Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dark-Fenix

Dark-Fenix

14
Set11

Top's Mangakas #4: Misturu Adachi

Dark-Fenix

 

Adachi é um dos maiores mangakas de sempre, não por ter feito algo original, uma obra simplesmente brilhante ou ter mudado em alguma coisa o género manga, ele é um mangaka que ganhou o respeito do público através de toda a experiencia que foi adquirindo ao longo dos tempos, ele já fez inúmeras obras e já tem mais de 30 anos de carreira sempre como o nome mais famoso da Sunday.

 

Adachi não é um génio de roteiro como Togashi ou Oda, não mudou nada como Kurumada ou Toryama e está longe de ter uma arte como Inoue ou Obata. Mas os mangas de Adachi tem muito mas muito carisma, ele nisso me parece igual, num nível um pouco abaixo, a Akira Toryama, que parece que as suas obras tem vida própria, que não são boas pelo seu todo, mas sim por aqueles pequenos momentos e Adachi passa o mesmo para as suas obras, mas com um clima mais real e não tão fantástico como Toryama.

 

 

Todas as obras de Adachi, à excepção de Nijiro Togashi e de algum one shot, têm como tema desporto escolar, mas isso é apenas o pano de fundo, porque na verdade a história é uma comédia romântica, em que o desporto serve apenas para dar alguns toques especiais ao manga e fazer o seu papel no final do manga. Adachi também tem uma marca registada, os seus protagonistas, praticamente em todas as suas obras ele usa os mesmos, muda o cabelo no máximo, é quase como o Adachi fosse um realizador e as suas obras fossem filmes, e para os protagonistas ele contratava sempre os mesmos autores.

 

Adachi nunca apresenta nada de espectacular e sempre gosta de fazer piadas com ele mesmo, fazendo uma comparação seria o mesmo que Tite Kubo lançasse um quadro pequenino no meio do capítulo com o seu editor a reclamar de tanta página branca. Isso acontece muito nos mangas do Adachi, não só isso, como os próprios personagens a reclamar das páginas que ele gasta no inicio a falar do tempo, ou até mesmo a fazer a piada de que ele é o protagonista, é simples, mas são esses pequenos momentos que fazem a diferença entre Adachi ter feito sucesso e outros que lhe imitaram não.

 

 

Os mangas do Adachi tem muito daqueles personagens, eu sou bom só não quero mostrar, isso torna-se meio irritante se estiverem à procura de um bom manga de desporto, mas como falei acima, desporto é apenas o pano de fundo, além de não querer mostrar, às vezes também acontecessem vários mal entendidos, como em Katsu, onde o protagonista era forte e com vários mal entendidos ele sempre parecia fraco, exemplo, o protagonista pergunta a um novato da acadeia de boxe se poderia fazer uma luta de treino com ele, derrotou, mas estava todo partido, no final o que ele achou é que ele era fraco que nem a um novato ganhava, no final ele era o super novato que iria ser um futuro campeão, segundo o dono da academia.

 

Adachi normalmente não termina um manga como o leitor quer que termine, com o protagonista ganhando, não é que ele perca é só que nunca chega a mostrar o fim, ou seja o protagonista não ganha nada e continua a sua vida normal, ou termina com o manga antes de entrar na parte que interessa, no caso Koshien, ou o pior de tudo acontece um embate final e o manga termina sem saber quem ganhou, esse final irritou-me, mas na verdade é por isso que considero o melhor manga do Adachi que li.

 

Outro personagem que aparece em todos os mangas é o próprio Adachi, que como falei acima, aparece em alguns quadros, na maioria deles com o seu editor, fazendo piada aos atrasos ou a outras coisas que o Adachi se lembrar, abaixo podem ver o auto retrato de Adachi nos seus mangas:

 

 

Katsu, Cross Game, Rough, Itsumo Misora, Nijiro Togashi, Touch e H2, só para falar dos mais famosos dele, dos que mencionei só não li os dois últimos. Os melhores, minha opinião são Katsu e Rough, só não digo qual é para não dar spoiler do parágrafo acima. Touch é o manga mais famoso do autor e sem dúvida um dos mangas mais respeitados pelos japoneses, diria até mais ele faz parte de um grupo de 3, junto de Ashita no Joe e Slam Dunk, que por curiosidade não são apenas os mais respeitados como são os 3 de desporto, só para ver a influência desse género no Japão, enquanto fora dele continua a ser o género menos respeitado. Apesar de falar do trio, obviamente Touch está num nível abaixo do eterno Ashita no Joe e o popular Slam Dunk.

 

Concluindo Adachi é Adachi e se já leram duas obras dele vão ver que ele tem uma maneira própria de criar mangas, que não resultaria com mais ninguém, como já comparei ele é parecido com Akira Toryama, que também tem um traço e uma maneira especial de desenhar, tanto um como o outro não são os melhores roteiristas, mas sem dúvidas dois génios do que se trata de carisma e fazer pequenos pormenores serem os seus pontos fortes.

 

Podem ler todos os mangas do Adachi na scanlator AIUEO. Que além de se focar nos mangas do Adachi tem vários mangas de desporto, se forem fãs de mangas de desporto, essa é a scanaltor certa, se não gostarem de desporto também tem vários mangas bons.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D