Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dark-Fenix

Dark-Fenix

31
Jul10

Restam poucas décadas de existência para os animes

Dark-Fenix

http://animefest.org/AF2009/sato_dai.jpg

Quem o diz é Dai Sato.

 

Do Otaku 2: O roteirista de Cowboy Bebop, Dai Sato, acredita que em poucas décadas a animação tipicamente japonesa poderá desaparecer, principalmente com a utilização de mão-de-obra de outros países asiáticos, como Coreia do Sul e China, cujos estúdios recebem a tarefa de animar algumas passagens de trabalhos criados por japoneses.  A preocupação de Sato foi demonstrada durante uma mesa redonda na Universidade Komazawa, no começo de julho, durante uma conferência académica.

 

Para o roteirista, os japoneses não conseguem mais fazer seus próprios animes, contratando animadores asiáticos que não se dão conta do trabalho que possuem em mãos. Ele ainda criticou a imagem  que o governo japonês tenta levar ao exterior, com o Japão “cool” que não corresponderia à realidade, já que hoje muitos produtos da cultura pop nipônica possuem a mão de estrangeiros.

 

Segundo Sato, a indústria de animação está rumando para histórias sem plots importantes  e dando mais importância ao modelo de Akihabara, onde o merchandise e à exploração de personagens são excessivos. A preferência por temas banais no lugar da abordagem de problemas reais é um dos exemplos citados. “Se fugimos da realidade e dos problemas reais, como vamos enfrentá-los?”

 

Entre as outras críticas e preocupações estão a recusa dos japoneses em ensinar técnicas de animação aos estrangeiros que trabalham nos animes; as atuais produções focadas mais nos personagens moe do que no enredo e no desenvolvimento da história; a imposição de tendências nos animes, tirando o espaço para histórias originais e inovadoras; e a perda da capacidade dos fãs de lidar com narrativas e significados por trás das histórias.

 

Sato citou Ergo Proxy e Higashi no Eden como duas produções que fogem dos clichês atuais da indústria de animação japonesa. Os dois trabalhos tiveram participação do roteirista, que continuará lutando contra o fim dos animes apesar de sentir que ele está próximo.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub