Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dark-Fenix

Dark-Fenix

23
Jan11

Bakuman 117

Dark-Fenix

 

 

Legenda: a imagem que abre o post, corresponde ao capitulo 116, como não havia páginas coloridas no 117, utilizei a do 116 como abertura do post.

 

Decidi falar sobre o último capítulo de Bakuman, que li hoje de manhã.

 

Bakuman tinha me vindo decepcionando nos últimos tempos, não que os capítulos não fossem bons e muito menos desinteressantes, Bakuman é um dos mangas que acabo de ler e digo já acabou? Mas vinha tendo tempos difíceis em que não havia nada de grande destaque e já que os personagens principais já estavam serializados e bem estáveis na Shounen Jump, não havia muito por onde pegar.

 

Mas Ohba, o roteirista de Bakuman, teve a ideia de juntar dois dos mangas que estão a dar que falar actualmente, não no universo de Bakuman, mas no real. Enigma, o grande manga do ano, para a Shounen Jump e Shingeki no Kyojin a desgraça da Shounen Jump, com tudo para ser o pior erro da Shounen Jump de sempre. Foi confirmado esta semana, a teoria sobre Enigma, quando o novato criador da “Sala de Pânico” diz se ter inspirado em Enigma, falta a confirmação sobre Shingeki no Kyojin, que nunca será confirmado, por motivos óbvios. Mas já falo mais sobre isso ao longo da análise do capítulo.

 

 

O manga começa com Mashiro e Takashi ou Ashirogi Muto, como preferirem, a lerem a carta que o autor da “Sala de Pânico” escreveu para eles quando tinham serializado “Trap”, na minha opinião das 3 obras serializadas, “Trap, Tanto e PCP”, a melhor, mas isso seria outra história. Ele fala que é fã e que leu todas as suas obras, incluindo “Dinheiro e Inteligência”. Que não gostou do manga “Tanto”, quem gostou? Ashirogi Muto acaba por dar nota 5 em quase todos os aspectos ao manga, não é para menos, realmente um super manga, fiquei curioso pelo futuro da história.

 

 

Depois de dadas as notas dos mangakas, vem a aprovação dos editores da Jump e é nisso que se foca a próxima parte da história. Os editores falam que é indiscutível a qualidade do manga, mas que também não é um manga para a Jump, mas ao contrário de Shingeki no Kyojin, os editores decidem que é melhor tentarem falar com o autor para mudar para um estilo mais Shounen Jump.

 

Nessa altura é a estreia de um novo personagem neste capitulo, mais um editor, que começou há pouco tempo, mas fica logo como editor dessa futura estrela. Acabada a reunião o editor liga logo ao futuro mangaka, que ao contrário do que eu esperava e a maioria esperava é um rapaz super alegre, falador e calculista. Ele logo à partida fica super animado como a noticia de ter um editor e parece muito bem informado como tudo funciona na Jump já que sabe sobre o e-mail e o telefone do editor, que é mencionado pelo Hattori no inicio do manga, quando se encontra pela primeira vez com o Ashirogi Muto.

 

 

Depois da conversa entre o editor e o mangaka, sobre ele mudar a história para algo mais Jump e não entregar nenhum manga a outra editora, acontece o melhor do manga. Não é que ele coloca o manga original na net, com praticamente a mesma publicidade que tem sido marca de Shingeki no Kyojin nos últimos tempos, manga super interessante, descartado pela Jump, claro que isso foi logo uma bomba, mais rápido que o normal, diga-se de passagem, já que em Shingeki no Kyojin não foi muito diferente, mas só fiquei a saber à pouco tempo, apesar do manga já ter mais de um ano, mas claro, no Japão eles já devem ter ficado a par da noticia de Shingeki no Kyojin à muito tempo, viu-se nas vendas.

 

 

Há até um editor que fala que foi tudo sem malícia e que ele não sabia o que estava fazendo. De qualquer forma o seu editor consegue falar com ele e ele acaba por fechar o blog, mas na última página a grande surpresa ou nem tanto, antes de chegar ao fim já tinha essa ideia da possibilidade, ainda para mais quando tenho lido esta saga com Enigma e Shingeki no Kyojin na cabeça. Na última página fica bem claro que ele foi calculista ao extremo, sem ainda nem sequer ter feito nenhuma obra importante, já conseguiu ser dos autores mais falados no Japão. E como o Takagi disse ele agora pode ser considerado um manga popular e claro que todas as suas futuras obras serão acompanhadas com total atenção dos maiores fãs de mangas.

 

Shingeki no Kyojin um erro da Jump, que fez com que Bakuman voltasse à vida, ironia do destino, mas é isso. Agora é esperar pelos próximos capítulos, que tem tudo para serem excelentes, esta saga tem tudo para ser a melhor ou no mínimo um das melhores.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub