Big 3 #6

Antes de mais nada dizer que a para a semana não há Jump, mas depois volta tudo ao normal. O mesmo deve acontecer com outras revistas semanais.

 

Bleach:

 

 

Até já me tinha esquecido da patroa do Ichigo. Mas para quê que serviu a colocar de volta na história, dizer que Tite Kubo não se esqueceu dela, que o Ichigo tem um emprego e para dar uma lição de moral no fim, que sinceramente há que ser dada, mas foi simplesmente desnecessário isso, se era para dar lição de moral fazia como a maioria dos mangas, dando a lição de moral ao longo do manga.

 

Depois Kubo fala o obvio sobre suposto o vilão desta saga e depois o manda para casa descansar, como já tinha dito, é a primeira vez num manga shounen que vejo o personagem principal a ter folgas na hora do treino, até mesmo nos mangas de desporto eles passam por treinos quase mortais.

 

Está certo que um manga tem de dar algumas dicas aqui e ali e para manter um leitor curioso para ler o próximo capítulo, mas também é certo que é preciso de dar respostas para essas dicas, mistérios. Bleach é o Lost dos mangas, 100 mistérios, 20 resolvidos, a diferença é que Lost tem vários personagens e várias cenas ao mesmo tempo, ao contrário de Bleach que apenas se dedica a Ichigo e raramente trabalha com mais que uma cena no mesmo capítulo. Mas falando sobre o Urahara e o pai do Ichigo, sim deixa os leitores curiosos, mas sinceramente com o que Tite Kubo tem feito deixa qualquer leitor chateado por ele deixar mais um mistério por resolver.

 

Para terminar, mais uma desilusão, depois de ser mais que comprovado que a casa de bonecas não resultou, Tite Kubo agora se vira para um aquário, o que mais dizer sobre isso. E mais uma vez um capítulo desilude depois de o capítulo anterior deixar parecer que finalmente ia melhorar. Só espero bem que esta parte do aquário passe depressa.

 

Antes de passar para Naruto e One Piece, God Han Scans traduz rápido Toriko, para trocar Toriko por Bleach neste post.

 

Naruto:

 

 

Este capítulo foi melhor que o da semana passada, neste sim é preciso muitas falas, ao contrário do outro. Não vou me estender muito.

 

Foi o final de Hanzou vs Mifune, sinceramente adorei esse final de luta, mas por outro lado esse final de luta é meio decepcionante por ser em Naruto, quantas lutas em Naruto não acabaram assim, o vilão morre e no final ele só queria era a paz, até agora só Orochimaru era mesmo mau, é assim tão difícil Kishimoto fazer um vilão que seja mau carácter desde que nasceu? Resumidamente foi bom, mas por ser algo tão normal em Naruto se torna decepcionante, ainda mais quando o Hanzou nem sequer foi aproveitado na história.

 

No final muda de cena, para o time do Shikamaru contra o Asuma, só espero que Kishimoto se dedique a esta cena nos próximos capítulos. Foi bem simples essas páginas, mas tinha de o ser, deixando tudo para o próximo capítulo. Apenas mostrou a personalidade desses 4 personagens, Asuma como um sensei, Shikamaru inteligente, Ino normal e Chouji o medricas, dito isso é claro que Chouji iria falhar ao tentar atacar o Asuma.

 

Próximo capítulo promete e espero que Kishimoto consiga passar a sensação de nostalgia, que falta muito nessa guerra.

 

One Piece:

 

 

Mais um capítulo bom, mas que tenho que criticar, mas deixo isso tudo para o final.

 

A capa da Jump está razoável, One Piece e Toriko a nova dupla da Jump e que dupla, no anime, no filme e agora na Jump, próxima semana (duas semanas na verdade) estreia um crossover de One Piece e Toriko. Dupla que vai dar que falar. E a página dupla colorida está como a maioria simples, mas excelente.

 

Sobre o capítulo, Sanji mais uma vez a roubar a cena e gostei do facto de Oda não ter colocado novamente o sangramento nasal, nesta cena só teria piada se Oda foca-se na ilha como um todo e o sangue rompesse a bolha que protege a ilha, mas isso traria vários problemas para o grupo do Luffy, mas explicaria o facto deles destruírem a ilha. No meio dessa cena Luffy é preso pelos tritões.

 

Van Der Decken chega ao local onde Luffy e a princesa estão. Ele pede a princesa em casamento e a sereia acaba com o clima dizendo que ele não é o seu tipo e ainda com aquela cara inocente, muito bom. Van Der Decken logo ataca Luffy, que mesmo amarado ganha sem problemas, mostrando que está super forte. No meio disso ainda dá para Luffy mandar um soco naquele monstro gigante do bando do Van Der Decken.

Oda não se esquece de nenhum personagem, nem era preciso focar na Nami, mas ele mostra que o motivo de ela sair de cena não é apenas banal e sim tem um significado. Sinceramente também estou curioso para saber o porquê do Jinbei ter dito para não se meterem com o Hodi e o que ele esconde, afinal tanto mistério e tanto tempo para chegar na floresta do mar, tem de ser algo importante.

 

 

Para o fim de volta ao castelo, Zoro simplesmente detona Hodi.

 

Agora sobre as criticas, primeiro é sobre o tamanho de Meguro e a princesa, sinceramente uma vez é mais propicio o meguro ser maior que a princesa, outras vezes é o contrário, outras como neste capítulo eles tem o mesmo tamanho. O segundo é sobre Luffy e Zoro terem derrotado os seus adversário tão facilmente, está certo que é preciso, depois de um treino tão intenso e longo, que eles derrotem alguém sem problemas, mas logo os tritões, é pá, pelo que deu a entender Hodi é um tritão de nível alto, ser derrotado assim só ridiculariza os outros tritões, já que nem o próprio Jinbei, como mostrado na guerra não é assim tão forte. Mas esperar para ver o que Jinbei tem a dizer. O terceiro foi o que mencionei na semana passada One Piece está a enrolar muito para chegar na floresta do mar.

publicado por Dark-Fenix às 10:39