão e lá ver o que se seguirá. Lá ver como corre, estou a gostar e não chega a ser tão exagerado como Light Wing, estou atorcer que sobreviva, mas se for cancelado não me faz diferença.

 

 

8ºFairy Tail:

Que isso ia acontecer era previsível, se não fosse exactamente como aconteceu, seria algo bem parecido, não havia como fugir, afinal, como já comentei, é raro ver escritores ser arrojados e não terem medo de inovar, o que faz com que muitas vezes aconteça isso. Por exemplo na séria Supernatural, eles levam uma temporada inteira para tornar Castiel no novo Deus, o que foi concluído no final da temporada, na seguinte temporada, levaram o primeiro episódio para fazer com que Castiel já não fosse Deus. Também em Supernatural aconteceu o mesmo com a história do Apocalipse e em Naruto apesar de não ter sido da noite para o dia, com essa história dos zumbis ou mais precisamente com os Espadachins da névoa.

 

Por isso nem reclamo de Fairy Tail nesse aspecto, eu apenas queria ver uma coisa, que os personagens tivessem envelhecido, mas não, nem nisso o autor teve coragem de mexer. Sobre a rapariga ser a primeira mestre da Fairy Tail, a maioria já suspeitava, mas mesmo assim foi uma boa surpresa, agora lá ver o que sairá daí, ou ela só serviu para lhes salvar e mais nada?

 

 

7ºReborn:

Capítulo normal de Reborn, mas que se safou pela aparição do Byakuran e a história estar a começar a aquecer. E ainda nada do Fon.

 

O comentário ficou pequeno porque o resto do capítulo já comentei na semana passada, Tsuna em inicio de saga ninguém merece.

 

 

6ºOne Piece:

Mais uma excelente página dupla colorida, como sempre. Este capítulo foi muito melhor do que o capítulo anterior, não só por causa dos mugiwaras aparecerem, mas porque saiu daquele campo de luta que não cumpre, nem sequer as leis da física de One Piece, o que é algo de dar valor, já que em One Piece só existe uma lei teoricamente impossível, usuário de akuma no mi nadar.

 

Agora sobre o capítulo, gostei de ver, não aconteceu nada de especial, mas é mais a cara de One Piece, com toda essa confusão. Sobre alguns pontos, gostei da maneira que o Sanji adoptou para ganhar ao gigante, já o contrário ver a Robin de óculos escuros no meio da batalha achei meio sem noção.

 

Sem dúvida que a melhor parte do capítulo foi a reacção do Chopper à Franky Fireball, só mesmo coisa de Franky e Chooper. Sobre o cliffhanger gostei, mas não me deixa em nada à espera do próximo capítulo, mesmo sendo o Zoro. De qualquer maneira se o próximo capítulo se focar na parte em Terra, tudo vai ser razoável, se focar num Luffy a lutar no mar vai ser mau.

 

 

5ºBakuman:

Como Bakuman melhorou só por já não se focado no Nanamine, parece que finalmente Ashirogi Muto vai trabalhar no novo manga, sinceramente preferia que eles terminassem PCP e começassem outro manga, mas a ideia que me pareceu é que vão continuar com PCP, igual o Eiji fazia, isso é bem exagerado, era normal na altura do Tesuka e do Go Nagai os autores trabalharem num monte de manga semanais, mas hoje em dia, no máximo um mangaka tem dois mangas e pelo menos um deles é mensal. Eiji, o maníaco que vive para o manga, até fazia sentido, já o Ashirogi Muto não.

 

Hiramaru como sempre brilha e desta vez falou o que todos os leitores de Bakuman pensaram na semana passada, o grande salvador foi ele. Pena que a Aoki não concorda, já agora parece que ela fez de propósito, tocando mesmo na ferida, quando o Hiramaru lhe telefonou.

 

Sobre a saída do editor chefe, isso foi algo que aconteceu na realidade, mas na realidade ele foi promovido, em vez de ter mudado de revista, e essa foi a única coisa que não gostei nessa história. O Hiramaru brilhou, mas o antigo assistente do editor chefe, não lhe ficou atrás, agora promovido a editor chefe, tem de manter a pose de intelectual, mas quando chega a casa torna-se num menino que acabou de ganhar o seu primeiro brinquedo.

