Ficção Científica

 

Era para só fazer um post sobre um dos mangas que terminei de ler mais recentemente, Stardust Memories, mas como o manga tem apenas um volume não iria dar mais que 3 parágrafos e achei pouco, então decidi, embalado com o tema de ficção cientifica que iria ler os outros mangas da Fuji Scans, ou seja esta análise irá ser sobre Stardust Memories, Forget me not, Memórias de Emanon e Saber Tiger. Todos eles tem somente um volume e Stardust Memories e Saber Tiger são compilações de one shot’s, Forget me Not não é sobre Ficção Cientifica, mas já que li no embalo agora segue no mesmo barco. Já agora sobre o resto dos mangas da Fuji Scans já comentei sobre Solanin e Onani Master Kurosawa, estou a acompanhar Subarashii Sekai, mas logo falarei sobre o manga quando for concluído e ainda não li Kenji, o que ainda deve de levar um tempo para ler.

 

Stardust Memories

 

Mangaka: Hoshino Yukinobu

Ano: 1995

Género: Seinen, Ficção Científica, Aventura, Drama, Psicológico

Volumes: 1

Capítulos: 13

Scanlator: Fuji Scans

 

Este manga é uma excelente escolha para quem gosta de ficção científica e ainda para mais se juntando a isso gostar de histórias curtas, com apenas 13 capítulos o manga aborda vários temas, sendo no espaço ou em terra, à procura de novos planetas habitáveis ou a proteger a Terra, isto tudo com um pouco de drama e com alguns mistérios acerca da velocidade da luz ou sobre a distância entre planetas, que leva os astronautas a passarem anos sem pisarem em terra firme, ou mesmo ao ponto de nunca terem pisado em terra firme.

 

Por serem histórias curtas não me posso alargar muito na análise, se não vou contar tudo, mas algumas opiniões rápidas. Eu pessoalmente achei a história 6 a melhor, onde aborda sobre a vida num planeta onde horas são anos e a personagem principal tem de ver como sobreviver até à chegada de ajuda. Gostei bastante da história 7, a seguir à 6 a melhor desenvolvida, ri-me com o final da 8 e fiquei meio desiludido com a última esperava algo melhor para a história que concluí o volume e o manga.

 

Nota: 7

A nota é mediana, mas é por ser uma compilação de one shot’s, ou seja na minha opinião não merece uma nota muito alta, além disso muitos one shot’s, o que quer dizer que alguns serão melhores que outros, o que faz com que a nota nunca possa ser muito alta.

 

 

 

Forget me Not

 

Mangaka: Kenji Tsuruta

Ano: 2003

Género: Mistério, Romance, Seinen

Volumes: 1

Capítulos: 7

Scanlator: Fuji Scans

 

O manga é uma história de apenas um volume, mas este não é uma compilação de one shot’s. O manga tem como personagem principal uma detective que tenta resolver o mistério de um quadro de família que foi roubado, o quadro chama-se Forget me Not, obviamente é daí quem vem o nome da obra.

 

Pessoalmente achei esta a história mais fraca entre as 4, não sei se foi por não ter entendido nada ou se a história é mesmo uma confusão a verdade é que cheguei ao fim do manga e não entendi qual o objectivo do manga. [Spoiler] O grande motivo de não ter gostado do manga é na sua maioria porque o título do manga é Forget me Not e no final ela não consegue encontrar o quadro, ou encontrou e eu não percebi. [Spoiler]

 

Nota: 6

Fiquei indeciso entre o 6 e 7, mas decidi pelo 6 pelo que disse na parte do spoiler.

 

 

 

Memórias de Emanon

 

Mangaka: Kenji Tsuruta [Arte] e Shinji Kajio [Roteiro]

Ano: 2008

Género: Seinen, Romance, Ficção Cientifica

Volumes: 1

Capítulos: 1

Scanlator: Fuji Scans

 

Este manga é como se fosse um one shot de 180 páginas, numa história como eu gosto, com princípio, meio e fim, de leitura rápida, arte excelente e com um mistério para não me fazer parar de ler para ir ver quantas páginas ainda faltam para terminar. Dito isto é claro que gostei do manga, na minha opinião o melhor entre os 4 mangas que estou a falar nesta análise e se considerar este manga como um one shot seria o segundo melhor que li, perdendo apenas para Hotel.

 

A história é sobre dois personagens, um rapaz e uma rapariga que se encontram num cruzeiro, eles por diversos motivos acabam por irem jantar juntos e ela conta-lhe um segredo, foi a partir que me ajeitei na cadeira e ainda tomei mais atenção ao que estava a ler. Para não soltar nenhum spoiler fico por aqui na sinopse.

 

[Spoiler] Agora os Spoilers, eu adorei essa cena do segredo, só não gostei do final, preferia que ela continua-se sempre jovem, ou então que ficasse velha, morre-se e depois renascesse noutro ser, podendo ser um humano ou não, tipo o que Einstein defendia, “Nada se Cria, Nada se Perde, Tudo se Transforma”. Não gostei de que ela passar o poder para a filha e o “ela antiga” não se lembrar. Mas isso não estragou em nada o resto da história é apenas um final que eu gostaria que fosse diferente. [Spoiler]

 

Nota: 9

Provavelmente estou a exagerar, porque não gosto de dar notas altas a mangas muito curtos, mas foi sem dúvida alguma dos melhores mangas que li.

 

 

 

Saber Tiger

 

Mangaka: Hoshino Yukinobu

Ano: 1981

Género: Seinen, Ficção Científica, Psicológico, Drama

Volumes: 1

Capítulos: 2

Scanlator: Fuji Scans

 

Antes de mais nada não tenho a certeza se o manga está totalmente completo com somente dois capítulos, mas pelo que pesquisei parece que sim e ao ler o manga também dá essa impressão, já que na primeira página só indica dois capítulos. Se estiver completo tem somente 80 páginas. Partindo do princípio que está completo, o manga tem dois capítulos, que são dois one shot’s sem ligação entre eles.

 

O primeiro tem como personagem principal um tigre dentes de sabre e como tema uma viagem no tempo, dos homens do futuro para a altura dos homens das cavernas, para tentarem descobrir como eles sobreviveram à era glaciar e ai acontece o efeito borboleta, isto se ter entendido bem desse one shot, que na minha opinião ficou meio confuso. [Spoiler] Se entendi a raça humana é extinta por causa do tigre. [Spoiler]

 

O segundo é sobre a descoberta de um planeta com todas as características para sobreviver, mas sendo um manga, na verdade até mesmo na realidade, alguma coisa tem de correr mal. Neste não tem como personagem principal um animal, mas o Unicórnio está muito ligado a este one shot. Este foi o melhor dos dois one shot’s.

 

Nota: 8

A diferença deste para Stardust Memories é que neste achei os dois one shot’s bons, enquanto em Stardust Memories achei alguns bons outros bem fraquinhos.

Tags: ,
publicado por Dark-Fenix às 22:07