Primeiras Impressões: Hachi

 

A ideia que fiquei ao terminar de ler Hachi é de um manga que tem potencial, mas que teve um primeiro capítulo fraquíssimo, até começou bem, gostei da ideia de ele ter como poder especial um grande olfato e na página colorida dupla ele aparecer com uma coleira e no fundo aparecer uma casa para cão com o seu nome, nesse momento o manga já me tinha conquistado, era só preciso apresentar um primeiro capítulo razoável, infelizmente o mangaka não o fez.

 

A partir dessas páginas coloridas o manga é um amontoar de clichés, além da clara referência a Bokke-san (anterior manga do autor), praticamente parece que o autor passou toda a ideia do anterior manga para este, mudando apenas alguns pormenores (sendo que nem posso dizer que foram para melhor), vale lembrar que o Bokke-san foi cancelado em menos de 20 capítulos. Tudo no manga é cliché e muitas das vezes parece que o autor nem se dá ao trabalho de esconder, ou até mesmo de pensar em fazer diferente. O melhor exemplo é a amiga dele ter sido logo a escolhida para ser atacada, logo depois da primeira discussão da dupla.

 

O que mais me irrita no manga, é que se o autor decidisse fazer um manga num Universo fictício melhoraria a qualidade do manga 1000%, com aquele protagonista e com os monstros que tenderão a aparecer na história não faz sentido ter como pano de fundo a escola. Na verdade isso é uma das minhas principais críticas aos actuais mangas da Jump, parece que a criatividade terminou e hoje em dia praticamente tudo se passa numa cidade, nos dias de hoje e isso para um manga shounen é algo bem desnecessário e que raramente funciona, só pensar em Bleach ou Yu Yu Hakusho, que só se tornaram populares quando abandonaram a ideia de protagonista na escola.

 

O melhor: Tem potencial e entre tanta coisa má achei Hachi o melhor deste ano (a par de Hime-Doll);

 

O pior: Clichés e mais clichés. A ideia que tudo funcionaria melhor se tivesse um Universo próprio.

 

Comentário Final: O manga tem potencial, mas por agora vou deixar em standby, à espera para saber se o manga consegue ou não sobreviver na Jump, se conseguir pode ser que volte a ler o manga, nem que seja para ver se o potencial se confirmou.

publicado por Dark-Fenix às 19:30