 

Por fim, a despedida do editor chefe com o Eiji e Ashirogi Muto. Gostei, serviu para finalmente levar bakuman ao que interessa, a última disputa entre Eiji e Ashirogi Muto, ainda gostei mais do facto do Eiji já ter tudo planeado e não demorar muito para voltar a ser publicado, lá ver se o Ashirogi Muto não começa muito atrás.

 

 

4ºHarisugawa:

Gostei da página colorida, tirando isso o capítulo enrolou bastante e pouca coisa aconteceu, mas apesar de tudo um excelente final, com a página dupla. Resumindo, o capítulo inteiro foi uma conversa entre a Saki e a Mao sobre o Harisugawa, que terminou numa excelente cliffhanger e chegou para ser um excelente capítulo.

 

 

3ºMágico:

E Mágico continua numa óptima fase, capítulo excelente, igual a Harisugawa enrolou, já que em nada o concurso avançou, mas mesmo assim super comédia, porcos e mais porcos e mais tarde com direito a ver o Shion transformado em merda. No meio da confusão Shion mostrou que na verdade é apenas uma criança.

 

No inicio quando o personagem que transformou todo o mundo em porco apareceu, não esperava muito dele, mas nos últimos capítulos ele tem-se mostrado um grande personagem, lá ver se será para manter ou se será apenas neste arco. Por agora Mágico escapou do cancelamento e espero que seja para manter o nível, porque se for para o autor voltar com arcos iguais ao anterior, mais vale ser cancelado.

 

 

2ºToriko:

Excelente capítulo, Match voltou a aparecer na história, criou um mistério em volta do chefe anterior da máfia Gourmet e continua com todos os exageros normais em Toriko, com um casino gigantesco. A melhor parte do capítulo foi sem dúvida a ideia brilhante de comer dinheiro, uma ideia tão estúpida e tão bem executada que só podia vir da mente do criador do Cabeleireiro Gourmet.

 

Apesar de tudo teve uma parte que não gostei e foi do facto de um único homem gerir todo aquele imenso casino, na minha opinião, ficaria muito melhor tornar aquele casino numa espécie de Suzuran School, onde todos lutam, mas ninguém tem o total controlo de toda a escola, no caso seria todo o controlo do casino. Agora curioso se isso será um ponto positivo ou o defeito desta saga.

 

Resumindo é isso, excelente capítulo, mas que se resume a ao estilo de Toriko, o que faz com que não aja muito o que comentar.

 

 

1ºHunter x Hunter:

E continuo sem noção alguma de quem irá ganhar essa eleição, Parristan leva vantagem, mas não consigo vê-lo com 95% dos votos dos Hunters, nem a maioria absoluta ele obteve quanto mais os 95%. Na verdade nem 90% dos Hunters votou, então seria impossível alguém ganhar logo na primeira ronda, olhando as regras do Gin, na segunda ronda seria apenas 16 os candidatos e nas seguintes cairia para metade, mas na 3ª ele fala sobre o nº de votos não passar dos 95%, o que a princípio quer dizer que na próxima ronda todos os hunters ainda são candidatos, já que os votantes não chegaram a 95%.

 

Não sei se já tinha sido mencionado, mas o Netero segue o cliché de todos os velhos nos mangas, taradões. Foi bom ver alguns personagens que já não aparecem faz tempo, apesar de não lembrar de metade, só não gostei do Kurapika e o Leorio não terem aparecido e o Leorio nem ao menos ter sido mencionado. Por outro lado o Hisoka deu as caras, no seu melhor. Não entendi bem a conversa entre ele o Illumi, mas para a semana deve explicar um pouco mais.

 

Resumindo a eleição ainda durará bastante, não vejo o Parristan como novo chefe e os outros também não me parecem ser aconselhados para o cargo, lá ver se haverá alguma surpresa. Já me esquecia Gin está a cumprir muito bem o seu papel de substituir o Gon.

 

 

Ranking:

1ºHunter x Hunter 320
2ºToriko 161
3ºMágico 30
4ºharisugawa 13
5ºbakuman 150
6ºone piece 642
7ºreborn 357
8ºfairy tail 255
9ºkurogane 4
10ºSt&rs 11
11ºenigma50-51
12ºbleach 468
13ºbeelzebub128
14ºnaruto 559

 

PS: Provavelmente só na sexta é que adiciono as imagens.

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub